São Paulo: Porque não houve redução de IPI no transporte coletivo?

terça-feira, 30 de junho de 2009

A solução para a mobilidade na cidade de São Paulo está na redução do número de veículos em circulação e na melhoria do transporte público. A opinião é do prefeito da capital paulista, Gilberto Kassab, que enfatizou a necessidade de ampliação do metrô.
Mesmo assim, o prefeito recebeu bem a decisão do governo federal de prorrogar por mais três meses a alíquota menor do IPI incidente sobre automóveis. A redução do imposto, que será gradualmente retirada nos três últimos meses do ano, visa estimular a venda de carros.
"A medida é correta, até pela questão do emprego (no setor automobilístico)", comentou Kassab. "O transporte público não tira o direito do cidadão de ter um carro particular, mas ter não significa usar", afirmou hoje o prefeito.
Segundo ele, ao ter um transporte público como opção rápida e econômica, como o metrô, o paulistano deixaria o carro em casa para ir trabalhar e haveria mais qualidade ambiental.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960