SPTrans informa alteração de itinerários para o Carnaval

quarta-feira, 2 de março de 2011

Em razão dos desfiles de Carnaval, que serão nos dias 04, 05, 06, 07, 08, 11 e 12 de março, e consequente interdição das vias na região do Anhembi, a SPTrans informa a alteração nos itinerários de duas linhas que trafegam na região durante o evento.

Para informações sobre linhas e trajetos de linhas consulte itinerários ou ligue 156.

Linhas e itinerários:


278A Penha - CEASA
Ida:
Normal até a Rua Santa Eulália, Av. Santos Dumont, Av. Braz Leme, Pte. Da Casa Verde, Rua Abraão Ribeiro, prosseguindo normal.
Volta: Normal até a Pte. Casa Verde, Av. Braz Leme, Rua Voluntários da Pátria, Rua Pe. Ildefonso, Av. Cruzeiro do Sul, prosseguindo normal.

9717 Jd. Almanara - Santana
Ida:
Av. Dep. Cantídio Sampaio, Rua Henry Charles Potel, prosseguindo normal até a Rua Mangaratu, Rua Antonio Nascimento Moura, Av. Braz Leme, Rua Darzan, Rua Rua Dr. Zuquim, Rua Ezequiel Freire.
Volta: Rua Ezequiel Freire, Rua Alfredo Guedes, Av. Cruzeiro do Sul, Rua Santa Eulalia, Av. Santos Dumont, Pça. Heróis da Força Expedicionária Brasileira, Av. Brás Leme, Rua Marambaia, Rua Bernardino Fanganiello, prosseguindo normal até Av. Dep. Cantídio Sampaio.

Fonte: SPTrans

READ MORE - SPTrans informa alteração de itinerários para o Carnaval

Curitiba: Linha Verde Sul irá até Fazenda Rio Grande .

As obras de extensão da Linha Verde Sul, entre Curitiba e Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana, devem começar no segundo semestre deste ano. A previsão foi anunciada, nesta segunda-feira, 28, durante reunião do prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, com representantes da ANTT (Agência Nacional dos Transportes Terrestres), concessionária OHL e Governo do Estado.

A aprovação do Projeto Executivo e o início das obras dependem do licenciamento ambiental por parte do Ibama, “processo que se encontra em andamento”, adiantou Luciano.

“A obra prevê canaleta exclusiva para ônibus, viadutos, pontes, novas trincheiras. OHL fará obra. E a Comec (Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba) fica com integração do transporte coletivo”, completou o prefeito.


Fonte: Jornale

Share |
READ MORE - Curitiba: Linha Verde Sul irá até Fazenda Rio Grande .

ES quer ser incluído PAC da Mobilidade Urbana

O governador Renato Casagrande (PSB) e o Secretário de Transportes e Obras no Espírito Santo, Fábio Damasceno, estiveram nesta terça-feira (01) no Palácio do Planalto e no Ministério das Cidades, para audiências com a ministra do Planejamento Mirian Belchior e o ministro Mario Negromonte. A visita foi para pedir a inclusão do ES no PAC da Mobilidade Urbana, programa do governo que prevê investimentos de R$ 18 bilhões para o transporte público nas 24 maiores cidades brasileiras.

Casagrande apresentou aos dois ministros o projeto para criar corredores exclusivos de ônibus, no valor de R$ 650 milhões, para os quatro maiores municípios do ES: Vitória, Vila Velha e Serra.

"Nós viemos pedir a inclusão do ES no PAC da Mobilidade Urbana, destinado às regiões metropolitanas com m ais de 3 milhões de habitantes e os municípios com mais de 700 mil habitantes. Como nós ficamos fora do PAC, viemos mostrar nosso projeto de corredores exclusivos de ônibus", afirmou o governador.

A proposta prevê o investimento de R$ 88 milhões, por parte do governo estadual, R$ 180 do Governo Federal e o restante financiado pelo BNDES. Casagrande estava acompanhado dos deputados Camilo Cola (PMDB), com quem pegou carona no avião para Brasília, Manato (PDT) e do senador Ricardo Ferraço (PMDB).

O PAC Mobilidade Grandes Cidades foi lançado no último dia 16, pela presidente Dilma Rouseff. Com o lançamento do programa, que faz parte do PAC 2, os prefeitos das 24 maiores cidades brasileiras e os governadores de seus estados terão de apresentar projetos que ampliem a capacidade de locomoção e melhorem a infraestrutura do transporte público coletivo.

O investimento do governo federal será de R$ 6 bilhões diretos da União e de R$ 12 bilhões por meio de financiamento. De acordo com o Planalto, os projetos beneficiarão 39% dos brasileiros que vivem em regiões metropolitanas.

As propostas poderão incluir sistemas de transporte sobre pneus, como corredores de ônibus exclusivos e de Veículos Leves sobre Pneus (VLP/BRT), e também sistemas sobre trilhos, como trens urbanos, metrôs e Veículos Leves sobre Trilhos (VLT).

Os 24 municípios do PAC Mobilidade formam três grupos. O primeiro reúne as capitais de regiões metropolitanas com mais de três milhões de habitantes (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Recife, Fortaleza, Salvador e Curitiba).

O segundo inclui cidades com população entre um e três milhões de habitantes (Manaus, Belém, Goiânia, Guarulhos, Campinas e São Luís). O terceiro grupo reúne cidades de 700 mil a um milhão de habitantes. (Maceió, Teresina, Natal, Campo Grande, São Gonçalo, Duque de Caxias, Nova Iguaçu e São Bernardo do Campo).

READ MORE - ES quer ser incluído PAC da Mobilidade Urbana

Em Cascável, Mudanças no transporte coletivo a partir de março

A partir de 1º de março, algumas linhas do Transporte Coletivo Urbano de Cascavel terão itinerários ou horários alterados.
Estas são as primeiras mudanças previstas para o ano de 2011, visando o melhor atendimento ao usuário do transporte coletivo, tornando o sistema mais ágil, e buscando evitar os atuais e constantes atrasos.
Serão alterados, nesta etapa, o itinerário da linha OESTE – SUL via PARQUE SÃO PAULO, a tabela de horários da linha de ônibus SUL – OESTE via NEVA e será acrescentado 01 veículo na linha 14 DE NOVEMBRO – TERMINAL OESTE alterando também a tabela de horários desta linha.
Além destas alterações, serão acrescentados 02 veículos comuns na linha Eixo / Leste – Oeste nos horários de pico e 01 veículo articulado na Linha Direta / Leste – Oeste, também nos horários de pico, sendo que este veículo será remanejado da linha Sul – Oeste via Carlos Gomes, que receberá 02 veículos comuns em substituição ao articulado.

Confira abaixo o que muda dia 1º de março:
 >> Itinerário da linha de ônibus OESTE – SUL / PARQUE SÃO PAULO: a linha deixará de atender o ponto de ônibus localizado na Rua Rio Grande do Sul, em frente ao Colégio Auxiliadora e os 02 pontos da Av. Carlos Gomes. As tabelas de horários não serão alteradas. Confira o novo itinerário:
Sentido Terminal Sul – Terminal Oeste: TTS / Rua Rio da Paz / Avenida Carlos Gomes / Rua do Comércio / Rua Delfino Dias do Prado / Avenida Carlos Gomes / Avenida Aracy Tanaka Biazetto / Sede Coopavel / Rua João Fernandes dos Santos / Rua Joaquim Távora / Rua Epitácio Pessoa / Rua General Osório / Rua São Paulo / TTO. Sentido Terminal Oeste – Terminal Sul: TTO / Rua Rio Grande do Sul / Rua Souza Naves / Rua Rio de Janeiro / Rua General Osório / Rua Epitácio Pessoa / Rua Joaquim Távora / Rua João Fernandes dos Santos / Sede Coopavel / Avenida Aracy Tanaka Biazetto / Rua Manoel da Nóbrega / Rua Promotor Cézar Salgado / Avenida Carlos Gomes / Rua Rubens Lopes / TTS.
Fonte: CETTRANS

READ MORE - Em Cascável, Mudanças no transporte coletivo a partir de março

Goiânia: Pesquisa aponta necessidade de investimentos na infraestrutura da Praça Cívica

Pesquisa realizada entre os dias 8 e 14 de fevereiro, pelo Comitê Técnico de Trânsito e Circulação (CTTC), em parceria com a Rede Metropolitana de Transportes Coletivos (RMTC), aponta a necessidade de investimentos na infraestrutura pública da Praça Cívica, a fim de torná-la de efetivo uso comum pela população, bem como de  dar maior competitividade e mobilidade ao transporte coletivo da região. “É um dos locais mais estratégicos e importantes para o transporte coletivo porque é abastecido por linhas de todas as regiões da RMTC. Dotá-lo de infraestrutura adequada é contribuir para a qualificação do transporte de toda a Região Metropolitana de Goiânia”, esclarece o diretor do Consórcio Rmtc, Leomar Avelino.
O relatório final será encaminhado às presidências da AMT e da CMTC, a fim de subsidiar projetos de melhoria da infraestrutura pública em prol do transporte coletivo. Segundo Leomar Avelino, dentre os principais investimentos estariam o remodelamento dos pontos, melhoria da acessibilidade, redefinição de estacionamento, a implantação de via exclusiva para os ônibus com segregação física e a preferência de passagem nos semáforos.
Diariamente, passam pela Praça mais de 20 mil pessoas que utilizam o transporte coletivo. Os dados apontam, ainda, que o fluxo de passageiros é maior que em terminais como Parque Oeste, Araguaia, Senador Canedo e Trindade. Ao todo, 51 linhas entre veículos convencionais e Citybus trafegam pelo local, que também conta com seis pontos para embarque e desembarque.

O que é o CTTC
Lançado em setembro de 2010, o CTTC é uma instância técnica com o objetivo de debater propostas, desenvolver estudos e pesquisas que colaborem para a melhoria da fluidez do trânsito a favor da melhoria do transporte coletivo na Região Metropolitana. O grupo é formado por 17 técnicos especialistas das iniciativas pública e privada que se reúnem mensalmente.
O Comitê conta, ainda, com um perfil na página de relacionamentos Facebook, o “CTTC-Goiânia”. Nela são disponibilizadas fotos das reuniões, promovidas discussões sobre o assunto trânsito e transporte coletivo e disponibilizados dados de pesquisas realizadas, além de outras ações.


Fonte: RMTC

Share |
READ MORE - Goiânia: Pesquisa aponta necessidade de investimentos na infraestrutura da Praça Cívica

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960