Grande Recife: Linhas começam a ser operadas pelo Consórcio Conorte

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Com a assinatura do contrato e o término da 1ª etapa da licitação das linhas de ônibus, a empresa vencedora do primeiro lote, Consórcio Conorte, formado pelas empresas Transportadora Itamaracá, Cidade Alta Transportes e Rodotur Turismo, começa a operar 73 linhas do Sistema de Transporte Público de Passageiros da Região Metropolitana do Recife (STPP/RMR). O Conorte assume as linhas a partir desta quarta-feira (16) e com isso os códigos terão acréscimo do número 1 na frente.

Confira as linhas que passarão para o Consórcio Conorte e seus novos códigos:

1903 – Araçoiaba/TI Igarassu
1904 – Igarassu/Nova Cruz
1905 – TI Igarassu/ TI Pelópidas
1906 – TI Pelópidas/TI Macaxeira
1907 – Paulista/Rio Doce
1909 – TI Pelópidas/TI Joana Bezerra
1911 – Ouro Preto (Cohab)
1912 – Caetés I/ TI Pelópidas
1913 – TI PE-15/ TI Joana Bezerra
1915 – TI PE-15 (Dantas Barreto)
1917 – Caetés II/TI Pelópidas
1918 – TI Igarassu (Circular)
1921 – Ouro Preto (Jatobá)
1922 – Pau Amarelo/ TI Pelópidas
1923 – Cidade Tabajara/TI PE-15 
1926 – Ouro Preto (Jatobá II)
1927 – Ouro Preto (Bacurau)
1928 – Maranguape II (Bacurau)
1929 – Alameda Paulista/ Rio Doce (Maranguape I)
1931 – Jardim Paulista Baixo/ TI PE-15
1932 – Jardim Paulista Alto/TI PE-15
1933 – Abreu e Lima/TI Pelópidas
1934 – Arthur Lundgren I/ TI PE-15
1935 – Paratibe/TI PE-15
1936 – Mirueira (Bacurau)
1937 – Nobre / TI Pelópidas
1940 – Abreu e Lima/Olinda
1941 -  Arthur Lundgren II/ TI PE-15
1943 – Mirueira/ TI PE-15
1944 – Loteamento Conceição/ TI Pelópidas
1945 – Jaguarana (Alameda/TI Pelópidas
1946 – TI Igarassu (PCR)
1949 – Caetés/Centro de Paulista (Paratibe)
1950 – Engenho Maranguape/ Varadouro
1952 – Maranguape I / TI Pelópidas
1953 – Maranguape II/TI Pelópidas
1955 – Engenho Maranguape/TI Pelópidas
1956 – Igarassu (Bacurau)
1957 – Caetés (Bacurau)
1958 – Costa Azul
1960 – Maria Farinha / Casa Caiada
1964 – TI Igarassu/ TI Macaxeira
1966 – Rio Doce (Circular)
1967 – TI Igarassu (Dantas Barreto)
1968 – Ilha de Itamaracá/ TI Igarassu
1969 – Itapissuma/TI Igarassu
1970 – TI Pelópidas/TI PE-15
1971 – Amparo
1972 – Bultrins
1973 – Casa Caiada
1974 – Jardim Atlântico 
1975 – Amparo (Bacurau)
1976 – TI Pelópidas (PCR)
1977 – TI Pelópidas (Conde da Boa Vista)
1978 – Loteamento Conceição/ Rio Doce (PE-22)
1979 – TI Pelópidas (Dantas Barreto)
1980 – Igarassu/Cidade Tabajara
1981 – Rio Doce (Conde da Boa Vista)
1982 – Conjunto Beira Mar/Derby
1983 – Rio Doce (Princesa Isabel)
1984 – Loteamento Bonfim/TI Pelópidas
1985 – Rio Doce (Bacurau)
1986 – Rio Doce/Derby
1987 – Rio Doce (Príncipe)
1988 – Desterro/TI Pelópidas
1989 – Loteamento Planalto/TI Pelópidas
1990 – Pau Amarelo/ Varadouro
1992 – Pau Amarelo
1993 – Conjunto Praia do Janga
1994 – Conjunto Beira Mar
1995 – Pau Amarelo (Bacurau)
1996 – Arthur Lundgren II/ Rio Doce (Paratibe)
1998 – Caetés III/TI Pelópidas

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960