Em Fortaleza, Prefeitura anuncia pacote de obras de mobilidade urbana

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Mais uma obra de mobilidade urbana para a Copa do Mundo vai ser executada em Fortaleza. Agora é a avenida Dedé Brasil, no trecho entre a rua Antônio Ferreira e rua do Fim, que vai receber intervenções. A obra inicia a partir da próxima segunda-feira, 13. De acordo com a Prefeitura, os trabalhos serão realizados preferencialmente entre 21h e 5h. O prazo de conclusão desse primeiro trecho é de 30 dias.

Para evitar a necessidade de desvio de trânsito, a interdição da via será parcial. Em cada sentido, uma das faixas será bloqueada por vez. A via será recapeada e sinalizada no sentido Castelão-Parangaba e contará com serviços de fresagem (raspagem do asfalto).


Além da avenida Dedé Brasil,  a Via Expressa, também sofreu intervenções por conta do pacote de obras de mobilidade urbana da Prefeitura. As próximas vias a receber os serviços serão as avenidas Alberto Craveiro e Paulino Rocha. O projeto prevê também a implantação de corredores exclusivos para ônibus.
Segundo a Prefeitura, o valor dessa primeira licitação das obras de mobilidade urbana é de  R$ 145.038.193,45.



READ MORE - Em Fortaleza, Prefeitura anuncia pacote de obras de mobilidade urbana

Em Curitiba, Greve de ônibus será decidida nesta segunda feira

Os motoristas e cobradores de ônibus de Curitiba e região metropolitana podem entrar em greve a partir da 0h de terça-feira (14). O vice-presidente do Sindimoc (Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana), Dino César, confirmou à reportagem Banda B que a paralisação será decidida em assembleia no amanha, às 21h30, na Praça Rui Barbosa, centro de Curitiba.
“A assembleia anterior já referendou o indicativo de greve, que foi dado na sexta-feira (10). Na segunda-feira (13) receberemos uma proposta da classe patronal, que será avaliada na assembleia, à noite. Se for recusada, a greve inicia a 0h de terça-feira”, afirmou o vice-presidente.
De acordo com Dino, no início do mês foi apresentada uma proposta de reajuste salarial pelo índice inflacionário, a qual foi desconsiderada. “Avisamos aos patrões que nem levaríamos à assembleia aquela proposta. Queremos uma real, que supra as nossas necessidades”, destacou.
Pauta
As principais reivindicações dos trabalhadores são o imediato reajuste de 40% dos salários; 200% de reajuste no vale-alimentação; e melhoria nas condições de trabalho. “Nossa pauta aborda 54 itens, que precisam ser discutidos um a um. Mas é evidente que o principal é o reajuste dos salários, em nossa visão, totalmente defasados”, enfatizou Dino César.
“Não é a nossa vontade, mas se a proposta dos patrões não for aceita na segunda-feira, entraremos em greve já à meia-noite”, concluiu.

Da Rádio Banda B


READ MORE - Em Curitiba, Greve de ônibus será decidida nesta segunda feira

Greve de ônibus em São Paulo é cancelada

A greve de motoristas e cobradores de ônibus marcada para segunda-feira foi cancelada, de acordo com o sindicato da categoria.
Ontem, o Sindmotoristas recebeu um documento da SP-Urbanuss (sindicato patronal) que se comprometeu em não repassar as autuações administrativas do setor aplicadas pela SPTrans (empresa que administra o transporte).
Anteontem, o sindicato dos motoristas e dos cobradores havia encaminhado um ofício para as 32 garagens de São Paulo reivindicando o fim dos repassasse.
O documento enviado ontem ao sindicato foi assinado por Paulo José Dinis Ruas, presidente do conselho de administração da SP-Urbanuss.
Com a resposta que atende às reivindicações da categoria, motoristas e ônibus vão trabalhar normalmente na segunda-feira sem afetar os 6,1 milhões de passageiros do transporte municipal.

Fonte: Agora SP


READ MORE - Greve de ônibus em São Paulo é cancelada

Em São Paulo, Metrô e CPTM com novos preços neste Domingo


A partir deste domingo (12) a viagem de Metrô e da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) custará R$ 3. O bilhete integrado entre metrôs e trens com os ônibus municipais, gerenciados pela São Paulo Transportes (SPTrans), também vai aumentar, de R$ 4,49 para R$ 4,65 por viagem.
A Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos informou que o reajuste de 3,5% é menor do que a inflação dos últimos 12 meses - 6,5%, pelo Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do governo. O aumento, segundo a pasta, é "necessário para manter o equilíbrio financeiro das empresas" e pagar "salários, eletricidade e todos os insumos para operação e manutenção do sistema".
Os ônibus intermunicipais que atendem a Grande São Paulo - e as regiões metropolitanas de Campinas e da Baixada Santista - também vão ter aumento. O reajuste médio é de 5,33% (varia de acordo com a linha).

Fonte: Reporter Diário


READ MORE - Em São Paulo, Metrô e CPTM com novos preços neste Domingo

Ação Metrópole reduzirá trajeto de Marituba a Belém para meia hora

Em menos de três anos, a viagem de Marituba (município da Região Metropolitana) ao centro de Belém deverá durar apenas 30 minutos, mesmo nos horários de pico, graças ao projeto Ação Metrópole, que prevê a realização de obras para instalação de um sistema de transporte metropolitano utilizando o BRT (sigla em inglês de Bus Rapid Transit), um ônibus rápido, com capacidade para 200 passageiros, que transitará em uma via exclusiva.

 O projeto de construção de um corredor viário restrito ao transporte de passageiros, que vai da Rodovia BR-316, próximo à Alça Viária, até o Ver-o-Peso, no centro da capital, ganhou impulso na quinta-feira (09), após a assinatura da minuta de contrato de um empréstimo internacional, no valor de R$ 320 milhões, para o governo do Pará. O recurso será assegurado pela Agência de Cooperação Técnica e Financeira Internacional do Japão (Jica), instituição de suporte técnico e prestação de crédito do governo japonês, com o aval do governo federal. Os outros R$ 166 milhões que completam o valor total do projeto - R$ 486 milhões -, sairão do Tesouro estadual.

 Após meses de reuniões e quatro dias seguidos de negociações em Brasília (DF), nesta semana, a minuta de contrato definindo o acordo técnico, jurídico e financeiro foi assinado por todos os envolvidos na gestão do projeto, e já foi entregue ao diretor geral do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano, Cesar Meira. “A minuta de contrato confirma que as partes envolvidas estão de acordo em todas as negociações propostas. Agora, o acordo seguirá para análise do Ministério da Fazenda e passará pela aprovação do Senado, para então ser transformado em um contrato final, que deverá ser assinado no fim de março, pelo governador do Estado, Simão Jatene, no Japão. Somos o segundo projeto brasileiro a receber recursos da Jica. É uma grande conquista”, ressaltou Cesar Meira.

 Soluções - O "Ação Metrópole" foi criado há quase 21 anos, visando o planejamento de soluções para o trânsito de Belém ao longo desses anos. Desde o início, assessoria técnica do projeto é realizada pela Jica. A primeira etapa constituiu o prolongamento da Avenida Independência e na implantação do elevado na Avenida Júlio César, para criar uma nova via de acesso a capital. A segunda etapa é formada pelo corredor alimentador, que diminuirá o tempo de viagem na Região Metropolitana.

 Em 2006, o estudo foi reavaliado e ajustado, e está pronto para execução. Os municípios da Região Metropolitana de Belém aprovaram o projeto, com exceção da Prefeitura Municipal de Belém, que possui um plano de transporte municipal que vai da Rodovia Augusto Montenegro ao bairro de São Braz, também utilizando os ônibus BRT. Os projetos municipal e estadual se sobrepõe na faixa da Almirante Barroso, e a divergência entre os executores pode prejudicar a implantação da solução do transporte que beneficiará todos os municípios da RMB.

 Mas o governo do Estado já iniciou as negociações com a Prefeitura, acreditando que o bom senso prevalecerá, já que o "Ação Metrópole" abrange toda a Região Metropolitana, e não apenas a capital.

 Ampliação - Além de implantar um sistema de ônibus de alta capacidade, com serviço rápido e de qualidade, está prevista no "Ação Metrópole" a ampliação da Avenida João Paulo II até a Rodovia Mário Covas, obra que deverá ser concluída no fim de 2013. Apesar de não fazerem parte do "Ação Metrópole", outras intervenções urbanas estão previstas para completar o projeto. Uma delas é o prolongamento da Avenida Independência até a Alça Viária. A Avenida Júlio César ganhará mais uma faixa de carros, no trecho entre os dois elevados, resolvendo o congestionamento no local nos horários de grande movimento. O Terminal Rodoviário de Belém também deverá ser transferido para a entrada da Região Metropolitana, retirando os ônibus interestaduais das ruas da capital.

 As modificações previstas terão um impacto positivo tanto no trânsito quanto no meio ambiente. A Jica realizou um pré estudo, simulando o funcionamento do novo sistema de tranporte, e constatou a diminuição significativa da emissão de gases poluentes na atmosfera. Segundo Cesar Meira, em função da redução de poluentes, existe a possibilidade de inscrever o projeto no Protocolo de Kyoto. “Nada melhor do que um projeto no coração da Amazônia com uma contribuição efetiva para a diminuição da poluição no planeta”, ressaltou.


Texto: Dani Filgueiras - Secom
Agência Pará

   
READ MORE - Ação Metrópole reduzirá trajeto de Marituba a Belém para meia hora

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960