Tarifas de ônibus têm aumento em Santo André, São Bernardo, São Caetano e Diadema

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

As tarifas do transporte coletivo municipal de Santo André, São Bernardo, São Caetano e Diadema ficarão mais caras a partir de janeiro. O reajuste foi anunciado ontem pelas prefeituras. O maior aumento foi registrado em São Caetano, de R$ 2,30 para R$ 2,75, com reajuste de quase 20% a vigorar a partir de 1º de janeiro. No entanto, Santo André e São Bernardo ainda terão as tarifas mais altas, de R$ 2,90.
O índice de aumento foi de 9,4% em Santo André, subindo de R$ 2,65 para R$ 2,90. Já em São Bernardo, foi de 16%, de R$ 2,50 para R$ 2,90. As novas tarifas começam a vigorar no próximo dia 3 nestas duas cidades.
Em Diadema, o reajuste foi de 12%, saindo dos atuais R$ 2,50 para R$ 2,80. A mudança começa a vigorar em 1º de janeiro.
De acordo com a Prefeitura de Diadema, a última alteração do preço foi em 12 de dezembro de 2008, assim como em São Bernardo e São Caetano. No início das negociações, os representantes dos empresários reivindicavam o valor de R$ 3.
A Prefeitura de Ribeirão Pires promete anunciar os novos valores na semana que vem. Mauá e Rio Grande da Serra, por sua vez, informam que não poderão reajustar a tarifa neste momento. No caso de Mauá, o prefeito Oswaldo Dias disse que o valor estará ‘amarrado'' até maio. Após, é provável que a passagem também aumente. Rio Grande só poderá reajustar a tarifa em 2012, conforme o contrato.

REPERCUSSÃO - O reajuste atingirá em cheio o bolso dos usuários do sistema diariamente em Diadema. O padeiro Edson Rodrigues, 44 anos, morador da Vila Nova Conquista, reclama que o aumento não acompanha a renda dos contribuintes. "Vai aumentar o preço, mas não mudará nada para os passageiros, pois os ônibus continuam lotados. O reajuste é injusto, pois é incompatível com o salário da população que usa o sistema", reclamou. O ambulante Fábio Carneiro, 31, diz que seus trajetos até o bairro Serraria estão ameaçados. "Vou gastar até R$ 10 por dia. Já é difícil hoje, não sei como farei."
Na segunda-feira, os sete prefeitos se reuniram em um almoço de fim de ano em restaurante no bairro Jardim, em Santo André, para acelerar a discussão da nova tarifa.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960