Campinas vai ter novo ônibus para transporte coletivo ''Mega BRT''

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

O prefeito de Campinas, Hélio de Oliveira Santos, e o secretário municipal de Transportes e presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (EMDEC), Gerson Luis Bittencourt, conheceram na manhã desta segunda-feira, dia 20, o Mega BRT, inovador modelo de ônibus articulado que será adotado no sistema de transporte coletivo de Campinas a partir de 2011.

O Mega BRT foi desenvolvido pela empresa Neobus, de Caxias do Sul, e destaca-se pelo padrão de conforto oferecido ao usuário, com conceito dos veículos semelhante ao do trem bala.

É um veículo com cara de metrô, que será adotado inicialmente no corredor expresso da região Noroeste (o Corredor Campo Grande, na Avenida John Boyd Dunlop)”, disse o prefeito Dr. Hélio.

De acordo com o prefeito, a cidade aguarda a liberação de verbas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) II da Mobilidade Urbana para dar início à implantação do corredor da John Boyd Dunlop.

Aguardamos a liberação de verbas do PAC II. É certo que o PAC II privilegiará as cidades-sede da Copa do Mundo de 2014, mas Campinas também deverá ser contemplada porque possui o Aeroporto Internacional de Viracopos, que receberá boa parte das delegações e do público que assistirá à Copa e aos Jogos de 2016”, disse o prefeito.

A expectativa do secretário Bittencourt é que a cidade receberá de 50 a 60 veículos com as características do Mega BRT nos próximos dois anos. O contrato de concessão do Sistema InterCamp prevê a aquisição de novos veículos articulados no processo natural de renovação da frota e a cidade determinará às concessionárias a aquisição deste tipo de veículo.

Trata-se de um veículo com características modernas e inovadoras, que mantém o padrão universal de acessibilidade da frota, além de agregar novas características importantes, como dispositivos de informação sonoro e visual e a integração com o sistema de bicicletas”, disse Bittencourt.

O Mega BRT

Recém-lançado, o uso do Mega BRT ainda é inédito no país, mas a Prefeitura de Curitiba já assinou um contrato para utilização do modelo, que deverá entrar em circulação na capital paranaense a partir de fevereiro de 2011.

O veículo possui estrutura semelhante à de um ônibus articulado, mas destaca-se pelas medidas mais generosas, que ampliam o conforto oferecido ao usuário. O corredor do veículo, por exemplo, possui largura de 2,60m, contra 2,50m de um veículo convencional. Já sua altura é de 2,20m, enquanto a altura média de um ônibus convencional é de 1,90m.

O veículo conta ainda com sistema de ar condicionado; monitores em LCD; painéis de mensagem variável e sistema sonoro para informar ao usuário sobre as paradas ao longo do itinerário; cinto de segurança nos assentos preferenciais; área reservada para o transporte de bicicletas; maior área envidraçada e rede wi-fi.

É um projeto diferenciado, que adota o conceito de trem bala para o veículo. Oferece um conforto diferenciado porque nosso objetivo é criar uma opção atraente para que as pessoas deixem seu automóvel em casa e possam fazer a opção pelo transporte público”, destacou o diretor de engenharia da Neobus, Adelir José Boschetti.

O Mega BRT tem capacidade para transportar 150 pessoas, entre passageiros sentados e em pé. O custo de cada veículo é estimado em torno de R$ 600 mil.

READ MORE - Campinas vai ter novo ônibus para transporte coletivo ''Mega BRT''

Goiânia: Presidente da CDTC nega irregularidades na renovação da concessão do Eixo

Um inquérito instaurado pelo Ministério Público (MP) vai investigar a prorrogação por mais 20 anos da exploração da linha do Eixo-Anhanguera pelo Metrobus. Segundo o promotor de Justiça Murilo de Moraes Miranda, do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Consumidor do MP, é necessário verificar os motivos da prorrogação e suas condicionantes legais e ainda apurar se o contrato anterior permitia essa prorrogação.

A decisão da renovação foi tomada pela Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo (CDTC) durante reunião na última semana. Dos seis membros presentes, quatro votaram a favor da prorrogação. O presidente da CDTC, Secretário de Cidades Paulo Gonçalves, assegura que tudo foi feito dentro do que prevê a Legislação.
“Pode ser feita a dispensa de licitação sem problema porque o órgão é o governo do Estado. Não fizemos nada fora da lei. É o que vemos e estamos pregando desde o início. Vamos fazer tudo obedecendo o que é determinado”, disse, em entrevista à repórter Nathália Lima, da RÁDIO 730.
Ainda segundo o presidente, a Companhia Municipal de Transporte Coletivo tem um prazo de 90 dias para elaborar um novo contrato. “Compete agora esse novo passo e depois submeter de novo à Câmara Deliberativa. Estamos baseando em leis para que isso seja decidido”, acrescentou.
Para ele, não há possibilidade da renovação ser cancelada, pois isso acarretaria vários prejuízos, sobretudo para a população. “O importante é saber que hoje a Metrobus está trabalhando com a perspectiva futura de poder fazer um projeto mais organizado e planejado para novos investimentos. Isso dá tranquilidade para o novo governo poder executar ações”, completou.

Fonte: Rádio 730
READ MORE - Goiânia: Presidente da CDTC nega irregularidades na renovação da concessão do Eixo

SPTrans altera itinerários de 21 linhas na região do Parque do Ibirapuera

Em razão do evento Árvore de Natal e Fonte Ornamental Multimídia 2010, no período de 11 de dezembro até o dia 6 de janeiro, na região do Parque do Ibirapuera, na Av. Pedro Álvares Cabral, próximo da Praça Escoteiro Aldo Chioratto (sentido Vila Mariana/Pinheiros e Pinheiros/Vila Mariana) entre as Ruas Mal. Maurício Cardoso e Abílio Soares, na zona sul, a SPTrans informa a alteração nos itinerários de 21 linhas de ônibus que circulam na região.

Para informações sobre linhas e trajetos de linhas consulte itinerários ou ligue 156.

Linhas e itinerários:

175T/10 Metrô Santana – Metrô Jabaquara
Ida – normal até a Av. 23 de Maio, acesso para Av. Pedro Álvares Cabral, Av. Pedro Álvares Cabral, Rua Mal. Maurício Cardoso, Rua Abílio Soares, Av. Pedro Álvares Cabral, prosseguindo normal.
Volta – sem alteração.

Estes serviços não deverão parar na Rua Mal. Maurício Cardoso para embarque/desembarque de passageiros.

5362/41 Pq. Res. Cocaia – Pq. do Ibirapuera (circular)
5370/21 Term. Varginha – Pq. do Ibirapuera( circular)

Sentido Único – normal até a Av. Pedro Álvares Cabral, Rua Mal. Mauricio Cardoso, Rua Abílio Soares, Av. Pedro Álvares Cabral, prosseguindo normal.

509M/10 Jd. Miriam – Term. Princesa Isabel
Ida – sem alteração.
Volta – normal até a Av. 23 de Maio, Acesso para Av. Pedro Álvares Cabral, Av. Pedro Álvares Cabral, Rua Mal. Maurício Cardoso, Rua Abílio Soares, Av. Pedro Álvares Cabral, Av. Ibirapuera, prosseguindo normal.

5317/10 SESC/Orion – Pça. do Correio
5362/10 Pq. Res. Cocaia – Pça. da Sé
5370/10 Term. Varginha – Lgo. São Francisco
Ida
– sem alteração.
Volta – normal até a Av. 23 de Maio, acesso para Av. Pedro Álvares Cabral, Av. Pedro Álvares Cabral, Rua Mal. Maurício Cardoso, Rua Abílio Soares, Av. Pedro Álvares Cabral, Av. Ibirapuera, prosseguindo normal.

5611/10 Eldorado – Pça. João Mendes
5612/10 Jd. Apurá – Pça. João Mendes
5614/10 Eldorado – Pça. João Mendes
5630/10 Term. Grajaú – Metrô Brás
5630/21 Cidade Dutra – Lgo. São Francisco
Ida
– sem alteração.
Volta – normal até a Av. 23 de Maio, acesso para Av. Pedro Álvares Cabral, Av. Pedro Álvares Cabral, Rua Mal. Maurício Cardoso, Rua Abílio Soares, Av. Pedro Álvares Cabral, Av. Profº. Ascendino Reis, prosseguindo normal.

5632/10 Jd. Luso – Term. Bandeira
Ida
– sem alteração.
Volta – normal até a Av. 23 de Maio, acesso para Av. Pedro Álvares Cabral, Av. Pedro Álvares Cabral, Rua Mal. Maurício Cardoso, Rua Abílio Soares, Av. Pedro Álvares Cabral, Av. Ibirapuera, prosseguindo normal.

Estes serviços não deverão parar na Rua Mal. Maurício Cardoso para embarque/desembarque de passageiros.

6455/21 Term. Capelinha – Ibirapuera (circular)
Sentido Único
– normal até a Av. Pedro Álvares Cabral, Rua Mal. Mauricio Cardoso, Rua Abílio Soares, Av. Pedro Álvares Cabral, prosseguindo normal.

5300/10 Term. Santo Amaro – Pq. D. Pedro II
5318/10 Chácara Santana – Pça. da Sé
5342/10 Vila Santa Lúcia – Lgo. São Francisco
5391/10 Term. Jd. Ângela – Lgo. São Francisco
609C/10 Jd. Caiçara – Pça. Júlio Prestes
6455/10 Term. Capelinha – Lgo. São Francisco
Ida
– sem alteração.
Volta – normal até a Av. 23 de Maio, acesso para Av. Pedro Álvares Cabral, Av. Pedro Álvares Cabral, Rua Mal. Maurício Cardoso, Rua Abílio Soares, Av. Pedro Álvares Cabral, prosseguindo normal.

Fonte: SPTrans
READ MORE - SPTrans altera itinerários de 21 linhas na região do Parque do Ibirapuera

BRT vai solucionar problema da Mobilidade urbana em Salvador, diz especialistas

BRT em Bogotá
O  arquiteto e urbanista Francisco Ulisses, chefe do Setor de Planos e Projetos da Secretaria Municipal dos Transportes e Infraestrutura de Salvador, fala que o projeto do Bus Rapid Transit (BRT) vai solucionar o problema dos engarrafamentos na cidade, cuja previsão de conclusão é  em 2013. Está incluído em um dos projetos da Copa do Mundo 2014, na qual Salvador será uma das cidades sede.
O urbanista explicou que estão trabalhando na elaboração do projeto RIT , que vem a ser  um sistema de transporte público de massa, formado por veículos sobre rodas, de alta mobilidade, baixo custo, e com possibilidade de integração com outros sistemas e facilidade de adaptação. Tem capacidade de transportar entre 150 e 200 pessoas por viagem. Na fase inicial serão construídos 36 km de vias exclusivas na Avenida Paralela. A segunda etapa atingirá a Avenida ACM, Lucaia, Vasco da Gama, até a Estação da Lapa, no centro da cidade. Neste primeiro momento o sistema utilizará uma frota de 350 veículos.
Já o Bus Rapid Transit (BRT) é um modelo de transporte coletivo de média capacidade. Constitui-se de veículos articulados ou biarticulados que trafegam em canaletas específicas ou em vias elevadas. Várias cidades do mundo, como Curitiba e Bogotá, adotaram o BRT como um meio de transporte público mais barato de construir do que um sistema de metropolitano (metrô). “Na realidade temos este projeto com vários feixes, a rede integrada que é a restauração do sistema de transporte de Salvador, ou seja uma rede integrada de  trem, de metrô e BRT, três grandes sistemas, e ainda com a restauração dos sistemas existentes. A parte do sistema viário pró-via,  a criação de novas vias e duplicação”, afirmou o arquiteto.
Ele disse ainda que “a via exclusiva para ônibus vai solucionar os pontos de estrangulamento do tráfego no Iguatemi, na Vasco, próximo da antiga Coca-Cola, e no Parque da Cidade, ao mesmo tempo um sistema de alta capacidade vai solucionar os problemas de tráfego crítico na Paralela, pois todos os cruzamentos terão desníveis, através de viadutos ou de túnel”, garantiu. Sobre as medidas que seriam adotadas, na Avenida Paralela, a diretora respondeu que "o que existe é um projeto de implantação da 5ª faixa.”
READ MORE - BRT vai solucionar problema da Mobilidade urbana em Salvador, diz especialistas

Curitiba: Terminal do Cabral reformado e ampliado

As obras receberam investimento de R$ 4,3 milhões e foram executadas pela Secretaria do Desenvolvimento Urbano (Sedu) e pela Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec). A iniciativa fez parte de um acordo firmado entre a Comec e a Urbanização de Curitiba (Urbs), que opera o transporte coletivo integrado na Grande Curitiba.
Os trabalhos constam no Programa de Integração do Transporte (PIT) da Região Metropolitana e contemplaram desde a reforma na cobertura até a implantação de uma nova plataforma.
Até então, o terminal contava com uma área de 1.573 m² e com a ampliação recebeu mais 1.247 m², totalizando 2.950 m². Foram ampliadas as quatro estações tubo existentes e a foi construída de mais uma para atender ao novo padrão dos ônibus articulados.
As obras ainda incluíram a ampliação da passagem subterrânea para que os usuários acessem às plataformas de embarque e desembarque, reforma e construção de sanitários, rampas de acessibilidade, reformas dos pontos comerciais, uniformização das plataformas metálicas elevadas, colocação de placas de concreto para os pontos de paradas dos ligeirinhos, além instalações elétricas, paisagismo, iluminação, sinalização semafórica e nova comunicação visual (sinalização horizontal e vertical).

READ MORE - Curitiba: Terminal do Cabral reformado e ampliado

São Paulo: Metrô e CPTM vão operar na madrugada de 1º de janeiro

As principais linhas do sistema metro-ferroviário irão funcionar ininterruptamente durante os dias 31 de dezembro e 1° de janeiro em São Paulo. Confira os horários.

Metrô
As linhas 1-Azul (Jabaquara - Tucuruvi), 2-Verde (Vila Prudente - Vila Madalena) e 3-Vermelha (Corinthians/Itaquera - Palmeiras/Barra Funda), vão operar ininterruptamente na madrugada do Réveillon. Suas estações estarão abertas para embarque e desembarque até às 2h da manhã do dia 1° de janeiro.
Na Linha 2- Verde, após esse horário, as estações Paraíso, Brigadeiro e Consolação ficarão abertas para embarque e desembarque, enquanto as demais funcionarão somente para desembarque. A Estação Trianon-Masp fechará às 19h do dia 31 de dezembro e reabrirá às 4h40 do dia 1º de janeiro.
A frota de trens será reforçada e haverá aumento do efetivo de agentes de segurança e de empregados nas estações. A orientação da empresa é que os usuários adquiram antecipadamente seu bilhete tanto na ida quanto na volta.
A Linha 1- Azul contará com uma frota de 9 trens e intervalo de 8 minutos; Linha 2- Verde, 8 trens e 6 minutos; e a Linha 3- Vermelha, 9 trens e 8 minutos. A quantidade de trens poderá ser ampliada e o intervalo entre trens reduzido de acordo com a demanda. A Linha 5- Lilás funcionará em seu horário habitual, das 4h40 até a meia-noite.

CPTM
As linhas 7-Rubi (Luz-Francisco Morato), 8-Diamante (Julio Prestes-Itapevi), 10-Turquesa (Luz-Rio Grande da Serra), 11-Coral (Luz-Estudantes) e 12-Safira (Brás-Calmon Viana) vão operar ininterruptamente na madrugada do dia 1º de janeiro, com intervalos de 15 minutos entre as composições.
Todas as estações dessas linhas estarão abertas para embarque e desembarque até 1h do dia 1º de janeiro. Após esse horário, o embarque só poderá ser feito nas seguintes estações que fazem integração gratuita com o Metrô: Brás, Luz e Barra Funda. As demais continuarão funcionando somente para desembarque. Em caso de aumento da demanda, a frota de trens será reforçada.

Fonte: Terra
READ MORE - São Paulo: Metrô e CPTM vão operar na madrugada de 1º de janeiro

Assento preferencial não é respeitado no Metrô de SP

Usuários do Metrô de São Paulo reclamam da falta de respeito dos passageiros que não cedem lugar a deficientes, idosos e mulheres grávidas. Uma lei federal garante o direito dessas pessoas ao uso do assento preferencial, mas nem sempre isso acontece.
A aposentada Bruna Valente, de 84 anos, afirmou que já passou por situação semelhante. “Pedi para duas moças se elas podiam ceder o lugar para mim, e elas fingiram que não estavam ouvindo”, contou. A idosa insistiu e pediu novamente: “Faz o favor e dá o lugar para mim?” Outros usuários repreenderam as jovens e Bruna finalmente conseguiu sentar-se.
Em algumas ocasiões, a falta de respeito termina em briga. O telespectador Jonatan Santiago registrou imagens pelo celular de uma discussão ocorrida em um trem lotado na Linha 3-Vermelha. Uma jovem que estava em um assento preferencial não quis se levantar para dar lugar a uma idosa. Uma passageira se irritou e começou a discutir.
O bate-boca se transformou em agressão e a mulher tirou a jovem à força do lugar. Após trocarem tapas, as duas foram separadas e uma idosa pôde sentar-se.

Grávida e deficiente
Não são apenas as idosas que passam por situações desagradáveis no transporte público. Amanda está grávida e, apesar da barriga inconfundível, nem sempre consegue lugar no Metrô. “É muito complicado. O pessoal empurra. Essa semana levei um empurrão que as pessoas tomaram minhas dores.”
João Batista, que é deficiente físico, prefere ficar em pé, de muletas, na porta do vagão. “É para não ter amolação para ninguém. Se eu for pedir, às vezes as pessoas querem brigar com a gente.”
De acordo com o Metrô, apesar dos relatos, o clima nos vagões é de respeito mútuo. “É rara [a falta de respeito]. O comportamento mais comum é que ajudem um ao outro”, afirmou o chefe de segurança do Metrô, Rubens Menezes.
Ele disse que, em casos como os citados acima, os usuários devem avisar os seguranças que ficam nas plataformas. São eles que têm a autoridade para retirar o usuário que desrespeita a lei. Em caso de insistência, o infrator pode ser retirado do sistema.

Fonte: G1.com.br
READ MORE - Assento preferencial não é respeitado no Metrô de SP

Metrô do Rio terá esquema especial para show de Roberto Carlos no Natal

O Metrô Rio divulgou nesta segunda-feira (20) esquema especial de funcionamento para o show de Roberto Carlos na noite de sábado (25) na Praia de Copacabana, na Zona Sul. A espectativa dos organizadores é que o evento atraia cerca de 500 mil pessoas.
A partir das 17h de sábado, a Linha 2 do Metrô vai operar diretamente da estação Pavuna a Ipanema/General Osório, sem necessidade de transferência no Estácio. As estações Cardeal Arcoverde e Siqueira Campos, ambas em Copacabana, as mais próximas ao local do show, vão funcionar até a 1h de domingo (26) e terão reforço de segurança, sendo que primeira vai funcionar apenas para desembarque entre as 17h e 23h.
Após o espetáculo, os trens da Linha 2 farão viagem de Copacabana à Pavuna sem necessidade de transferência. Na estação Cardeal Arcoverde, o embarque será liberado a partir das 23h, mas não haverá bilheteria. Os passageiros que não tiverem cartões antecipados deverão utilizar a estação Siqueira Campos. As linhas Metrô Na Superfície que saem das estações Ipanema/General Osório e Botafogo em direção à Gávea seguirão o mesmo esquema do metrô.

Fonte: G1.com
READ MORE - Metrô do Rio terá esquema especial para show de Roberto Carlos no Natal

Novas empresas assumem transporte coletivo em Foz

Por enquanto, mudanças são apenas burocráticas. Novo consórcio de empresas que venceu a licitação do transporte feita esse ano começa a assumir a administração das linhas. Em 14 de janeiro, empresas começam a operar. E o prefeito de Foz, Paulo Mac Donald, não compareceu à Câmara de Vereadores para explicar prorrogação de contrato das empresas de ônibus, sem licitação, em 2008. Já é a segunda convocação que ele falta.

Fonte: RPCTV
READ MORE - Novas empresas assumem transporte coletivo em Foz

Viação Piracicabana vence licitação em Praia Grande

A Viação Piracicabana venceu a licitação para a concessão de serviços de transporte coletivo urbano em Praia Grande. O novo contrato, homologado na última semana, será assinado nesta quinta-feira, no Gabinete do prefeito Roberto Francisco dos Santos.

A empresa, conforme informações da assessoria de imprensa da Prefeitura, atendeu todas as exigências feitas pela Administração. O valor do contrato será de de R$ 20 milhões.

As exigências da Prefeitura para a empresa vencedora são a reforma nos Terminais Rodoviários Tatico (Bairro Mirim) e Tude Bastos (Bairro Sítio do Campo); a construção de estações de transbordo (para transferências e embarque de passageiros) nos Bairros Samambaia e Vila Sônia; a construção de, no mínimo, 300 abrigos em pontos de ônibus; garagem para os veículos; sistema de monitoramento com GPS; 10 painéis eletrônicos nas paradas com informações sobre o transporte municipal e 69 ônibus na frota com, no mínimo, 10% dos veículos adaptados ao acesso de portadores de necessidades especiais.

O valor do contrato será de R$ 20.800.000,00 e todos os bens reversíveis (novas estações de transbordos, abrigos e painéis eletrônicos), após o término do contrato, passarão a pertencer ao patrimônio público. O contrato será válido por cinco anos, podendo ser renovado por igual período.

Fonte: A Tribuna
READ MORE - Viação Piracicabana vence licitação em Praia Grande

Transporte coletivo de Sorocaba terá doze ônibus novos com acessibilidade

Sorocaba recebeu 12 novos ônibus adaptados com elevadores para o acesso de deficientes físicos, na manhã desta segunda-feira (20). Os novos coletivos passam a operar em linhas do Sistema a partir desta terça-feira dia 21.
A solenidade aconteceu às 9h, no estacionamento da Prefeitura de Sorocaba, com a entrega das chaves feita pelo prefeito Vitor Lippi à população. A nova frota de ônibus é composta por 2 ônibus de 15 metros que apresentam maior capacidade de carregamento, 5 ônibus de tecnologia Padron (maiores que os convencionais) de com motor eletrônico e suspensão reforçada, 5 ônibus de tecnologia convencional.
Com a entrega dos novos veículos, a população de Sorocaba passa a contar com 215 ônibus adaptados para portadores de deficiência. No total, a Prefeitura já renovou 60% da frota, melhorando a acessibilidade no transporte coletivo.

READ MORE - Transporte coletivo de Sorocaba terá doze ônibus novos com acessibilidade

Em Pelotas, Fim da Greve de ônibus e anúncio de aumento da tarifa para R$ 2,35

Com o fim da greve dos ônibus em Pelotas, no sábado (18), 100% da frota voltou a circular e a passagem voltou aos antigos R$ 2,20. O decreto do prefeito Fetter Júnior (PP), conforme o diretor da Turf, Sérgio Medina, é válido até o dia 31 de dezembro. No dia seguinte, passa a vigorar a tarifa de R$ 2,35.
Fetter garante que a prefeitura não será mediadora do impasse salarial entre trabalhadores e empregadores do transporte coletivo, porque, conforme a lei, esta atribuição cabe apenas à Justiça do Trabalho. "Esperamos que as partes se entendam, pois ambas saem perdendo enquanto persistir o desacordo", salientou Fetter.

O movimento dos rodoviários durou quatro dias. A definição pela greve se deu depois da rejeição das propostas de 5,39% de aumento salarial mais a mesma quantia no vale-alimentação ou 8% de reajuste apenas no benefício, que passaria dos atuais R$ 108,98 para R$ 237,12. Na manhã da última quarta-feira, nenhum ônibus  deixou as garagens das empresas.

Os rodoviários reivindicavam 9% de aumento salarial, vale-alimentação também no 13º e plano de saúde. Mesmo em audiência de conciliação - promovida na última quinta-feira pelo Tribunal Regional do Trabalho, em Porto Alegre - não houve acordo entre as partes.

READ MORE - Em Pelotas, Fim da Greve de ônibus e anúncio de aumento da tarifa para R$ 2,35

Terminais de ônibus no Rio ganharão biblioteca gratuita

A experiência bem sucedida da biblioteca que há quatro anos empresta livros aos usuários do metrô do Rio de Janeiro deverá ser estendida em 2011 ao sistema de ônibus da cidade, responsável pela maior parte dos deslocamentos de passageiros na capital fluminense. A informação é do Instituto Brasil Leitor (IBL), que comemora este mês o quarto aniversário da Biblioteca Livros & Trilhos, instalada na Estação Central do metrô carioca, com resultados expressivos: quase 8 mil sócios e quase 80 mil livros emprestados.

“Nós temos no Rio de Janeiro um dos melhores índices de leitura por sócio, uma média de 1,5 livro por mês, ou seja, 14 a 15 livros por ano”, informou William Nacked, diretor-geral do IBL, organização responsável pela criação e gestão de bibliotecas em estações de metrô e de trem e terminais de ônibus em todo o país.

Além do Rio, o instituto mantém unidades em São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife e Piracicaba, no interior paulista. Segundo Nacked, a meta do IBL é implantar cinco bibliotecas no Rio de Janeiro até 2014.

Na biblioteca que funciona no metrô do Rio, chama a atenção o respeito do usuário ao livro que pega emprestado. “Em todas as nossas bibliotecas, é baixo o índice de não devolução, mas, no Rio, a taxa de não retorno é quase zero”, diz Nacked. A inscrição na Livros & Trilhos é gratuita, bastando ao interessado apresentar comprovante de residência, carteira de identidade, CPF e uma foto 3x4.

O diretor do IBL ressalta o fato de que dois terços dos leitores são mulheres, não apenas no Rio, mas em todas as unidades mantidas pelo instituto. “O perfil da usuária é o da mulher que trabalha, leitora de todos os gêneros de livros, e não só de autoajuda e poesia”.

Para William Nacked, um dos mais importantes êxitos da iniciativa é a incorporação de novos leitores, principalmente de menor poder aquisitivo, que não compram livros nem frequentam bibliotecas convencionais. “No início, quem vem é o já leitor, aquela pessoa ávida de leitura, mas que não está podendo comprar livros”, diz, lembrando que as bibliotecas do IBL contam com um acervo de alto padrão, formado por livros que podem ser encontrados nas vitrines das livrarias comerciais.

“Aos poucos, porém, começam a chegar pessoas de origem mais humilde, que percebem que podem tirar dúvidas sobre o que ler, escolher o livro pela vitrine, pelo catálogo ou com a ajuda do bibliotecário”.

Segundo Nacked, pesquisas feitas pelo IBL mostram que, após seis meses como sócio da biblioteca, esses novos leitores dobram seu índice de leitura. Considerada um dos maiores projetos do mundo de leitura gratuita, a iniciativa do IBL, que conta com patrocínios e parcerias de empresas privadas e de todos os níveis de governo, já contabiliza 1 milhão de livros emprestados em todo o país.
Fonte: DCI
READ MORE - Terminais de ônibus no Rio ganharão biblioteca gratuita

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960