São Paulo: SPTrans entra na Justiça contra greve de ônibus

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

A São Paulo Transporte S/A (SPTrans), empresa da Prefeitura que gerencia o transporte coletivo na capital paulista, entrou ontem com uma medida cautelar no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) informando que os trabalhos da Viação Himalaia "foram interrompidos sem justificativa".
Os funcionários da empresa paralisaram as atividades na segunda-feira, sem previsão de retorno. A Viação Himalaia opera 37 linhas que ligam as regiões de São Mateus e Cidade Tiradentes, na zona leste da capital paulista, ao Terminal Parque Dom Pedro, na região central da cidade, e também a diversas estações do metrô.
Segundo nota da SPTrans, o órgão aguarda que "o TRT convoque as partes para uma reunião de conciliação. A SPTrans esclarece ainda que está autuando a Viação Himalaia pela interrupção de seus serviços".
O Plano de Atendimento Entre Empresas em Situação de Emergência (Paese) foi acionado novamente hoje, desde as 3h30, para atender as oito principais linhas da Viação Himalaia.


0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960