Volta às aulas piora o trânsito nas principais vias de Natal

sexta-feira, 6 de agosto de 2010


As aulas recomeçaram e com elas vem o inevitável aumento do fluxo de automóveis nas principais vias de Natal. Quem já estava se habituando a um trânsito menos congestionado, agora com o fim das férias, vê-se em meio a um aumento de 40 a 50% a mais no número de veiculos transitando diariamente pela cidade. Alheio a isso, o número de carros segue crescendo. A cada mês são cadastrados no Detran uma média de 2,5 mil veículos, o que corresponde a uma fila de 8km a mais que entra na cidade para circular em um espaço físico que não cresce.

Nas principais ruas de acesso a grandes escolas, a situação tende a piorar mais ainda, é o caso da Avenida Hermes da Fonseca, que dá acesso ao Complexo Educacional Henrique Castriciano, ao Colégio Maria Auxiliadora e ao IFRN, onde diariamente o fluxo de veículos aumentou de 12 mil nas férias para 18 mil agora, um incremento de 50% a mais. Já na Prudente de Morais, que possui também grandes escolas e faculdades, o aumento de veículos foi maior e chegou a quase 50%, passando de 7,7 mil no período de férias para 11 mil atualmente. Outra avenida que teve um incremento de 50% no movimento no pós férias é a Romualdo Galvão que passou de 8,6 mil para 12,8 mil veículos transitando diariamente. Os números foram cedidos pela Secretaria de Mobilidade que faz a contagem eletrônica através de fotossensores instalados em diversos pontos da cidade.

Corredores

Uma solução, na opinião de Haroldo Maia, seria investir no transporte público com corredores exclusivos para ônibus e com uma política de subsidios por parte dos governos, proporcionando um valor de passagem mais acessível para o trabalhador. Com relação à implantação do Via Livre, ele diz que todo mundo aprova mas ainda há resistência principalmente do comércio. "A via é um bem muto caro para servir de estacionamento, pois prejudica a mobilidade principalmente no deslocamento nos principais corredores da cidade", disse.

Segundo Haroldo Maia, outra medida que vai ajudar a desafogar o trânsito nas principais vias é a liberação do pronlogamento da avenida Prudente de Morais até a BR 101. "Mas para que isso venha a realmente surtir efeito no trânsito é necessário ainda a mudança de mentalidade da população. É importante investir ainda na qualidade do transporte público de massa, como ônibus e trens. Só com transporte de qualidade é queas pessoas podem começar a deixar os carros em casa. Além disso, novos projetos e melhorias devem ser pensados diariamente porque a cidade diariamente também ganha edifícios e cosntruções novas, que devem prover a questão também do estacionamento", disse Haroldo.

Fonte: DN Online


0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960