BH: Paralisação dos rodoviários afeta apenas a Estação Diamante

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

O Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) está monitorando o movimento dos ônibus na Estação Diamante, no barreiro, único ponto até o momento onde os rodoviários paralisaram suas atividades. Quatorze linhas de ônibus que circulam pela região estão paradas. A previsão, segundo motoristas e trocadores no local, é de que esta situação permanece por todo o dia de hoje.

Segundo o Sindicato dos Rodoviários, cerca de 2 mil pessoas foram afetadas diretamente pela greve na estação. Isso sem contar aquelas que passaram o início da manhã desta segunda-feira (14) aguardando os ônibus nos bairros. Ainda nesta manhã, às 9 horas, será realizada uma reunião na Superintendência Regional do Trabalho,a na Rua Tamoios, no Centro para decidir junto a diretoria das empresas a continuidade ou o término das paralisações.

Militares do 41º Batalhão da PM estão reforçando a vigilância no local, mas ainda não houve registro de agressões ou confusões significativas relacionadas a greve.

Em Venda Nova, a situação é tranquila e não houve registro de atrasos nas linhas que circulam pela região nem tumulto, segundo a Polícia Militar.

Os trabalhadores reivindicam 24% de aumento salarial, jornada de trabalho de seis horas diárias e o fim dos ônibus sem cobradores. O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (Setra-BH) ofereceu, na última reunião, aumento de 8% no salário e benefícios, além de pagamento de R$ 300 como participação nos lucros para funcionários que ganham mais de R$ 1 mil, e de R$ 150 para quem ganha menos


0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960