No Recife, Muitas Queimas de Paradas e Poucas Reclamações

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Se quem precisa usar o transporte coletivo todos os dias precisa passar por muitos obstáculos, está agora se deparando com o grande número de queimas de paradas dos motoristas de ônibus, são situações em que os usuários se sentem constrangidos e revoltados com esses atos tomados pelos chamados maus motoristas, a situação é tão revoltante que as vezes em muitas paradas que não tem sequer abrigo, passageiros que já esperam grandes intervalos para chegada do ônibus se deparam com está situação.


Porém, o que vem chamando atenção, é que a maioria das pessoas prejudicadas pela queima de parada não registram suas reclamações, fazendo com que esses motoristas circulem e continuem desrespeitando os passageiros, segundo o GRCT, as reclamações para o 0800 081 0158 são de fundamental importância, pois só assim os maus motoristas podem ser advertidos e persistindo os maus atos, retirados do sistema de transporte coletivo.

As justificativas de alguns motoristas são totalmente irrelevantes se comparados a deixar o usuário plantado no sol ou na chuva esperando o próximo coletivo a passar, muitos relatam atraso nas viagens e pressão no cumprimento de horários.

Porém o Blog Meu Transporte presenciou queima de paradas absurdas nestes últimos dias, teve um cidadão que foi queimado por três ônibus da mesma linha seguidos num intervalo de 10 minutos, ou seja, ficou um motorista deixando para o outro e acabou que nenhum dos três levou o passageiro, semana passada o ônibus que ia para o Cabo, queimou várias pessoas na parada ao lado do GRCT ao meio dia, deixando os usuários naquele sol. Já em outros pontos, foi possível notar varias queimas de paradas como na Av. Agamenon Magalhães, Av. Beberibe entre outras.

Respostas do GRCT
Todos os meses o Grande Recife, através da Central de Atendimento ao Cliente, pelo telefone 0800 081 0158, registra entre 1.100 e 1.200 reclamações sobre todos os assuntos. Desse total, em média 436 queixas são relativas a queimas de parada.

A média tem se mantido estável durante todo o ano, com alterações sazonais. Em meses de férias, com a demanda reduzida, a quantidade de reclamações cai. Da mesma forma, em meses de muito movimento de usuários o número de reclamações tende a subir. Em janeiro, por exemplo, foram registradas 307 queixas, já em agosto foram contabilizadas 609 denúncias.

Penalidades
As queimas de parada registradas pela Central de Atendimento ao Cliente e comprovadas pela equipe de fiscalização estão sujeitas a multa de R$ 41,14 por infração. Esse valor poderá ser cobrado em dobro caso a empresa seja reincidente.

As reclamações também influem na avaliação das empresas operadoras, que é realizada trimestralmente e discutida individualmente com o representante de cada empresa. Quando o conceito é negativo, a operadora perde pontos, o que pode acarretar, dependendo do caso, a perda de privilégios, de linhas ou, em caso extremo, na exclusão de empresas do sistema.

Fiscalização
O Consórcio tem intensificado a fiscalização, principalmente sobre aquelas linhas e empresas que possuem maior índice de reclamações. Esses dados são registrados, geram multas nos casos de confirmação, e também servem como base para a avaliação do serviço prestado pelas empresas operadoras.


Blog Meu Transporte



0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960