Metrô do Grande Recife para por 24 horas a partir desta quinta-feira

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

A partir das 22h desta quinta-feira (22), haverá uma paralisação de 24 horas no sistema metroferroviário da Região Metropolitana do Recife. O ato foi decidido na noite da segunda-feira (19), durante assembleia realizada na Praça Milvernes Lima, no centro do Recife, ao lado da estação central do metrô. Funcionários pedem mais segurança no sistema, tanto para usuários quanto para os trabalhadores.

Serão suspensas as viagens da Linha Centro, que vai até o Centro de Jaboatão e de Camaragibe, da Linha Sul elétrica – até Cajueiro Seco – e também do trecho em diesel – até o Cabo de Santo Agostinho.

Segundo informações da diretoria de comunicação do Sindicato dos Metroviários, atualmente o quadro de segurança do sistema está bastante defasado. A partir das 22h da sexta-feira (23), o sistema deve voltar a operar normalmente.

Em nota oficial, o Metrô do Recife (Metrorec) informou que "o funcionamento das linhas Sul e Centro será garantido. Supervisores e instrutores de maquinistas estarão à disposição, assegurando o atendimento às 260 mil pessoas que usam diariamente o transporte metroviário. Como a greve se refere à questãoo da segurança, a CBTU-Metrorec comunica que o edital de licitação para contratação de vigilância está pronto e será lançado nos primeiros dias de janeiro".
Fonte: G1 PE

READ MORE - Metrô do Grande Recife para por 24 horas a partir desta quinta-feira

No Recife, Ônibus são desviados para Rua Imperial e irritam passageiros

No mínimo falta de respeito aos usuários de ônibus das linhas afetadas, pois bem, como diz aquela frase, todo transtorno trás um benefício, porém o transtorno quem está passando são os passageiros das linhas 132*UR02(Ibura), 152*Jordão Baixo), 243-Vila Dois Carneiros (Cais de Santa Rita) recentemente premiados pela incompetência, trata-se da medida implantada pelo GRCT em colocar estas linhas para trafegarem pela rua imperial, uma das mais engarrafadas da cidade do Recife, pois bem, essas linhas foram colocadas nesta via devido à construção da Via Mangue, via esta para os carros, e quem mais está sendo prejudicado são os passageiros destas linhas que nada tem haver com a coisa, sem falar que estão fazendo excursão de mais outras 02 linhas 123*Três Carneiros Baixo e 138*Zumbi do Pacheco até o Pina, ou seja, o desvio faz com que estas outras 02 linhas atravessem a ponte do Pina ida e volta, parece até brincadeira de mau gosto, além das linhas 164*Conj. Marcos Freire e 166 Cajueiro Seco/Afogados que já eram prejudicadas por natureza.

Essa mudança trás consigo perca de tempo aos usuários, visto que, os ônibus gastam entre 15 e 30 minutos.

Além de toda essa lambança com o transporte público, essa medida prejudicou também centenas de usuários e moradores do bairro do Cabangá, que deixaram de ser atendidos por essas linhas.
Para muitos, existe possibilidades de uma alternativa pelo corredor de ônibus da Av. Sul, e que uma boa vontade do Governo do Estado e da Prefeitura resolveria essa situação, abaixo uma possibilidade (Destacado em Amarelo) que ajudaria a vida dos usuários de ônibus, afinal, será mesmo que estamos dando prioridade ao transporte coletivo.


Blog Meu Transporte
READ MORE - No Recife, Ônibus são desviados para Rua Imperial e irritam passageiros

Prefeitura do Rio proíbe tráfego de frescões intermunicipais no BRS da Primeiro de Março, no Centro

A Secretaria municipal de Transportes publica na edição desta quarta-feira do Diário Oficial do Município resolução que proíbe o tráfego de ônibus de linhas intermunicipais do tipo rodoviário (frescões) que circulam na Rua Primeiro de Março. Como alternativa à restrição, os veículos deverão cumprir o seguinte itinerário a partir da Av. Presidente Antônio Carlos: ... Rua Marechal Aguinaldo Caiado de Castro; Rua Alfredo Agache; Av. Presidente Vargas...

A medida tem como objetivo garantir o pleno funcionamento do corredor preferencial de ônibus (BRS) na Rua Primeiro de Março, que registrou saturação nos primeiros dias de funcionamento. Depois de cinco dias monitorando a operação do BRS na Antônio Carlos / Primeiro de Março, o secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão, constatou que tanto os ônibus de fretamento (condomínios, empresas e turismo) quanto os frescões intermunicipais comprometem a fluidez do corredor.

— Os ônibus do tipo rodoviário das linhas intermunicipais partiam do Terminal Menezes Cortes e já não paravam na Primeiro de Março. Essa alteração de itinerário desafoga o fluxo do corredor BRS em 18% — justifica o secretário.



READ MORE - Prefeitura do Rio proíbe tráfego de frescões intermunicipais no BRS da Primeiro de Março, no Centro

Ônibus de Belém só podem circular pelas faixas 3 e 4 da Almirante Barroso

A partir desta quarta-feira (21), os ônibus que trafegam pela Avenida Almirante Barroso, uma das principais vias de Belém, terão que circular obrigatoriamente pelas faixas 3 e 4 e, consequentemente, estão proibidos  agora de andar nas faixas 1 e 2 , sob pena de multa de trânsito e  administrativa.

A regulamentação da circulação obrigatória dos ônibus pelas faixas de tráfego 3 e 4 da Avenida Almirante Barroso é uma medida da CTBel (Companhia de Transportes do Município de Belém) para dar fluidez ao trânsito e possibilitar segurança aos passageiros que embarcam e desembarcam nas paradas da via.

Foto: Agência Pará
Segundo Elias Jardim, diretor de Trânsito da CTBel, a pintura da faixa azul e a colocação de placas de regulamentação da circulação de ônibus na Avenida Almirante Barroso vão ajudar os motoristas de ônibus a cumprir a obrigatoriedade pelas duas faixas da pista. 'A pintura é para chamar atenção mesmo e dividir as faixas. As placas serão colocadas na calçada e vão indicar as faixas dos ônibus. As duas faixas serão obrigatórias para ônibus, mas não exclusivas, até porque não tem como evitar que outros carros passem para elas no momento de entrada e saída às vias transversais', disse.

O diretor afirma ainda que os ônibus que desrespeitarem a nova determinação da CTBel serão autuados por trafegar em local proibido, conforme especifica o CTB (Código de Trânsito Brasileiro). Feita a autuação, a empresa de ônibus será também notificada e depois aplicada a penalidade administrativa prevista no Regulamento do Serviço de Transporte Coletivo por Ônibus do Município de Belém.


Fonte: Portal ORM

READ MORE - Ônibus de Belém só podem circular pelas faixas 3 e 4 da Almirante Barroso

Transporte coletivo de Rio Grande-RS aumenta a frota em mais 56 novos ônibus

A empresa Noiva do Mar adquiriu 56 novos ônibus. São 50 coletivos urbanos, quatro Midi Bus (ligeirinho) e dois seletivos. Os veículos possuem chassis Volkswagen e carroceria da gaúcha Comil e estarão atendendo as linhas do transporte coletivo já a partir deste mês. A aquisição tem como objetivo a renovação e ampliação da frota.

Os ônibus urbanos vêm com uma nova tecnologia presente no mercado de transporte coletivo, ou seja, veículos com caixa automatizada. Os coletivos, do modelo Volks 17.230 EOD V-Tronic, são fabricados sem a alavanca de mudança de marchas e sem o pedal de embreagem. Dessa forma, o processo de troca de marchas será automatizado.

Essa nova tecnologia possibilitará maior segurança e conforto ao motorista e aos passageiros devido às trocas automáticas de marchas. Além disso, os motoristas farão um menor esforço físico ao conduzir os novos coletivos.

Segundo o gerente geral da Noiva do Mar, Eduardo Freitas, a empresa adquiriu em abril, deste ano, 10 novos ônibus urbanos. Agora, comprou mais 50. “Os novos veículos adquiridos significam uma renovação no transporte do Rio Grande, com objetivo de proporcionar maior conforto, modernidade e disponibilidade de veículos aos clientes e usuários” finaliza.

É interessante ressaltar que todos os novos ônibus urbanos possuem itinerário eletrônico, na frente e na lateral do veículo, além do elevador para portadores de necessidades especiais.



Share |
READ MORE - Transporte coletivo de Rio Grande-RS aumenta a frota em mais 56 novos ônibus

Horários de linhas de ônibus em Florianópolis serão ampliados

A partir da próxima segunda-feira, o transporte coletivo de Florianópolis sofrerá alterações para a temporada de verão. As linhas de praia e da madrugada poderão ter viagens extras caso haja demanda. Duas linhas executivas para o Sul da Ilha também foram criadas e entram em funcionamento no dia 31, operando sempre aos sábados, domingos e feriados.
Caio Nascimento / Agência RBS
As viagens extras para as linhas com destino às praias ou que operam nas madrugadas (conhecidas como madrugadões") serão autorizadas pela fiscalização da Secretaria Municipal de Transportes e Terminais que opera no Ticen, no Centro da Capital, de acordo com a procura dos passageiros.

As linhas executivas 4127 - Praia dos Açores Via Pântano do Sul e 4128 - Campeche Via Pau de Canela entram em funcionamento no dia 31 de dezembro.

A medida visa atender a demanda por transporte coletivo que aumenta durante a temporada de verão por conta da chegada de turistas na cidade.

Os horários das linhas de transporte coletivo em Florianópolis estão disponíveis no site da prefeitura.


Informações do Diário Catarinense

READ MORE - Horários de linhas de ônibus em Florianópolis serão ampliados

No Recife, 40 linhas de ônibus que vão aos shoppigns vão funcionar até mais tarde

Esta semana, os principais shoppings centers da Região Metropolitana do Recife ficarão abertos até mais tarde para atender aos clientes que ainda não tenham concluído suas compras de natal. Para auxiliar aos vendedores e consumidores na volta para casa, o Grande Recife Consórcio de Transporte reforçou o final da programação de 40 linhas de ônibus, ampliando o horário de atendimento. Entre os dias 19 e 23 de dezembro, 310 viagens extras estão programadas para atender aos shoppings Tacaruna, Guararapes e Recife.

Para atender ao Shopping Tacaruna, desde o dia 19/12, 21 linhas estão realizando 48 viagens a mais após o fim da operação habitual, distribuídas de acordo com a necessidade de cada uma. Assim, até o dia 23, 240 atendimentos extras terão sido feitos, com destino a diversos bairros de Olinda, Recife e Paulista.

A partir de hoje (21), tem início o reforço especial na operação de cinco linhas que atendem ao Shopping Guararapes. Estas linhas, juntas, totalizarão seis atendimentos a mais no final da operação de cada dia, o que resulta em 18 viagens extras nos três dias de funcionamento especial.

Já para o Shopping Recife, a ampliação do horário de atendimento das viagens será realizada na quinta-feira (22) e na sexta-feira (23/12), com exceção para a linha 010-Piedade/Shopping Center. Esta, por atender ao Shopping Guararapes, passa a operar com horário estendido desde hoje. Assim, 26 viagens a mais serão realizadas pelas 14 linhas que atendem ao local.

Com a ampliação do horário de atendimento, as linhas passam a operar com viagens saindo do seu terminal por volta da meia-noite, somando, ao todo, 310 atendimentos extras entre os dias 19 e 23/12. Para saber mais sobre a operação das linhas, o usuário pode entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente, pelo telefone 0800 081 0158, ou acessar o site www.granderecife.pe.gov.br.

Segue abaixo a lista de linhas:

Shopping Tacaruna

822-JARDIM BRASIL I (CRUZ CABUGÁ)
824-JARDIM BRASIL II (CRUZ CABUGÁ)
831-AGUAZINHA
838-ALTO DA CONQUISTA
841-NOVA OLINDA
843-ALTO DA BONDADE (VILA N. SRA. DA CONCEIÇÃO)
844-SANTA CASA
847-ALTO NOVA OLINDA
851-CÓRREGO DO ABACAXI
852-CAIXA D’ÁGUA
911-OURO PRETO (COHAB)
913-PE-15/JOANA BEZERRA
971-AMPARO
973-CASA CAIADA
974-JARDIM ATLÂNTICO
981-RIO DOCE (CONDE DA BOA VISTA)
983-RIO DOCE (PRINCESA ISABEL)
987-RIO DOCE (PRINCIPE)
992-PAU AMARELO
993-CONJUNTO PRAIA DO JANGA
994-CONJUNTO BEIRA MAR

Shopping Recife
010-PIEDADE/SHOPPING*
031-SHOPPING CENTER
043-AEROPORTO/TACARUNA
060-SHOPPING/CDU
070-CANDEIAS/JOANA BEZERRA
115-AEROPORTO/AFOGADOS
118-PRAZERES/BOA VIAGEM
120-IPSEP/SHOPPING
130-CONJUNTO MARCOS FREIRE/BOA VIAGEM
155-JORDÃO BAIXO/BOA VIAGEM
180-DOIS CARNEIROS/BOA VIAGEM
190-UR-11/BOA VIAGEM
360-TOTÓ/BOA VIAGEM
910-RIO DOCE/PIEDADE

Shopping Guararapes
044-MASSAGANA BOA VISTA
150-PONTE DOS CARVALHOS/PRAZERES
161-BRIGADEIRO IVO BORGES
206-BARRO PRAZERES
216-BARRO PRAZERES BR-101


Fonte: GRCT


READ MORE - No Recife, 40 linhas de ônibus que vão aos shoppigns vão funcionar até mais tarde

Ônibus de Curitiba divulgam projetos de arte urbana

Os ônibus da linha Circular Centro já estão circulando com novo visual na parte traseira. As novas imagens fixadas nos vidros por meio de plotagem resultam de projetos de artistas visuais curitibanos, vencedores do edital de Arte Urbana do Fundo Municipal da Cultura. Os projetos foram concebidos especialmente para os ônibus com a proposta de divulgar a arte de jovens artistas e estimular a reflexão de pedestres e motoristas sobre as mensagens que são transmitidas pelas obras.

Seis diferentes propostas circulam nos ônibus. Em comum, elas procuram chamar atenção para os grandes dilemas da cidade grande e da sociedade atual. O artista Francisco Gusso apresenta o projeto “O Galo”, uma pintura em tela, feita com tinta acrílica, que retrata um galo entre folhas e flores envolto em luz vespertina alaranjada, que traz à memória a infância do artista, o quintal de sua casa, no Bairro Boa Vista, na Curitiba dos anos 80. A obra retrata um passado recente, quando ainda era comum criar galinhas e outros animais domésticos nos fundos das casas. A imagem traz para muitos curitibanos a lembrança do passado e alerta para o progresso que ocorreu nas últimas décadas.

A obra “Vertigem”, do fotógrafo Bruno Stock, tem como tema o choque entre a proliferação de imagens e de informação da era digital e a não percepção do mundo visível ao nosso redor. “As pessoas se isolaram uma das outras e, nos seus caminhos cotidianos, não percebem o que as rodeia, as formas da cidade e passam a apreender o mundo por meio dos jornais, da televisão e da internet”, explica o artista.

O projeto “Ciclista Curitibano”, de Thiago Syen, tem a proposta de incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte e mostrar o quanto pode ser prazeroso pedalar em Curitiba. O desenho criado pelo artista mostra um adolescente montado sobre uma bicicleta reclinada, descansando e recobrando o fôlego para continuar seu caminho após uma longa pedalada.

A obra “Travessia”, de Fábio Follardor, consiste numa imagem capturada a partir de dois processos fotográficos: a câmara escura (pinhole) e a fotografia digital. No entanto, a câmera digital não foca diretamente o ambiente à sua frente, mas a imagem projetada num vidro jateado (dentro da câmara escura). A imagem é um registro de um dos principais cruzamentos do centro de Curitiba (rua XV de Novembro e avenida Marechal Floriano Peixoto), onde o fluxo é intenso e disputado entre carros e pedestres. A intenção é provocar uma mudança de comportamento do cidadão em trânsito, seja pedestre ou motorista, contribuindo para que a coletividade se aperfeiçoe.

Memória e nostalgia também estão presentes na obra “Varal”, de Tié Passos. A ilustração, feita com técnicas mistas (desenho com nanquim, pintura digital com texturas de calcogravura e tecidos), mostra varais de roupa disputando espaço com grandes edificações. A imagem tem o intuito de causar uma contemplação, de um cenário que é ao mesmo tempo calmo e alegre, com um movimento suave do vento balançando as roupas, um clima fresco, com uma lua intensa.

Mais abstrata, a obra “Imagem Pública”, de Juliana Burigo, é resultado de sua investigação plástica sobre a linguagem do desenho. A artista foge do conceito de representação, para explorar outros valores intrínsecos, como movimentação e gesto, espaço e tempo, ação e conseqüência, figuração e abstração. “Considerando o trânsito desta imagem no ambiente urbano, acho importante que ela amplie a relação das pessoas com a arte, que normalmente se dá com a atribuição de maior valor a imagens e até mesmo a obras de arte que contêm caráter representativo e ilustrativo”, diz.


READ MORE - Ônibus de Curitiba divulgam projetos de arte urbana

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960