Em BH, Tarifa de integração do metrô é reajustada e custará R$ 2,45

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

A tarifa de integração do Metrô, que antes custava R$2,30, também será reajustada e passará a custar R$2,45. A informação foi divulgada na tarde desta terça-feira, 28, pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos, a CBTU.

Para as linhas que fazem integração fora das estações do metrô, a nova tarifa integrada varia de R$ 2,45 a R$ 3,35. Segundo a CBTU, não haverá alteração no valor das passagens vendidas pela própria Companhia para os bilhetes. O bilhete custa hoje, R$ 1,80 para  viagem única, $ 3,60 para ida e volta e R$ 16,20 para múltiplos de dez.

A passagem do sistema integração terá o aumento por causa do reajuste das tarifas dos coletivos municipais anunciadas nessa segunda-feira, 27, pela BHTrans. A nova tarifa começa a ser cobrada a partir desta quarta-feira, dia 29.
As tarifas de integração Metrô-ônibus representam cerca de 40% dos usuários do metrô e deve afetar quase 2 milhões de passageiros por mês. Por dia, cerca de 180 mil pessoas passam pelo metro e 72 mil utilizam o desconto da integração.

A CBTU ressalta que, o reajuste é da BHTrans e o metrô está apenas informando aos passageiros do novo valor para que eles não estranhem o aumento na tarifa sem justificativa. Segundo a companhia,135 cartazes foram espalhados nas 19 estações do metrô com o reajuste detalhado.
Fonte: O Tempo

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960