Em Cuiabá, Projeto para construção do BRT fica pronto em 20 dias

quinta-feira, 2 de agosto de 2012


O prefeito Chico Galindo (PTB) anunciou ontem que o projeto do Bus Rapid Transit (BRT) deve ficar pronto em no máximo 20 dias. Após ser avaliado pelo Executivo municipal, o plano segue para Brasília, onde deve receber o aval da presidente Dilma Rousseff (PT). 


O prazo final para dar entrada na proposta junto ao Governo Federal é 30 de agosto. A assinatura do contrato, no entanto, só deve aconteceu em 14 de dezembro. 



O modal deve ser implantado no trecho que liga o futuro parque de exposições, na saída para Santo Antônio de Leverger, até a avenida Fernando Correa da Costa, onde haverá um terminal do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT). 



O petebista afirma que o objetivo é unir os dois modais para “ampliar e agilizar” o sistema de transporte coletivo da Capital. “Estamos complementando o VLT, queremos melhorar o nosso sistema de transporte coletivo”. 



De acordo com Galindo, a intenção era instalar o BRT em toda a avenida dos Trabalhadores, no entanto os recursos financeiros disponibilizados não foram o suficiente para a viabilização do projeto, já que era necessário realizar diversas desapropriações no local. 



“A primeira opção que pensamos era fazer o BRT na avenida dos Trabalhadores porque daria mais fluência no transporte coletivo, mas os recursos são insuficientes”, enfatiza. Galindo ressalta que o BRT não vai chegar até o futuro Hospital Universitário Julio Müller, mas ficará próximo. (KA) 


Diário de Cuiabá

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960