Retrocesso: Táxis do Recife poderão circular nas faixas azuis com ou sem passageiros

quinta-feira, 31 de março de 2016

A partir desta sexta-feira, os táxis que circulam pelo Recife poderão trafegar permanentemente nas faixas azuis da cidade, com ou sem passageiros. No entanto, agora eles não poderão mais realizar embarque e desembarque na área exclusiva. A decisão foi divulgada pela Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) após uma análise da velocidade  média dos ônibus nas faixas exclusivas.
Foto: Julio Jacobina/DP

Segundo a CTTU, a medida deverá garantir mais qualidade e agilidade no serviço prestado pelos taxistas do município. Anteriormente, os táxis só podiam circular na faixa com passageiros e a norma era temporária. O prazo final se esgota nesta quinta.

A Companhia de Trânsito ressalta que a medida não contempla táxis de outros municípios.

Faixa Azul
O Recife tem 29,1 quilômetros de faixas exclusivas nas avenidas Mascarenhas de Morais, Conselheiro Aguiar, Herculano Bandeira/Engenheiro Domingos Ferreira, além das ruas Real da Torre e Cosme Viana. No total, Recife possui 50,3 quilômetros de corredor exclusivo para ônibus. A ação beneficia, diariamente, mais de 500 mil usuários de transporte público, que passaram a ter o tempo de viagem reduzido significativamente como ocorre no percurso realizado na Faixa Azul da Avenida Herculano Bandeira/Avenida Engenheiro Domingos Ferreira, onde a velocidade média dos coletivos aumentou 118%, passando de 11.5 km/h para 24.1 km/h.

Informações: Diário de Pernambuco

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960