Em Fortaleza, Motoristas não entram em acordo e decidem se entram em greve na segunda-feira

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Segue sem acordo a negociação entre empresários e servidores do setor rodoviário de Fortaleza. Os funcionários da categoria exigem um reajuste salarial de 27,85% para motoristas, cobradores e fiscais e 23% para as demais funções da categoria. O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) alega que uma proposta de reajuste acima de 10% está “fora do patamar realizável”. “Iria comprometer todo o serviço”, defende o Sindiônibus por meio de sua assessoria.
Membros do Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro) agendaram para a próxima segunda-feira (18) uma reunião da categoria para decidir se aceitam reajuste salarial de até 10%. Por conta da falta de acordo, servidores paralisaram parte das atividades na manhã desta sexta-feira (15).
De acordo com assessoria de comunicação do (Sindiônibus), trabalhadores chegaram atrasados ao serviço e foram dispensados. Ainda segundo a assessoria, a falta será descontada do salário dos funcionários, conforme previsto em lei.
O presidente do Sintro, Domingos Neto, diz que o atraso ocorreu por conta da assembleia da categoria para discutir reivindicações salariais. “A jornada de trabalho é muito pesada e não há tempo para fazer a assembleia sem atrasar”, justifica Neto.
Segundo a assessoria do Sindiônibus, foram remanejados motoristas de outras linhas para cobrir a frota que teve motoristas dispensados. Por conta do remanejamento, algumas linhas deixaram de circular nesta manhã.


Fonte: G1.com.br

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960