Em Campinas, Empresa entrega 40 novos ônibus adaptados

quinta-feira, 19 de abril de 2012

A Expresso Campibus, empresa concessionária do transporte coletivo urbano de Campinas e que opera na área 2 da cidade (região do Campo Grande), investiu R$ 10 milhões na aquisição de 40 ônibus adaptados que garantem mais conforto e segurança aos cerca de 46 mil passageiros que utilizam diariamente as linhas 2.13, 2.21, 2.22, 2.31, 2.53 e 2.60.

“Os veículos foram 100% financiados por meio da linha de crédito Finame do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)”, afirma Paulo Barddal, diretor de Comunicação e Marketing da Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc), entidade à qual a Campibus é associada. A frota da Campibus conta com 163 carros, com média de idade de 3,49 anos.

Os novos veículos têm chassis Mercedes-Benz OF 1722 e carroceria Comil Svelto, dotada de elevador lateral, além de todos os elementos de acessibilidade requeridos pelo Inmetro, como piso antiderrapante e bancos com demarcação especial para idosos, gestantes, obesos e pessoas com deficiência. “É mais uma prova da importância que as concessionárias do transporte dão à acessibilidade e ao conforto dos usuários do sistema. Após a inserção dos novos veículos adquiridos pela Campibus, 44% de toda a frota operante na cidade é acessível”, completa Barddal. Os novos carros contam, também, com ventiladores nos postos do motorista e do cobrador.

Vale ressaltar que, além da frota de adaptados, as concessionárias disponibilizam para a cidade 25 vans e dois ônibus do Programa de Acessibilidade Inclusiva (PAI), que realizam o transporte gratuito de pessoas cadastradas no programa que têm dificuldades de locomoção temporária ou permanente.

Fonte: Transurc


0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960