Em São Paulo, Faixa de ônibus na avenida Francisco Morato é ampliada

domingo, 1 de dezembro de 2013

A avenida Profº Francisco Morato, na zona oeste de São Paulo, vai ganhar mais 900 metros de faixa exclusiva para ônibus a partir desta segunda-feira (2), quando serão ativados, ao todo, 5,4 km de corredores em diversas regiões da capital paulista.

O novo trecho na via será implantado tanto em direção ao centro –entre a rua José Felix e a avenida Cons. Manfredo Leite– quanto no sentido bairro –entre as ruas Dr. Luís Migliano e Jorge Amado. A exclusividade para o transporte público será válida de segunda a sexta-feira das 4h às 23h e, aos sábados, das 4h às 15h.

Ainda na zona oeste da cidade será lançado mais 1,4 km de faixas na avenida Dr. Gastão Vidigal, na Vila Leopoldina. Os coletivos terão prioridade no sentido bairro, entre a praça Apecatu e a rua Hassib Mofarrej, de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h e, aos sábados, das 6h às 14h. O trecho terá ligação com os corredores recentemente abertos nas avenidas Queiroz Filho e Jaguaré.

Outros 300 metros de faixa também serão implantados na rua Camargo, no Butantã (zona oeste), entre a rua Sapetuba e a avenida Vital Brasil, de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h, e aos sábados, das 6h às 14h.

No centro da capital será lançado o último trecho com 400 metros de faixa exclusiva na chamada Rótula Central. A beneficiada da vez é a avenida Mercúrio, entre a rua do Gasômetro e a avenida do Estado, que terá funcionamento de segunda a sexta-feira, das 6h às 22h, e aos sábados, das 6h às 14h.

Leia também sobre:
·         Metrô São Paulo
·         SPTrans
·         EMTU-SP

Já a zona leste vai ganhar 1,7 km de corredor exclusivo, sendo 300 metros da avenida Ragueb Chohfi [sentido centro, entre as ruas Folclore Infantil e Domingos de Mendonça] e 1,4 km na avenida Álvaro Ramos [sentido centro, entre a rua Serra de Jairé e a avenida Alcântara Machado]. Ambos os trechos serão válidos de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h, e aos sábados, das 6h às 14h.

Com a inauguração, segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), o horário da exclusividade para os coletivos nos 5 km de faixas já existentes na avenida Ragueb Chohfi [entre a avenida Bento Guelfi e a praça Felisberto Fernandes da Silva, em ambos os sentidos] seguirá o mesmo do novo trecho. Antes, o funcionamento era válido das 6h às 9h, no sentido centro, e das 17h às 20h, no sentido bairro.

A zona norte vai ter mais um trecho com 400 metros de faixa na avenida Raimundo Pereira de Magalhães, entre a avenida Mutinga e a rua Agarum. Os coletivos terão prioridade na nova faixa de segunda a sexta-feira, das 6 às 20 horas, e aos sábados das 6 às 14 horas, em ambos os sentidos da via, que já tinha 1 km de corredor e que deve ganhar ao menos mais um 1 km nas próximas semanas.

E, por fim, na zona norte será implantado um complemento de 300 metros de faixa exclusiva na rua Borges Lagoa, na Vila Mariana, entre as ruas Coronel Lisboa e Domingos de Morais, completando o trecho existente de 1 km entre a avenida Prof. Ascendino Reis e a rua Cel. Lisboa. A exclusividade será válida de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h, e aos sábados, das 6h às 14h, tanto no trecho novo quanto no já existente, que até então funcionava das 5h às 10h e das 16h às 20h, de segunda a sexta-feira.

Informações: Portal Boa Informação
READ MORE - Em São Paulo, Faixa de ônibus na avenida Francisco Morato é ampliada

Cidade de Caxias do Sul quer otimizar seu transporte

“SIM à mobilidade urbana”. É com esse trocadilho que a cidade gaúcha de Caxias do Sul quer dar prioridade ao seu sistema de transporte coletivo feito pelo ônibus. O SIM é o emblema para Sistema Integrado de Mobilidade, projeto apresentado recentemente pela prefeitura caxiense para otimizar seu modelo de transporte, com ênfase aos pedestres e também às bicicletas, por meio de ciclovias.
Foto – Júlio Soares
De acordo com informações, a iniciativa visa a frequência do transporte coletivo de 19 linhas que fazem hoje o percurso de leste a oeste da cidade. Para isso, além do transbordo de passageiros nas duas EPIs (Estações Principais de Integração), serão implantados dois corredores de ônibus da rua Sinimbu, faixa compartilhada de ônibus/automóveis na Pinheiro Machado, pavimentação em concreto rígido dos corredores da Sinimbu e Pinheiro Machado (e outros quatro corredores em 2015), regramento para as conversões da área central, nova sinalização e contratação de mais fiscais de trânsito.

A Secretaria de Trânsito, Transportes e Mobilidade de Caxias do Sul informou que dois novos conceitos serão implantados no sistema: o serviço expresso e o semi-expresso, triplicando a velocidade comercial (tempo de percurso) dos ônibus que atravessam a cidade de leste a oeste. O expresso parará em algumas paradas centrais e o semi-expresso em outras, aumentando a velocidade de deslocamento de um ponto a outro da cidade. Os investimentos para essa nova realidade do transporte caxiense virão do Governo Federal (R$ 32 milhões) e da prefeitura da cidade, com outros R$ 8 milhões.

READ MORE - Cidade de Caxias do Sul quer otimizar seu transporte

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960