CET implanta três novas faixas exclusivas para ônibus em São Paulo

segunda-feira, 29 de abril de 2013

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) implanta nesta segunda-feira (29) três novas faixas exclusivas para ônibus em São Paulo. As faixas funcionarão apenas no horário de pico, das 6h às 9h e das 17h às 20h.

Na Zona Sul, uma faixa exclusiva para ônibus será implantada na Avenida Nossa Senhora do Sabará. Serão 2,7 km entre as avenidas Washington Luís e Interlagos.

Pelo novo corredor devem circular 23 linhas de ônibus. Cerca de 235 mil passageiros serão atendidos em um dia útil. No período da manhã, a exclusividade dos ônibus na faixa vai das 6h às 9h, no sentido Centro. À tarde, será das 17h às 20h no sentido bairro. Quem invadir a faixa durante os horários exclusivos para ônibus estará sujeito a multa de R$ 53,20 (infração leve) e três pontos na carteira de habilitação.

Domingos de Morais e Jabaquara
A nova faixa exclusiva será implantada em ambos os sentidos do corredor formado pela Rua Domingos de Morais e pela Avenida Jabaquara, na Zona Sul de São Paulo.

Na Rua Domingos de Morais, a faixa ficará entre as ruas Sena Madureira e Luís Góis. O trecho exclusivo continua na Avenida Jabaquara, entre as ruas Luís Góis e Irerê. O trecho totaliza 7,2 km de extensão.

No sentido bairro da Rua Domingos de Morais circulam 23 linhas de ônibus, transportando cerca de 272 mil passageiros por dia útil. Já no sentido Centro, são 15 linhas, com 168 mil pessoas atendidas.

Na Avenida Jabaquara passam 30 linhas no sentido bairro, com aproximadamente 288 mil usuários. Já na direção do Centro, também circulam 30 linhas, mas com mais de 310 mil pessoas transportadas diariamente, de segunda a sexta-feira.

Zona Leste
A faixa de 13 km será implantada nas estradas do Imperador e Mogi das Cruzes e na Rua Embira, em ambos os sentidos, entre as Avenidas Pires do Rio e São Miguel.

Pelo corredor das estradas do Imperador e Mogi das Cruzes e Rua Embira circulam 41 linhas de ônibus transportando, aproximadamente, 226 mil passageiros por dia.
A faixa exclusiva de ônibus será implantada à direita das vias, mantendo-se as outras duas faixas destinadas ao tráfego geral de veículos.

A ativação das novas faixas faz pare da operação "Dá Licença para o Ônibus", que visa agilizar a circulação do transporte coletivo na capital paulista. O motorista que não respeitar a exclusividade dos ônibus no trecho durante os horários de ativação está sujeito à multa por infração leve - R$ 53,20 e três pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Informações: G1 em São Paulo

READ MORE - CET implanta três novas faixas exclusivas para ônibus em São Paulo

Hortolândia pode ter estações de BRT ao longo do Corredor Metropolitano

O prefeito Antonio Meira participou, nesta terça-feira (23), do Fórum Nacional de Mobilidade Urbana e Trânsito, em Brasília. A atividade, que fez parte da programação do Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável, tratou de questões ligadas ao desenvolvimento do sistema viário nos municípios. Um dos pontos principais da reunião foi a apresentação do modelo de BRT (Bus Rapid Transit, ou Trânsito Rápido de Ônibus) adotado em Belo Horizonte (MG). Hortolândia pretende incluir estações de BRT no projeto para o traçado do Corredor Metropolitano Noroeste, documento cuja elaboração está em andamento. A discussão do projeto é realizada entre a Prefeitura e a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), responsável pela obra.

O sistema BRT funciona por meio do tráfego de ônibus ou veículos articulados em vias exclusivas, tornando o transporte mais rápido. A capacidade de transporte de passageiros pelo BRT é similar à de um sistema de VLT (Veículo Leve sobre Trilhos). O investimento para a construção dos corredores e estações BRT é menor do que o custo para a implantação de metrôs, o que torna o projeto viável. “O sistema viário é uma das prioridades do nosso governo. O modelo adotado em Belo Horizonte resultou em um grande avanço na mobilidade daquele município. É um projeto de sucesso. Ações como esta, que trazem melhorias para o transporte público, devem ser analisadas com grande potencial de se tornarem realidade aqui em Hortolândia”, enfatizou Meira.

A criação de corredores BRT na RMC (Região Metropolitana de Campinas) já foi tratada na semana passada, durante uma reunião entre representantes dos municípios. Em Campinas, há pontos onde já existem estações BRT. De acordo com o secretário de Planejamento Urbano de Hortolândia, Marcelo Zanibon, a discussão técnica para estabelecer detalhes do projeto para o Corredor Metropolitano em Hortolândia pode incluir estações na cidade. “Vamos estudar a possibilidade de que o projeto já tenha os locais onde serão instaladas as estações BRT, que podem ficar em diversos pontos ao longo do traçado”, afirmou Zanibon.

Informações: Prefeitura de Hortolândia

READ MORE - Hortolândia pode ter estações de BRT ao longo do Corredor Metropolitano

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960