Em Criciúma, Ônibus Expressinho circulará pelo centro de 20 em 20 minutos com tarifa à R$ 1

sábado, 9 de julho de 2011

O Expressinho, nova opção de transporte coletivo de Criciúma, foi lançado oficialmente na manhã desta sexta-feira. Ele circulará de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, pelas ruas centrais da cidade. O custo da tarifa é de R$ 1, mas hoje as viagens serão gratuitas.
O ônibus executivo vai passar pelas ruas do Anel Viário Central, das faixas azuis, e também percorrerá as vias próximas ao Hospital São José, que são Hercílio Luz, Felipe Schmidt, Antônio De Luca, João Cechinel, Coronel Pedro Benedet, retornando ao Anel Viário Central.
Esse percurso leva de 20 a 23 minutos. O veículo vai circular durante todo o dia, levando usuários do Hospital São José ao Colégio Michel e vice-versa. Quem desejar percorrer um trajeto mais curto, também pode pegar o ônibus próximo ao Camelódromo e ir até o Banco HSBC. Todos os principais pontos centrais da cidade serão percorridos pelo novo meio de transporte.
De acordo com o presidente da ASTC (Autarquia de Segurança, Trânsito e Transporte de Criciúma), Mauro Sônego, o projeto trará outra experiência positiva para a cidade. “A tirar pelo rotativo, pelas novas sinalizações indicativas e pelo curso de mecânica para mulheres, esta com certeza será uma iniciativa que facilitará a vida dos criciumenses. O Expressinho dará mais mobilidade urbana à cidade”, comenta.
Mais economia, menos trânsito 
Mobilidade urbana e economia. Esses são dois objetivos traçados pelo Governo para o novo projeto, que pretende desafogar o trânsito no centro de Criciúma. “Estamos fazendo tudo para facilitar a vida do cidadão, dando melhor qualidade de vida a todos. Com o Expressinho, as pessoas poderão se deslocar de um local a outro com mais agilidade e facilidade”, destaca o prefeito Clésio Salvaro.
A meta é incutir a ideia à sociedade. “Tudo é uma questão cultural. As pessoas têm que começar a usar e perceber os benefícios, só assim vão conseguir avaliar melhor esta nova opção”, diz Salvaro. Os cartões de transporte podem ser usados para o pagamento da tarifa. Durante 12 meses, o Expressinho transitará em caráter experimental por Criciúma.



0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960