Rodoviários ameaçam parar transporte coletivo em Pelotas

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Pelotas corre o risco de amanhecer sem transporte coletivo. O Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário da cidade se reúne na noite desta terça-feira para avaliar a proposta dos empresários do setor. Do encontro sai a decisão de entrar ou não em greve.
A assembleia está marcada para as 20h30 na sede do órgão, na Rua Senador Mendonça. Os rodoviários exigem um aumento de 12%, 5% de ganho real e 5% de produtividade, mais plano de saúde e seguro de vida. Segundo o presidente da sindicato, Eder Ricardo Blank, o incremento representaria cerca de R$ 178,80 no vencimento mensal de R$ 1.490,00.
Os empresários responderam com uma contraproposta inicial de 4,18%, ampliada para 4,68%, ambas rejeitadas por motoristas e cobradores. A nova proposta é de 5,18%, acima da inflação. O Sindicato das Empresas de Ônibus de Pelotas argumenta que com a passagem em R$ 2 fica difícil conceder o aumento pedido pelos funcionários.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960