Em Curitiba, Ligeirão Azul, o maior ônibus do mundo, completa um ano

sexta-feira, 30 de março de 2012


O Expresso Ligeirão, o maior ônibus do mundo, identificado pelos passageiros pela cor azul, completou um ano nesta quinta-feira (29), quando a cidade comemora 319 anos. O Ligeirão atende as linhas Boqueirão e Pinheirinho-Carlos Gomes e, até o início do próximo ano, entrará no eixo Norte, fazendo a ligação do Terminal Santa Cândida com a Praça do Japão.

Na linha Pinheirinho-Carlos Gomes, pela Linha Verde, 14 biarticulados azuis atendem diariamente 31 mil usuários. No eixo Boqueirão, são 37 mil passageiros transportados por dia nos 12 ligeirões. No total são 30 ônibus movidos exclusivamente a biodiesel, com uma redução de 63% na emissão de poluentes, em relação aos demais ônibus da frota.
Com 28 metros de comprimento e capacidade para 250 passageiros, o Ligeirão Azul substituiu ônibus articulados com capacidade para 170 passageiros, o que representou um aumento de 47% na oferta de lugares em cada viagem.
Além da cor diferenciada, que facilita a identificação para o usuário, o Ligeirão Azul tem vidros com película fumê, exaustores e ventiladores para manter a temperatura interna mais amena, bancos ergonômicos com estofados, sinal luminoso para indicar a abertura das portas, beneficiando especialmente pessoas com dificuldade de audição, e plaquetas em braille indicando o número do ônibus no encosto traseiro do banco situado em sua frente.
Para implantar o Ligeirão, a Urbs fez o desalinhamento das estações, que antes ficavam frente a frente, criando uma área de ultrapassagem que permite que um ônibus continue em frente mesmo quando outro está parado na estação. Os ônibus têm uma frequência de oito minutos no horário e de quatro minutos no horário de pico.
Laboratório – O eixo Boqueirão, onde o Ligeirão, ainda na cor vermelha, foi implantado em março de 2010, tem sido um laboratório para aperfeiçoamento do sistema de transporte em Curitiba. O eixo foi construído em 1977 e tinha à época ônibus de 11 metros de comprimento e capacidade para 85 passageiros.
Em dezembro de 1992, o eixo Boqueirão inaugurou a segunda fase do sistema Expresso, com os primeiros biarticulados – modelo à época pioneiro, desenvolvido para Curitiba – de 25 metros de comprimento e capacidade para 230 passageiros. E no ano passado, inaugurou o novo Ligeirão, ônibus com 28 metros de comprimento e capacidade para 250 passageiros.
Também foi no Boqueirão que em 1991 estreou a primeira Linha Direta, servida pelos chamados “Ligeirinhos”, na linha Boqueirão-Centro Cívico. Foi também o primeiro corredor de transporte a ter estações desalinhadas com criação de pistas de ultrapassagem nas canaletas.
O sistema de canaletas exclusivas para o ônibus foi inaugurado em 1974, nos eixos Norte e Sul, três anos antes da implantação da canaleta do eixo Boqueirão. O sistema, pioneiro no mundo, inaugurou o que hoje é conhecido como Bus Rapid Transit (BRT).

Fonte: Prefeitura de Curitiba

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960