Metrô de São Paulo pode parar nesta quinta

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Uma reunião realizada no início da tarde desta quarta-feira (4) entre o Sindicato dos Metroviários de São Paulo e representantes do Metrô terminou sem acordo, e os funcionários poderão entrar em greve na quinta-feira (5). O encontro ocorreu na sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), no Centro da capital paulista.

Após uma hora e meia de reunião, o presidente do sindicato da categoria, Altino Melo dos Prazeres, afirma que a categoria não aceitará uma proposta com reajuste inferior a dois dígitos, ou seja, menos de 10%. A categoria reivindica 16,5% de reajuste salarial.

Ato
O Sindicato dos Metroviários de São Paulo – que representa funcionários do Metrô nas linhas 1, 2, 3 e 5 da capital paulista – aprovou a greve em assembleia na terça-feira (27). A categoria ainda pretendia trocar a greve por catraca livre, mas o governador Geraldo Alckmin já recusou a sugestão.

O presidente do sindicato, Altino Melo dos Prazeres, explicou que a greve deve começar na madrugada, entre 4h e 5h. "Não há como interromper exatamente à meia-noite. O pessoal vai concluir o turno até a 1h, 2h (da madrugada) e depois o pessoal do turno seguinte não entra para trabalhar", explicou.

A categoria já tinha declarado estado de greve no dia 20, período no qual os motoristas de ônibus faziam paralisação na cidade. Desde quinta (22), parte dos funcionários passou a trabalhar sem o uniforme do Metrô e a usar coletes da campanha salarial.

O Metrô informou que “está aberto ao diálogo” para chegar a um acordo com os funcionários e que “confia no bom senso da categoria” para que os usuários não sejam prejudicados.

Informações: O Globo | Globo

Leia também sobre:
READ MORE - Metrô de São Paulo pode parar nesta quinta

Recife é a capital mais congestionada do País

Segundo a pesquisa da empresa de tráfego TomTom, divulgada nesta quarta-feira (4), Recife é a capital mais congestionada do País. Em comparação com o total de vias, a capital pernambucana tem trânsito pior do que São Paulo.

Recife tem 60% de suas vias com trânsito lento nos horários de pico. Enquanto a capital paulista chega a ter 46% de suas vias congestionadas no horário de pico e Salvador com 59%.

Os pesquisadores utilizaram dados coletados dos aparelhos GPS da empresa de tráfego TomTom espalhadas pelas frotas, e de aplicativos de celulares que usam a tecnologia da empresa.

A medição do tráfego não leva em conta o tamanho dos congestionamentos - como faz, por exemplo, a Companhia de Engenharia de Tráfego. "O que medimos é a densidade do congestionamento", diz o gerente de vendas da empresa, Julio Quintela. É uma comparação entre a qualidade de ruas existentes na cidade e quantas delas estão congestionadas. "Também fazemos a comparação da densidade nos horários de pico e fora delas, o que é um indicativo da infraestrutura", diz Quintela.

Quintela afirma que os dados mostram menos infraestrutura dessas cidades para absorver os congestionamentos. "Notamos que as cidades do Nordeste tiveram aumentos dos congestionamentos no último ano. Uma hipótese para isso é a grande quantidade de obras públicas nas vias, para a Copa, que podem ter aumentado o trânsito", diz.

MUNDO - A pesquisa também comparou a densidade do trânsito nas 120 maiores cidades do mundo. Nesse quesito, Brasil tem duas cidades entre os top 5 (São Paulo e Rio). "Fizemos essa análise levando em conta uma lista prévias das maiores cidades, por isso Recife ficou de fora", explica Quintela.

A cidade com mais vias congestionamentos no mundo é Moscou, na Rússia, onde 74% das vias ficam saturadas nos horários de pico. Em segundo lugar, Istambul, na Turquia, com 62% das vias saturadas.

VEJA A LISTA DAS CAPITAIS BRASILEIRAS COM PIOR CONGESTIONAMENTO:

1- Recife: 60%
2- Salvador: 59%
3- Rio de Janeiro: 55%
4- Fortaleza: 48%
5- São Paulo: 46%
6- Belo Horizonte: 42%
7- Porto Alegre: 38%
8- Curitiba: 34% 
9- Brasília: 27%

VEJA RANKING MUNDIAL DAS CIDADES COM PIOR CONGESTIONAMENTO:

1- Moscou: 74%
2- Instambul: 62%
3- Rio de Janeiro: 55%
4- Cidade do México: 54%
5- São Paulo: 46%
6- Palermo: 39%
7- Varsóvia: 39%
8- Roma: 37%
9- Los Angeles: 36%
10- Dublin: 35%

Informações: NE 10

READ MORE - Recife é a capital mais congestionada do País

Trecho da Transcarioca que liga Barra a Galeão é inaugurado nesta quarta

O Consórcio BRT inicia nesta quarta-feira (4) mais uma etapa do BRT Transcarioca. Trata-se do serviço Alvorada-Galeão (semi-direto), que funcionará, das 5h às 23h, com quatro estações fazendo a ligação entre o aeroporto internacional e a Barra: Galeão 1 e 2, Vicente de Carvalho e Alvorada. O primeiro trecho foi inaugurado no dia 2 de junho, entre o Tanque e a Alvorada, com 19 estações.
Foto: blogpontodeonibus.wordpress.com
Com o Transcarioca, os visitantes que chegam à cidade para acompanhar as partidas da Copa do Mundo poderão desembarcar no Aeroporto Internacional Tom Jobim e chegar à Barra da Tijuca via BRT ou ao Centro, Zona Sul e até mesmo ao Maracanã graças à conexão com o metrô na estação Vicente de Carvalho.

Situadas junto à área de desembarque dos Terminais 1 e 2 do AIRJ, as estações Galeão 1 e 2 possuem bilheterias no saguão e contam com profissionais com noções de inglês para auxiliar os turistas. Cada ônibus da frota que fará o serviço pode transportar até 180 passageiros, possuem bagageiros e são movidos a biocombustível não poluente.

Para evitar acidentes, o prefeito Eduardo Paes disse que foram colocadas grades em toda a extensão do BRT. "O sujeito, para atravessar, tem que pular. Ele tem que querer ser atropelado. Está tudo muito bem sinalizado. Se as pessoas respeitarem as regras, a gente vai ter uma experiência muito bem-sucedida", destacou Paes.

Além disso, policias militares à paisana vão trabalhar a bordo dos ônibus para dar proteção aos passageiros durante a Copa do Mundo, que começa no dia 12 de junho e vai até 13 de julho.

Tanque-Alvorada
Um dos principais desafios da Transcarioca será educar motoristas e pedestres a respeitarem a faixa exclusiva. Em dois dias de operação da linha Tanque-Alvorada, foram 313 multas e 31 automóveis rebocados, segundo a Secretaria de Ordem Pública.

Informações: G1 Rio

READ MORE - Trecho da Transcarioca que liga Barra a Galeão é inaugurado nesta quarta

Em SP, Vagas de estacionamento dão lugar às bicicletas

A Prefeitura de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (4) a construção de 400 quilômetros de ciclovias segregadas até 2016. Para o novo projeto, será necessário retirar cerca de 40 mil vagas de estacionamento da região central da cidade.

Nas obras propostas serão gastos R$ 80 milhões (R$ 200 mil por quilômetro). Avenida Paulista, Ruas Vergueiro e Domingo de Moraes devem ganhar faixas exclusivas para bicicletas.

"Vamos tirar vagas dos carros para uma ocupação do espaço público pelas bicicletas. É uma mudança para valer na cidade.”, afirmou o secretário dos transportes, Jilmar Tatto, no Conselho Municipal de Transportes e Trânsito (CMTT), nesta manhã.

Um projeto-piloto já é colocado em prática e terá um trecho de 1,6km, ligando o Largo do Paissandu à Estação Júlio Prestes.

O prefeito Fernando Haddad, em seu Plano de Metas, já havia prometido construir 400 quilômetros de vias para os ciclistas até o final de sua gestão.

Por Débora Laís
Informações: Diário de SP

Leia também sobre:
READ MORE - Em SP, Vagas de estacionamento dão lugar às bicicletas

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960