Linha de metrô de São Paulo ganha tecnologia que informa vagões mais vazios

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

A Linha 4-Amarela do Metrô de São Paulo já mostra, desde essa segunda-feira (19/09), aos usuários quais vagões estão mais lotados e quais estão mais vazios por meio de telões instalados na plataforma. A ideia é que os passageiros se posicionem de forma estratégica e, assim, possam escolher as portas e vagões com menos pessoas.

Com a tecnologia, um gráfico irá mostrar o nível de ocupação com algumas barras coloridas para possibilitar que os usuários dos trens possam ter mais conforto durante as viagens. Anteriormente, as telas já mostravam quanto tempo irá demorar para que os trens cheguem em cada estação.

A ViaQuatro, empresa responsável pela administração da Linha 4-Amerela, alega que a ferramenta demorou três anos para ser desenvolvida.

A tecnologia está sendo muito utilizada para facilitar o transporte público e individual ao redor do mundo, como o caso do Uber que está até substituindo algumas linhas de ônibus. Na Rússia, por exemplo, uma startup está trabalhando para desenvolver um ônibus autônomo.

O Apple Pay, que chegou ao Japão recentemente, é outro exemplo. O sistema de pagamento desenvolvido pela Maçã permite integração com o transporte público. Além do pagamento de contas com o app que conecta o celular e terminal eletrônico dos comerciantes, é possível também efetuar pagamento de bilhetes do transporte público com um simples toque. A Xiaomi aposta em uma tecnologia parecida na China.

Informações: Metrô SP

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960