Corredor Metropolitano de Niterói começa a funcionar neste sábado

sexta-feira, 19 de março de 2010


A partir deste sábado, com a inauguração do Corredor Metropolitano, quem passa de ônibus pelo Centro de Niterói, deverá chegar mais rápido ao trabalho. Projetada há 15 anos, a via, com 6,5km, liga a Alameda São Boaventura ao terminal rodoviário vizinho à estação das barcas, na Avenida Visconde do Rio Branco, passando pela Avenida Feliciano Sodré. A obra, bancada pelo governo estadual, custou R$ 6,9 milhões e atenderá a 250 mil passageiros por dia.
Na Alameda, a faixa esquerda será exclusiva para ônibus. Na Feliciano Sodré, serão duas só para coletivos. Para evitar que os automóveis invadam a via, foram instalados 13 leitores de placas. Só ônibus e vans cadastradas pela Nittrans, empresa municipal responsável pelo planejamento de transportes, poderão circular por elas.
A Alameda São Boaventura ganhou baias sobre o canal que a divide. Os topiqueiros estão proibidos de parar ali, mas podem transitar pelo corredor. São dez estações de embarque e desembarque, que servirão a 770 ônibus de 107 linhas intermunicipais e 24 municipais. Um sistema de sinais foi instalado para garantir a fluidez no trânsito de ônibus e está proibido virar à esquerda para cruzar a Alameda.
- Simulações mostram que o tempo de viagem cai cerca de 20 minutos e a velocidade média dos ônibus aumenta de 9km/h para 20km/h - conta a diretora de planejamento da Nittrans, Elisabeth Poubel Grieco.

Fonte: O Globo

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960