Estação Butantã tem linha direta para USP

terça-feira, 29 de março de 2011

Inaugurada a estação Butantã da linha 4-amarela do Metrô paulistano trará algumas mudanças ao sistema de ônibus da região.

Assim que a estação entrou em operação, a SPTrans, responsável pelo transporte municipal, colocou em circulação duas linhas de ônibus ligando o terminal urbano anexo à nova estação.

A primeira, chamada Butantã-USP, fará a ligação entre o metrô e a Cidade Universitária. A segunda, batizada de Butantã-Luz, circulará pelo corredor da avenida Rebouças com destino à estação da Luz.

A operação da nova linha será provisória. Segundo a SPTrans, essa linha só funcionará até que a estação Luz da linha 4 seja inaugurada -a previsão é para o segundo semestre.

TUDO PAGO

Em outubro do ano passado, cogitou-se a criação de uma linha circular, gratuita para alunos e funcionários, que ligaria o campus ao metrô Butantã, ao largo da Batata e à estação Hebraica-Rebouças da CPTM.

Segundo a assessoria de imprensa da USP, no entanto, o projeto de gratuidade não foi possível devido ao custo operacional da linha. O trajeto da nova linha Butantã-USP terá uma extensão de 16 km e percorrerá os principais pontos campus.

Segundo estimativa da SPTrans, a linha será atendida por sete veículos, com intervalo inicial entre ônibus próximo a seis minutos. Os circulares gratuitos e gerenciados pela USP continuarão seu trajeto normal, assim como as atuais linhas regulares da SPTrans que trafegam pelo campus.

A despeito da incerteza das datas de inauguração das novas estações da linha 4, que já foram adiadas diversas vezes por causa de atrasos nas obras, o Metrô afirma que o cronograma de operações para primeiro semestre será mantido.



0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960