Metrô Salvador: integração inicial terá 55 ônibus em dez linhas

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

A integração com o metrô terá, inicialmente, 55 ônibus em dez linhas, segundo o secretário de Mobilidade da capital, Fábio Mota, começando 2 de janeiro. "Serão três estações de integração: Retiro, Acesso Norte e Lapa. O cidadão pegará o ônibus, seguirá para uma destas estações e dará sequência de metrô", disse Mota, nesta quarta-feira, 16.

Uma comissão de mobilidade com membros do governo estadual e prefeitura, além das empresas de ônibus e concessionária CCR Metrô Bahia, avaliará o processo da integração.

Serão quatro linhas na Estação Retiro: Capelinha-Lapa-Campo Grande; Fazenda Grande do Retiro-Lapa; São Caetano-Lapa e, ainda, Bom Juá-Lapa. No Acesso Norte, três linhas: Pernambués-Lapa; Resgate-Lapa e Vale dos Rios-Stiep-Lapa. Na Lapa, três linhas: Lapa-Chame-Chame; Lapa-Barra Avenida-Barra; e Lapa-Garibaldi-Ondina.

"O número de ônibus e linhas pode ser adequado para mais ou para menos, a depender da demanda", disse Mota. A avaliação deve durar 90 dias.

Cobrança de Tarifa
Após impasses e meses de negociação entre governo do estado, prefeitura da capital e empresários de ônibus, o metrô de Salvador vai começar a cobrar passagem a partir do dia 2 de janeiro, e não mais na próxima quarta-feira, como era previsto.

O valor, apesar de ainda não ter sido oficialmente definido, deve ser o mesmo cobrado pelos ônibus urbanos  (R$ 3,30, a partir do próximo mês). O anúncio foi feito nesta quarta pelo governador Rui Costa, durante entrega de ambulâncias no Centro Administrativo.

"A ideia é que a tarifa seja do mesmo valor da passagem cobrada a partir de janeiro no ônibus urbano", revelou Rui Costa. Além disso, ele informou que a estação do metrô de Pirajá será inaugurada  próxima terça-feira e contará com a presença da presidente Dilma Rousseff.

Hoje, a tarifa de ônibus em Salvador é de R$ 3, mas subirá para R$ 3,30 em janeiro. O aumento segue o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) - que deve superar 10% até o final do ano.

O contrato de concessão assinado pela prefeitura com os consórcios que operam o sistema estabeleceu, em 2014, que o indicador será utilizado como base para reajustar tarifas até 2016.

Operação comercial
Rui Costa informou que, para quem quiser antecipar, a venda de bilhetes para o metrô começará na próxima segunda, apesar de a cobrança só ser iniciada em janeiro. Segundo ele, esses bilhetes já serão utilizados na integração entre os sistemas de ônibus e metrô.

Costa disse que tratará do assunto com o prefeito ACM Neto para definir como será feita a integração: "Pretendo conversar com ele. A população pagará uma só passagem de ônibus e metrô".

A inauguração da Estação Pirajá e o início da operação comercial do metrô trarão benefícios para a população, previu Rui Costa. "Vai melhorar muito a vida das pessoas, possibilitar que o sistema de ônibus se reorganize e diminuir engarrafamentos", pontuou.

Isso deve acontecer, explicou o governador, porque os ônibus levarão as pessoas à Estação Pirajá para que utilizem o metrô para ir ao Centro: "Vamos ter ônibus nas extremidades, liberando o miolo, o entorno do Iguatemi e (avenida) Bonocô, áreas bem engarrafadas que ficarão livres, permitindo que o trânsito melhore".

Usuários acham 'justa' tarifa no mesmo valor do ônibus

Passageiros do metrô acham “justa” a tarifa no mesmo valor do ônibus, mas pedem que a integração seja realizada de maneira efetiva para não gerar maiores custos.

“Achei até que o bilhete seria  mais caro. O metrô é rápido, tem ar-condicionado e não tem superlotação. O valor de R$ 3,30 termina sendo bom para a gente”, disse a agente de limpeza Maria Edna Teixeira.

A Estação Pirajá é o oitavo terminal da linha 1 do metrô de Salvador e encontra-se em fase final para a inauguração, que marca o término do projeto original do metrô de Salvador.

A linha 1 já conta com as estações Lapa, Campo da Pólvora, Brotas, Bonocô, Acesso Norte, Retiro e Bom Juá. Também está em fase de projeto a construção do tramo 3 do metrô, que vai incluir duas estações à linha 1, levando o sistema até o bairro de Cajazeiras.

A área da Estação Pirajá é de 6.185 m², com duas plataformas laterais. O terminal possui escadas rolantes, elevadores, bicicletário e banheiros.

Por Luan Santos

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960