Em SP, Semana da Mobilidade incentiva uso do transporte público na cidade

terça-feira, 17 de setembro de 2013

No próximo dia 22, Dia Mundial Sem Carro, a Prefeitura demonstrará como ficaria o Centro da cidade caso os veículos particulares não circulassem no local. A restrição dos carros, que será entre 7h e 17h do domingo, ocorrerá na área delimitada pelas avenidas Ipiranga e São Luís, rua Maria Paula, praça João Mendes, avenida Mercúrio, rua Senador Queiroz e avenida São João (mapa abaixo). O objetivo é incentivar o debate sobre o uso do veículo na cidade.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) colocará faixas na região e orientará os motoristas sobre a proibição. Os ônibus e veículos de moradores da área serão liberados para trafegar no Centro.


A ação no Centro está incluída na Semana da Mobilidade, que começa na próxima quarta-feira (18) e vai até dia 25 de setembro. O objetivo é chamar a atenção para o uso excessivo do carro e propor soluções como praticar a carona entre amigos e vizinhos (para aumentar a lotação dos carros e diminuir o número de veículos nas ruas), incentivar o uso do transporte coletivo e considerar fazer pequenas viagens a pé ou de bicicleta.

A programação da Semana da Mobilidade inclui ainda palestras, debates e atividades culturais nos terminais da capital. No encerramento do evento, o Conselho Municipal de Trânsito e Transporte se reunirá para debater o novo Plano Diretor Estratégico (PDE), sob o enfoque da mobilidade urbana.

Faixas exclusivas e corredores
A Prefeitura de São Paulo implementou neste ano cerca de 170 quilômetros de faixas exclusivas para ônibus em todas as regiões da cidade. A intenção, segundo a nova versão do Programa de Metas, é instalar 220 km até o fim de 2013. Além disso, 150 quilômetros de corredores de ônibus serão construídos até o fim de 2016.


Informações: Prefeitura de SP

Leia também sobre:
·         Metrô São Paulo
·         SPTrans
·         EMTU-SP

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960