Anunciada empresas vencedoras da licitação do transporte coletivo de Salvador

sexta-feira, 25 de julho de 2014

O Diário Oficial do Município divulgou nesta sexta (25/7) o resultado da licitação do Sistema de Transporte Público de Salvador, realizada pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Transporte (Semut).

Os vencedores são os consórcios Plataforma, Jaguaripe e Salvador Norte. As próximas etapas do processo são a ajudicação das empresas, homologação e assinatura de contrato, que deve acontecer, segundo o titular da Semut, Fábio Mota, no período estimado 60 dias, prazo necessário para o cumprimento de todas as formalidades legais.

O Consórcio Plataforma é formado pelas empresas Praia Grande, Axé, Boa Viagem e Joevanza.
Fazem parte do Consórcio Jaguaripe as empresas São Crsitóvão, Expresso Vitória, Modelo, RD, Transporte Sol, Triunfo, União e Unibus Bahia.
Já o Consórcio Salvador Norte é composto pela BTU, ODM, Verde Mar e Viação Rio Verde.  

As empresas vencedoras irão operar o sistema de transporte coletivo da cidade por um período de 25 anos. A partir da assinatura do contrato as empresas terão prazos para se adaptar às novas regras.
"As linhas atuais foram implementadas sem qualquer estudo ou planejamento. Temos várias linhas saindo de um mesmo bairro em horários próximos, enquanto faltam ônibus em outras localidades. O novo sistema vai mudar isso", assegura Fábio Mota. Esse estudo estará pronto dentro do prazo de um ano, a contar da assinatura do contrato com os consórcios vencedores da licitação. 

Fábio Mota destaca outras mudanças, como a adoção do sistema de monitoramento da frota, realizado em tempo real por meio de GPS, que vai permitir fiscalizar com mais rigor a oferta de linhas de acordo com a demanda de passageiros, eliminando a falta de ônibus.

O rastreamento será feito por câmeras e moderna tecnologia embarcada, permitindo o acompanhamento pela Prefeitura e por parte dos concessionários. Além disso, os novos ônibus deverão ter motorização padrão Euro V, o que reduz a emissão de gases poluentes. Outra exigência, assinalada pelo secretário Fábio Mota, é a ventilação forçada dos novos veículos.   

O secretário Fabio Mota ressalta que o processo de licitação terá impacto direto na implantação do Projeto de Corredores de Transporte Público Integrado de Salvador (BRT), considerada a maior intervenção viária já realizada na capital baiana. Isso porque os recursos pelos consórcios na outorga do serviço serão utilizados como parte da contrapartida do município para BRT.

As obras, estimadas em mais de R$ 1 bilhão, já têm recursos assegurados pela BNDES e na Caixa Econômica Federal, além de contrapartida da União.

Informações: Tribuna da Bahia

READ MORE - Anunciada empresas vencedoras da licitação do transporte coletivo de Salvador

Estações do BRT Recife sofre com ato de vandalismo

O prefeito de Goiânia, Paulo Garcia, anunciou ontem que os projetos dos corredores preferenciais de ônibus apresentados pela Prefeitura de A Estação do BRT instalada na Avenida Guararapes, no Recife, foi alvo de uma ação de vandalismo. Um dos vidros foi quebrado, provavelmente por uma pedra atirada do lado de fora da estrutura. No local, os usuários condenam o ato criminoso e também a decisão dos arquitetos do projeto que  optaram pelo vidro. Uma crítica recorrente, principalmente, diante do risco de acidentes com o material frágil e cortante.  
Foto: jailson da Paz/DP/D.A. Press
No dia sete de junho, o motociclista Marcelo Marcelino da Silva, de 43 anos,  morreu ao ser atingido por um vidro da estação de BRT da Avenida Conde da Boa Vista. O caso levantou a discussão não apenas sobre a segurança, sendo tipificado pela polícia como homicídio culposo e ficando a cargo de investigações pela Delegacia da Boa Vista.

A questão do clima também vem sendo levada em conta. Em algumas capitais brasileiras que também optaram pelo sistema BRT, o vidro é usado, mas não como material principal de revestimento das paredes laterais das estações, como ocorre nos corredores da Região Metropolitana do Recife.

O chamado efeito estufa mantém o calor na parte interna de estruturas de vidro. Segundo um funcionário da MobiBrasil, Gláucio França, a empresa solicitará ao Grande Recife Consórcio de Transporte Urbano o revestimento dos vidros e a implantação de cortinas de vento nas portas.

Em Belo Horizonte, as estações são feitas em alumínio e portas de vidro, assim como as estações do Rio de Janeiro. Em Bogotá, mesmo com o clima frio, o principal material utilizado é o alumínio vazado. O vidro nas portas serve para facilitar a visualização da chegada do ônibus. Em Curitiba, as estações “tubo” utilizam plástico transparente.

O modelo adotado na RMR, já trazia preocupação quanto a vulnerabilidade para o vandalismo e em relação à temperatura. “Esse é um projeto de 2010, que já previa vidro e ar-condicionado para dar mais conforto ao usuário”, disse na ocasião o presidente do Grande Recife, Nélson Menezes. “O governo optou por oferecer estações com nível mais elevado. O desafio será manter esse padrão funcionando bem”, afirmou o secretário das Cidades, Evandro Avelar.

Já a presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil em Pernambuco (IAB-PE), Vitória Andrade, chamou atenção para a falta de sincronismo dos projetos com o ambiente urbano. “Os urbanistas e arquitetos precisam ocupar o espaço nas decisões urbanas. A gente assiste a projetos de engenharia desvinculados da cidade. Qualquer pessoa leiga sabe que nossas condições climáticas não são adequadas para esse modelo”, criticou. “Os projetos que impactam a cidade não podem ser implantados de cima para baixo. É preciso uma discussão com a sociedade”, ressaltou o presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo, Roberto Montezuma. 

Com informações da jornalista Tânia Passos
Diário de Pernambuco

READ MORE - Estações do BRT Recife sofre com ato de vandalismo

Táxis e vans circularão nas faixas exclusivas para ônibus em Fortaleza

Os táxis e vans de Fortaleza também terão circulação permitida nas novas faixas exclusivas de ônibus que serão implementadas pela prefeitura de Fortaleza durante o Programa de Implantação de Faixas Exclusivas de ônibus na capital. O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (24), no Paço Municipal, no Bairro Centro. Também foram anunciadas quais as seis vias que receberão o sistema e a adoção de ar-condicionado em ônibus.

Segundo o prefeito Roberto Cláudio, 122 quilômetros de faixas exclusivas para transporte coletivo serão incorporados à malha viária da capital. Até outubro, haverá faixas exclusivas nas avenidas Carapinima, da Universidade, José Bastos, Domingos Olímpio, Antônio Sales e Godofredo Maciel. A ideia faz parte do Plano de Ações Imediatas de Trânsito e Transporte (PAITT).

Durante o anúncio, o prefeito Roberto Cláudio, lembrou que os usuários de transportes coletivos, vans e táxis ganharão até 40% no tempo no trajeto da viagem. “É uma ação importante porque o usuário de transporte coletivo, aquele que usa van ou táxis vão chegar mais rápido nos seus destinos”, disse.

O uso das faixas exclusivas será limitado para carros em trechos que variam de 100 a 300 metros, para conversões à direita e acesso a áreas comerciais e residenciais. A prefeitura fará fiscalização em três momentos: adaptação, educação e penalização. E vai durar 60 dias a partir na inauguração de cada faixa exclusiva.

“Haverá avenidas em que a circulação será permitida em até 300 metros e outras 100 metros. Vai depender de cada avenida. Para não deixar dúvidas quando inaugurarmos uma faixa exclusiva haverá agentes realizando uma campanha educativa. O motorista vai ter um tempo para se adaptar às novas regras de cada avenida. Por isso esse prazo dado de 60 dias para só depois haver uma penalização”, afirmou Roberto Cláudio. O horário de funcionamento das faixas exclusivas será em dias úteis de 5h às 21h e nos sábados das 5h às 16h.

Seis avenidas iniciais
As equipes do PAITT e da Etufor definiram as seis primeiras avenidas que receberão as faixas exclusivas de ônibus. A partir de agosto deste ano, deverá entrar em operação a faixa exclusiva nas Avenidas Carapinima e da Universidade. Em setembro, será a vez das Avenidas José Bastos e Domingos Olímpio. Em outubro, as faixas serão implantadas nas Avenidas Antônio Sales e Godofredo Maciel. Ao final de três meses estarão em operação 28,8 quilômetros de faixas exclusivas.

Segundo o secretário executivo da Pasta de Conservação e Serviços Públicos e coordenador do Paitt, Luís Alberto Saboia, a escolha das vias selecionadas foi baseada em dois critérios importantes. "O primeiro critério é a estrutura viária e o fluxo de coletivos que transitam por elas. Todas as avenidas contam com pelo menos três faixas de circulação, facilitando a colocação de uma faixa para o transporte coletivo. No caso os ônibus e vans. A outra é que por meio de um estudo notamos que essas vias contam com alto fluxo de ônibus e vans todos os dias", afirmou.

Ar-condicionado nos ônibus
Roberto Cláudio anunciou também que todos os ônibus de Fortaleza serão equipados com ar-condicionado dentro de seis anos. Prefeito disse que a inclusão dos veículos que proporcionarão viagens mais confortáveis aos passageiros acontecerá de forma gradativa e ressaltou que a partir de dezembro deste ano, todo novo veículo adquirido deverá contar com ar-condicionado. E assegurou que a medida não afetará no preço da passagem de ônibus.

"O próprio corredor exclusivo garantirão maior fluidez e velocidade ao ônibus. Isso por se só vai diminuir o consumo de óleo diesel. Se por um lado o ar-condicionado aumenta o consumo de óleo diesel o aumento da velocidade nessas faixas exclusivas vão reduzir ou equilibrar o consumo. Além disso não estamos exigindo que a frota seja trocada de uma vez só. Estamos apenas exigindo o momento da troca esse ônibus que chega venha com ar-condicionado.", afirmou.

A cada ano, pelo menos 12,5% da frota de ônibus serão substituídos por veículos com ar-condicionado. O s primeiros carros adquiridos iniciarão sua circulação nas vias onde foram implantadas as faixas exclusivas, como o Corredor Antônio Bezerra/Centro.

Veja as 15 vias que receberão faixas exclusivas até julho de 2015:
Av. da Universidade
Av. Carapinima
Av. José Bastos
Av. Eng. Santana Junior
Av. Washington Soares
Av. da Abolição
Av. Godofredo Maciel
Av. Osório de Paiva
Av. Bernardo Manuel
Av. Pres. Castro e Silva
Av. Cel. Matos Dourado
Av. Alberto Craveiro
Av. Raul Barbosa
Av. Domingos Olímpio/Antônio Sales
Av. Leste Oeste

Informações: Gioras Xerez
Do G1 CE

READ MORE - Táxis e vans circularão nas faixas exclusivas para ônibus em Fortaleza

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960