Ipanema e Leblon terão menos ônibus com corredor exclusivo em agosto

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Leblon e Ipanema são os próximos bairros a receberem o BRS, sistema de ônibus rápido que circula em vias preferenciais para o transporte público. No próximo dia 20  de agosto, o sistema começa a operar na Avenida Ataulfo de Paiva e na Rua Visconde de Pirajá. O projeto do governo estadual já é uma realidade na Avenida Nossa Senhora de Copacabana.

"Os corredores BRS projetados pela Prefeitura são o ponto de partida para a racionalização do sistema de ônibus em nossa cidade. A frota será enxugada em 10,6% de veículos no novo corredor e teremos diminuição nos tempos de viagem. Além da redução do número de ônibus, a organização do tráfego também vai ajudar na fluidez. A ligação entre os corredores de Leblon e Ipanema ao de Copacabana dará mais conforto e rapidez para quem utiliza do transporte público", comentou Alexandre Sansão, secretário municipal de Transportes, durante coletiva na tarde desta terça-feira (26).

O sistema será o mesmo adotado em Copacabana, com as devidas adaptações em função das características das novas vias beneficiadas. A Ataulfo de Paiva e a Visconde de Pirajá terão uma faixa preferencial para ônibus e duas para os demais veículos. Das 55 linhas que passam atualmente nas duas avenidas, 50 permanecerão circulando no BRS e serão separadas em três grupos: BRS1, BRS2 e BRS 3, com 16 pontos, seis no Leblon, dez em Ipanema, distantes cerca de 250 metros entre si no caso de pontos de BRS diferentes. 

As cinco linhas que deixam de circular no BRS são a 438, 439, 512, 522 e 574, todas no trecho entre as avenidas Visconde de Albuquerque e Bartolomeu Mitre.

Uma novidade é que os pontos dos tipos BRS1 e BRS3 serão conjuntos em função da oferta menor de linhas nos dois bairros e da possibilidade de integração entre os BRS1 e BRS3, aumentando as opções dos usuários. O embarque fora dos pontos não será permitido o que, junto com a via preferencial, vai contribuir para diminuir os tempos de viagem.


Da mesma forma no horário de funcionamento do corredor, de 6h às 21h, não vai ser permitido o ingresso de automóveis particulares no corredor prioritário, reservado para ônibus e táxis com passageiros embarcados. Outros veículos poderão entrar para acessar transversais à direita ou entrar em garagens, mas quem circular por dois quarteirões será multado pelas câmeras da Prefeitura.

Como os dois bairros oferecem recuos na calçada dos dois lados da via, o BRS de Leblon e Ipanema ganhou uma característica nova. As baias do lado direito serão reservadas para carga e descarga, pontos de táxi e estacionamento de motos. Os automóveis deverão usar somente as baias do lado esquerdo. Os taxistas podem circular sem passageiro para acessar estes pontos, mas neste caso vale a mesma regra de não ultrapassar dois quarteirões.

No monitoramento do novo corredor exclusivo para ônibus, os controladores da CET-Rio que ficam no Centro de Operações da Prefeitura vão contar com as imagens de três câmeras espalhadas pelas vias, que irão ajudar na fiscalização e na troca de informações com as equipes que trabalharão nas ruas. Uma delas fica na esquina da Ataulfo de Paiva com a Afrânio de Melo Franco, no Leblon.


As outras duas ficam na Visconde de Pirajá, em Ipanema, uma na altura da Praça Nossa Senhora da Paz e outra na esquina da Gomes Carneiro. Além disso, o Centro de Operações possui mais quatro câmeras em vias de acesso aos bairros, sendo duas na Lagoa, uma na praia de Ipanema e outra na praia do Leblon, que facilitarão ainda mais o trabalho das equipes.

Assim como ocorreu no primeiro BRS, equipes de divulgadores, desta vez usando camisas azuis, irão tirar dúvidas e distribuir panfletos explicativos em todos os pontos. Os motoristas, cobradores e fiscais também estão recebendo treinamento diferenciado que inclui relacionamento com o público e noções de inglês e espanhol, já com vistas aos eventos de 2014 e 2016, além de atender a própria demanda já existente na Zona Sul.

Espera-se uma redução no tempo na travessia das duas vias que, somando aos minutos ganhos na Av. N. Sra. de Copacabana, dará ao cidadão carioca ainda mais tempo para curtir a cidade e sua família e passar a perceber ainda mais claramente as vantagens do BRS - sistema que, em breve, avançará para mais bairros cariocas, melhorando os níveis de mobilidade da população.






0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960