Metrô de São Paulo ameaça greve

segunda-feira, 31 de maio de 2010


O Sindicato dos Metroviários de São Paulo informou na segunda-feira (31) que pretende realizar uma greve na terça-feira (1º).
De acordo com o sindicato, a intenção é efetivar uma paralisação que atinja pelo menos quatro linhas do Metrô de São Paulo (1,2,3,5). Uma assembleia na noite de segunda-feira iria definir se a greve será aderida pela maioria dos trabalhadores.
As principais reivindicações do metroviários dizem respeito aos salários. O sindicato pede um reajuste de 5,8%. Já houve uma contraproposta patronal, na qual sugerem um aumento de 5,01% nos salários. O sindicato não aceitou a primeira proposta do Metrô.
O Sindicato dos Metroviários ainda pede reestruturação do plano de carreiras para os trabalhadores e aumento na participação dos lucros. Os representantes dos trabalhadores ainda deu ultimato para o Metro fazer uma nova proposta para os trabalhadores até a noite de segunda-feira.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960