Em Goiânia, Motoristas de ônibus iniciam greve na próxima segunda-feira

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Motoristas do transporte coletivo da Região Metropolitana de Goiânia entrarão em greve na próxima segunda-feira, dia 15. A informação é do Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado de Goiás (Sindittransporte), Alberto Magno Borges. A decisão foi tomada após não haver acordo com as empresas de transporte, em assembléia geral realizada no último domingo (07).

Os funcionários reivindicam um reajuste de 11,08% linear e retroativo a março, incluindo o salário, gratificação suplementar e ticket alimentação. No entanto, o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de Goiânia (Setransp) ofereceu aos motoristas um reajuste de apenas 5,5% retroativo, alegando enfrentar problemas financeiros devido à crise e à queda de 11% do número de passageiros.

A oferta de um reajuste bem abaixo do solicitado pelos motoristas inviabilizou as negociações, o que gerou o anúncio da greve para a próxima segunda. Para o Presidente do Sindittransporte, Alberto Magno, a decisão tomada na assembléia foi necessária e representa o desejo dos mais de 190 motoristas que estavam presentes. “A gente faz essa reivindicação há muito tempo, mas as empresas nunca avançaram nas negociações, tivemos que decretar a greve”, informa.

Negociações

Ainda segundo Alberto, a greve seguirá por tempo indeterminado até que as empresas se posicionem e negociem. “Apesar do decreto, nós estamos abertos para negociações e queremos que tudo se resolva o mais rápido possível”, diz. Caso surja alguma manifestação das empresas ou algum ponto novo a ser discutido, é provável que a categoria seja convocada para nova assembléia ainda neste final de semana.

O Ministério Público do Estado de Goiás já foi notificado sobre a greve e deverá estabelecer contato com as empresas e os motoristas para chegar a uma porcentagem do quantitativo de ônibus que continuará em operação durante a greve. (Foto: reprodução RMTC).

Por Milleny Cordeiro
Informações: O Hoje

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960