Fortaleza: Integração Temporal

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Agora é para todos os bairros. A Prefeitura de Fortaleza, através da Etufor, ampliou a Integração Temporal para a totalidade da área coberta por transporte coletivo do município. Os usuários de ônibus de todas as regiões poderão pegar até dois veículos para realizarem seus deslocamentos pagando apenas uma passagem.
O objetivo da Integração Temporal é otimizar o tempo e os gastos com viagens dos passageiros. Ao invés de precisar ir até um terminal de integração para trocar de ônibus, o usuário pode trocar de veículo nas próprias vias, com a garantia de que ele não precisará pagar pelo segundo ônibus. Para isso, basta apenas que o passageiro respeite o tempo de integração temporal e que ele possua um vale-transporte eletrônico vermelho ou cinza, ou ainda a carteira de estudante emitida a partir de 2007. É necessário que o passageiro conheça também as combinações da sua linha de ônibus, ou seja, quais as linhas que estão integradas com o primeiro ônibus que ele pegou.
O vale-transporte eletrônico ou a carteira de estudante são importantes por que são os equipamentos que controlam o tempo de integração temporal do usuário. O tempo é composto de 30 minutos fixos que é o que todos ganham quando passam o cartão no validador do ônibus mais um tempo que varia de acordo com o tempo total de viagem da linha de ônibus em que o passageiro está. Ou seja, o passageiro terá sempre, no mínimo, meia hora para trocar de veículo e subir no segundo ônibus sem pagar uma nova passagem.
Com isso, os usuários conseguem economizar, muitas vezes, até 40 minutos nos seus deslocamentos, de acordo com observações já feitas pela Etufor nas primeiras etapas de funcionamento do projeto.
A Integração Temporal, desde 2007, vinha sendo implantada por etapas em diferentes regiões do município. Os moradores de mais de 50 bairros, como Messejana, José Walter, Mondubim, Vila União e Lagoa Redonda, foram os primeiros a aproveitar esse benefício. Agora, com a conclusão da implantação do projeto, mais de 5.400 combinações de integração temporal estão disponíveis para toda a população.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960