Operação do Detro retira 26 ônibus de circulação no Rio, em Niterói e na Baixada

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Vinte e seis ônibus que não apresentavam as condições exigidas para o transporte de passageiros ou circulavam em itinerário não autorizado foram retirados de circulação por fiscais do Departamento de Transportes Rodoviários (Detro). A operação “Legal tem que ser Legal” foi realizada na manhã desta quarta-feira em terminais rodoviários de Niterói, do Rio e da Baixada Fluminense.
No terminal Charitas, em Niterói, dois veículos da Autolotação Ingá e outros três da Viação 1001 foram mandados para as garagens por mau estado de conservação. Outros nove ônibus da Viação 1001 foram tirados de circulação por itinerário não autorizado na linha Itaipu-Charitas. Esses carros deveriam estar trafegando na linha Castelo-Charitas.
No Terminal da Pavuna foram recolhidos dois ônibus da Vila Rica, um da Ponte Preta e três da São José. No terminal de Campo Grande foram mandados para as garagens três veículos da Expresso Mangaratiba e um da Ponte Preta.
Na Baixada Fluminense, os fiscais do Detro estiveram no Terminal de São João do Meriti, onde foram tirados de circulação dois ônibus da Santa Terezinha.


0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960