Blumenau: Inauguração do corredor exclusivo para ônibus na Rua 7 será dia 16. As demais ficam prontas até o fim de 2011

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Com 190 mil veículos para 309 mil habitantes e gargalos nas principais ruas, Blumenau começa 2011 com o propósito de melhorar o sistema viário. Dia 16 de janeiro, entra em funcionamento o primeiro corredor de ônibus, na Rua 7 de Setembro. No total, haverá vias exclusivas para o transporte coletivo em seis ruas (veja mapa). Conforme a prefeitura, o objetivo é tornar o transporte público atrativo à população, reduzindo a quantidade de veículos nas ruas. No entanto, o sistema por si só não resolverá as deficiências do trânsito.

– O que precisamos ter é uma mudança na cultura da população. O transporte coletivo foi deixado de lado para a compra do carro e da moto. Mas, se não mudarmos isso, a situação pode ficar ainda mais complicada – alerta o secretário de Planejamento Urbano, Walfredo Balistieri.

Segundo o secretário, com os corredores sincronizados, os coletivos serão pontuais e ajudarão na melhoria do trânsito.

– Neste momento, estamos aguardando o Estado definir uma posição sobre a transferência da Escola Max Tavares D’Amaral para termos um cronograma da Rua 2 de Setembro – salienta Balistieri.

Os outros pontos onde haverá o corredor serão entregues até setembro. Depois da Rua 7, a Martin Luther, que está em obra, será a próxima a inaugurar o sistema. Com o início dos trabalhos, em maio, surgiram reclamações devido à qualidade do transporte, pelos transtornos provocados pela obra e a consequente redução das vagas de estacionamento.

À época, o prefeito João Paulo Kleinübing ressaltava:

– Apesar da resistência, garantir a implantação dos corredores de ônibus é o único caminho, porque o trânsito não se resolve apenas abrindo ruas.

Segundo o chefe do Executivo, a via exclusiva trará economia no custo do sistema, o que possibilitará redução da tarifa. Com os corredores, passageiros também contarão com frota mais moderna.

Fonte: Jornal de Santa Catarina
READ MORE - Blumenau: Inauguração do corredor exclusivo para ônibus na Rua 7 será dia 16. As demais ficam prontas até o fim de 2011

Secretário explica reajuste na tarifa de ônibus em Salvador

A partir de domingo, os passageiros de ônibus vão pagar R$ 0,20 a mais de tarifa. O secretário municipal dos Transportes e Infraestrutura (Setin), Euvaldo Jorge, reconheceu ontem os impactos  do aumento na passagem de R$ 2,30 para R$ 2,50, mas diz não haver outra saída.
“Claro que é antipático o aumento, mas se o valor da passagem não for reajustado de forma gradual como agora, em outro momento a população pode não suportar”. Segundo ele, os fatores que justificam o reajuste estão relacionados ao aumento de salários dos rodoviários, combustível, manutenção, pneus e ônibus novos. Além disso,  diz, as empresas de transportes de Salvador não recebem subsídios.
“Em São Paulo, por exemplo, há subsídios de R$ 600 milhões. Aqui não existe. Os custos são arcados pelos empresários e, por isso, a tarifa é assim”. O reajuste de 8,6% corresponde ao dobro do aplicado no início deste ano, que foi de 4,1%.
Apesar de o aumento ter sido fechado acima da inflação acumulada, prevista para ficar em 5,78% pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o secretário argumentou que o reajuste está abaixo de outros índices. “Fechou abaixo do IGPM (Índice Geral de Preço do Mercado, 11,34%) e da Cesta Básica (8,79%)”, comparou.
Os estudantes já estão se articulando contra o aumento. Ontem foi criada uma comunidade no orkut intitulada Movimento Exu Tranca Ruas - SSA para divulgar uma manifestação programada para  3 de janeiro contra o aumento da passagem. Os estudantes prometem fazer passeata da Rótula do Abacaxi até a Estação de Transbordo do Iguatemi.

READ MORE - Secretário explica reajuste na tarifa de ônibus em Salvador

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960