Saiba como Tóquio conseguiu acabar com os engarrafamentos

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Tóquio, muitas vezes, lembra São Paulo. São prédios e mais prédios que escondem o horizonte. Ruas lotadas de gente apressada. Até o número de habitantes é semelhante. São quase 13 milhões na capital japonesa contra 11 milhões na capital paulista. Uma das diferenças mais visíveis está no meio da rua. Em Tóquio não tem engarrafamento.
O número de carros é grande. São 4,5 milhões. Mas é menos do que em São Paulo, que tem 6,5 milhões de automóveis. "Eu tenho carro mas deixo em casa. O estacionamento é muito caro em Tóquio", justifica uma mulher. "Eu nem tenho carro. O metrô funciona muito bem", destaca um homem. Os trens fazem parte da paisagem de Tóquio.
São 15 linhas de metrô, na região central, e mais 102 de trem para os subúrbios e outras cidades do Japão. Os trens são limpos, eficientes e, a não ser no caso de terremotos estão sempre precisamente no horário. Até executivos de grandes empresas abrem mão do carro. Osvaldo Kawakami é presidente da refinaria que a Petrobras tem no Japão. Antes de sair para qualquer reunião, ele consulta a internet para saber o horário do trem, a que horas vai sair e a que horas vai chegar no destino. Um dos maiores pecados que um executivo como ele pode cometer no Japão é chegar atrasado. Pode colocar a perder um bom negócio. Osvaldo também vai e volta para casa de metrô. A estação fica perto do escritório.
O presidente Jal, a maior companhia aérea do Japão, é famoso por também ser um passageiro frequente do transporte público. Usa o ônibus para fazer o trajeto de casa para o trabalho. Os ônibus em Tóquio são extremamente pontuais, raramente atrasam. Os passageiros podem consultar o horário exato em que vão chegar no ponto na internet ou no celular. Para não deixar dúvidas, um painel eletrônico mostra a que distância o ônibus está do ponto e quanto tempo falta para chegar no destino final. Isso é possível porque os ônibus são ligados a satélites por GPS.
A informação é transmitida para uma central e também para os pontos onde ele vai parar. Como não há engarrafamento, é mais fácil para os motoristas respeitar o horário. Com um sistema de transportes desses, não tem como usar o trânsito como desculpa para chegar atrasado ao trabalho.

Fonte: G1.com.br
READ MORE - Saiba como Tóquio conseguiu acabar com os engarrafamentos

No Rio, Ônibus da Viação Oriental são impedidos de transportar passageiros


A Viação Oriental teve a permissão cassada. Com isso, os ônibus que circulam principalmente pelos bairros da Zona Oeste foram impedidos de fazer o transporte de passageiros. Técnicos da Secretaria municipal de Transportes foram à garagem da empresa na madrugada desta segunda-feira (11) para proibir a prestação do serviço.

Segundo o secretário de Transportes, Alexandre Sansão, as linhas de ônibus que eram operadas pela Oriental serão atendidas por um conjunto de empresas. Ele disse que cassação se deve ao péssimo serviço prestado pela empresa. “Constatamos isso desde o início da gestão em 2009, a empresa não vinha cumprindo com a qualidade de serviços prestados à população. Todas as linhas desta empresa serão operadas por ônibus de outras empresas mais saudáveis”, disse o secretário, lembrando que isso vinha sendo feito gradativamente para que os ônibus da Oriental pudessem ser retirados definitivamente de circulação.

Segundo o secretário, o edital para licitação já foi publicado. Sansão disse ainda que 400 ônibus já foram colocados em circulação na Zona Oeste, e outros 300 de melhor qualidade serão disponibilizados em breve para atender a população.
READ MORE - No Rio, Ônibus da Viação Oriental são impedidos de transportar passageiros

Grande Recife altera provisoriamente paradas de 10 linhas de ônibus para Implantação de corredor exclusivo da PE-15


O Grande Recife Consórcio de Transporte iniciou nesta segunda-feira (11/01) uma série de alterações devido a implantação do corredor exclusivo de ônibus da av. Pan Nordestina. A primeira interdição ocorreu esta tarde, com o fechamento do trecho entre a av. Joaquim Nabuco e a entrada do 7º Grupo de Artilharia de Campanha (7º GAC), localizada na PE-15. Devido a mudança, 10 linhas de ônibus que trafegam pelo corredor exclusivo deixaram de atender as três paradas existentes na via.

Os usuários de ônibus que possuem ponto de parada no local, devem se dirigir até as paradas provisórias implantadas na pista lateral, existentes nos dois sentidos. Ao todo, quatro paradas já estão servindo de pontos de embarque e desembarque das linhas. São elas: as paradas em frente ao Salão Novo Visual, e em frente ao nº 1096, ambas no sentido Recife/Olinda, e as paradas próximo ao 7ºGAC e ao Edifício Etelfino Lins, no sentido Olinda/Recife.
Já a partir deste sábado (16/01) o Grande Recife, junto com o Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco (DER) irá realizar uma nova alteração, fechando o ponto de retorno localizado em frente ao Quartel do Exército (7ºGAC) para o tráfego de carros de passeio. Com a mudança o ponto de retorno será utilizado exclusivamente por ônibus.
Divulgação - O Grande Recife está informando aos usuários sobre a desativação das paradas através de cartazes afixados nas mesmas, indicando os pontos provisórios de embarque e desembarque. Já para a mudança que será realizada no próximo sábado, o consórcio promoverá, por meio de divulgadores, a distribuição de panfletos, a partir da próxima quarta-feira (13/01) seguindo até o dia 16/01, em locais estratégicos nas proximidades da via.

Lista de linhas que terão seu ponto de parada alterado:
050-PE-15/Boa Viagem
909-Paulista/Joana Bezerra
913-PE-15/Joana Bezerra
915-PE-15
946-Igarassu (BR-101)
956-Igarassu (Bacurau)
967-Igarassu (sítio Histórico)
976-Paulista (prefeitura)
977-Paulista (Conde da Boa Vista)
979-Paulista (Rua do Sol) Expresso
READ MORE - Grande Recife altera provisoriamente paradas de 10 linhas de ônibus para Implantação de corredor exclusivo da PE-15

Tecnologia marca nova estação do metrô em São Paulo


Plataformas são cercadas e ar é umidificado; funcionamento será experimental durante o mês de janeiro. A estação de metrô Sacomã, na linha 2-Verde, na zona sul, começou a funcionar em 10 de janeiro com a operação assistida. Durante o período de teste, os passageiros poderão viajar, de graça, até a estação Alto do Ipiranga, das 10h30 às 15 horas.

No fim de janeiro, a estação será oficialmente inaugurada. O Metrô trocou as catracas convencionais por bloqueios automáticos, que não necessitam de toque para funcionar, o que surpreendeu os primeiros usuários. "Acho que isso vai dar problema em dias cheios. As pessoas não têm paciência para esperar os bloqueios abrirem. Na hora da pressa vai dar confusão", prevê a coordenadora de logística Cristiane Godoy, de 35 anos.

Outra novidade é o sistema de ventilação, que umidifica o ar. Para evitar acidentes nos trilhos, há portas de vidro nas plataformas, que só abrem quando os trens chegam. "Os passageiros vão ser orientados para se acostumarem com as novidades", afirma Wilmar Fratini, gerente de Operações do Metrô.

A fase de operação assistida serve para verificar o desempenho dos equipamentos e dos empregados em situação de funcionamento normal. "Precisamos testar essas novidades tecnológicas antes de colocar a estação plenamente em funcionamento", disse o secretário adjunto da Secretaria de Transportes Metropolitanos, João Paulo de Jesus Lopes.

As novidades serão implantadas nas próximas estações a serem entregues: Tamanduateí, Vila Prudente, Faria Lima, Augusta, Butantã, República e Luz. Estações antigas também receberão as barreiras de vidro nas plataformas. A primeira a testar o sistema será a estação Vila Matilde, a mais movimentada do Metrô.
READ MORE - Tecnologia marca nova estação do metrô em São Paulo

PAC da Mobilidade para Curitiba será assinado na quarta,13


O presidente Lula e o prefeito em exercício de Curitiba, Luciano Ducci, assinarão nesta quarta-feira (13), em Brasília, o Termo de Cooperação do PAC de Mobilidade Urbana para a Copa 2014. A assinatura será às 17h, no Salão Brasil do Palácio Itamaraty, e vai garantir à Prefeitura R$ 211,05 milhões para financiamento de obras de mobilidade urbana. Os recursos serão investidos em obras importante que vão melhorar a acessibilidade de Curitiba garantindo mais conforto, mobilidade e segurança no trânsito e no transporte.

O Plano de Aceleração Econômica de Mobilidade Urbana já previa obras como a revitalização das avenidas Cândido de Abreu e das Torres e a implantação do Sistema Integrado de Mobilidade. Novas propostas da Prefeitura de Curitiba foram incluídas neste PAC: a reforma da rodoviária e seus acessos; a extensão da Linha Verde Sul; a reforma e ampliação do Terminal Santa Cândida; e a revitalização da avenida Marechal Floriano Peixoto, no trecho da Linha Verde à divisa com São José dos Pinhais, perto Terminal Boqueirão.

Uma das principais novidades neste PAC é a requalificação da Marechal Floriano, com investimento de R$ 20 milhões. A avenida, que já foi reformada pela Prefeitura no trecho da Linha Verde ao Centro, terá sua revitalização completada em toda a extensão.

A avenida das Torres será revitalizada para melhorar a ligação aeroporto/rodoviária. O investimento da Prefeitura neste projeto será de R$ 62,5 milhões, por meio do PAC da Mobilidade, no trecho da Rodoferroviária à divisa com São José dos Pinhais.

O Sistema Integrado de Mobilidade (SIM), com investimento de R$ 58,2 milhões do PAC por parte da Prefeitura, prevê prioridade para os ônibus nos semáforos; uso de câmeras de circuito fechado de televisão para monitoramento do transporte coletivo e do trânsito em tempo real; painéis eletrônicos informando aos motoristas as condições das principais vias; mais rapidez em operações de emergência de trânsito, câmeras nos ônibus, estações-tubo, terminais e canaletas com um novo sistema de segurança no transporte coletivo; novo sistema de informação aos passageiros; aprimoramento das análises de tráfego e de condições ambientais, além de outros componentes.

A avenida Cândido de Abreu, no Centro Cívico, será revitalizada para receber a passagem do novo ônibus Ligeirão Boqueirão/Centro Cívico e ganhará um calçadão para pedestres. O investimento será de R$ 4,85 milhões.
READ MORE - PAC da Mobilidade para Curitiba será assinado na quarta,13

Vitória: Sistema Transcol reforça número de viagens para as praias


A partir deste domingo (10), usuários que utilizam o Sistema Transcol para se deslocar às praias da Grande Vitória contarão com mais 112 viagens em linhas que dão acesso ao Terminal Jacaraípe e às praias de Jacaraípe, em Serra, e Ponta da Fruta, em Vila Velha. A medida integra a programação especial de verão, iniciada em novembro pela Companhia de Transportes Urbanos da Grande Vitória (Ceturb-GV).

A linha 613 (Ponta da Fruta / Terminal Itaparica), que aos domingos circula com três ônibus que realizam 24 viagens, terá sua frota ampliada para oito veículos, que cumprirão um total de 61 viagens. O reforço possibilitará a redução do tempo de espera, pois os intervalos passarão de 35 minutos para 15 minutos.

Outra novidade é a linha 870 (Praia de Jacaraípe / Terminal Laranjeiras via avenida Abdo Saad), criada para circular exclusivamente aos domingos, durante o verão. Seis ônibus farão 38 viagens, com intervalos de 15 minutos entre elas.

Quatro ônibus farão mais 37 viagens na linha 880 (Campinho da Serra / Terminal Jacaraípe via Vista da Serra – Serra Sede). O serviço, que já havia sido ampliado em novembro de 14 para 32 viagens, terá agora 69 viagens aos domingos.

Mais ônibus para Praia Grande, Nova Almeida, Praia da Costa e nos terminaisAlém das novidades que começam neste domingo (10), os usuários ainda contarão com os reforços nos terminais e em outras linhas de ônibus, iniciados em outubro e novembro, respectivamente, quando a demanda de passageiros com destino às praias aos domingos começou a aumentar.

A linha 854 (Praia Grande / Terminal Jacaraípe via Nova Almeida) teve aumento de 17 viagens e redução de intervalos de 40 para 20 minutos.

A linha 690 (Terminal Vila Velha / Terminal Praia da Costa – circular) foi criada especialmente para funcionar durante o verão, aos domingos, reforçando as linhas regulares que dão acesso à Praia da Costa das 8 às 19 horas, com 44 viagens e intervalos de dez minutos.

40 ônibus de reforço estão cumprindo viagens extras para os balneários da Grande Vitória aos domingos. A frota fica distribuída pelos dez terminais de integração (Jacaraípe, Laranjeiras, Carapina, Jardim América, Itacibá, Campo Grande, São Torquato, Ibes, Vila Velha e Itaparica) e é acionada para reforçar demais linhas que apresentam acréscimo de demanda.
READ MORE - Vitória: Sistema Transcol reforça número de viagens para as praias

Tarifa de transporte público em Campinas terá reajuste

As tarifas do transporte público em Campinas, no interior de São Paulo, serão reajustadas a partir do próximo domingo. Segundo a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (EMDEC), nos ônibus e miniônibus do sistema InterCamp, a tarifa passará de R$ 2,50 para R$ 2,60. O passe escolar sobe de R$ 1,00 para R$ 1,04.
Também terão novos valores as linhas Circular-Centro, que passam de R$ 1,65 para R$ 1,70 com o Bilhete Único; e de R$ 2,50 para R$ 2,60 no pagamento em dinheiro. Já a tarifa nas linhas seletivas passa de R$ 2,90 para R$ 3,00.
A EMDEC afirmou que o reajuste é justificado em razão do aumento dos salários, nos pneus e no valor dos veículos. O decreto que autoriza o reajuste será publicado no Diário Oficial do Município (DOM) na edição de amanhã.
Segundo a Secretaria de Transportes, o índice de reajuste aplicado à passagem de ônibus foi de 15,56% nos últimos três anos, entre dezembro de 2006 e dezembro de 2009. Já no comparativo anual, de dezembro de 2008 a janeiro de 2010, o aumento foi de 4%.
READ MORE - Tarifa de transporte público em Campinas terá reajuste

Joinville: idosos entre 60 a 64 anos voltam a pagar tarifa


Idosos entre 60 e 64 anos voltam a pagar passagem de ônibus em Joinville a partir desta segunda-feira. Cartazes colados nos terminais e nos veículos avisavam sobre a medida no fim de semana. Embora ainda possa haver decisão da Justiça a favor da gratuidade, Gidion e Transtusa e o Sindicato das Empresas de Transporte Público do Estado (Setpesc) mantiveram o retorno da cobrança, previsto para esta segunda-feira. A medida que atinge 9,3 mil cadastrados passou a valer à zero hora desta segunda. Sem acordo entre Prefeitura e empresas de ônibus, o benefício está nas mãos do desembargador Newton Trisotto. Se ele conceder liminar à Prefeitura, os idosos entre 60 e 64 anos voltam a andar de graça. Do contrário, a Prefeitura não tem como recorrer na Justiça e a cobrança é mantida. A decisão do TJ deve ser anunciada nesta segunda ou, no mais tardar, nesta terça, segundo o procurador do município Naim Tannus. Se a cobrança for mantida, a Prefeitura deve buscar outras formas de revertê-la. O benefício foi criado por lei municipal em abril do ano passado. A lei foi considerada inconstitucional em julho e a decisão foi mantida por unanimidade no Tribunal de Justiça de Santa Catarina em dezembro.
READ MORE - Joinville: idosos entre 60 a 64 anos voltam a pagar tarifa

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960