População continua cobrando melhorias no transporte coletivo de Montes Claros-MG

sexta-feira, 5 de junho de 2009


Atrasos e ônibus lotados. Estas são as duas principais reclamações dos usuários do transporte coletivo urbano de Montes Claros.
As campeãs de reclamações são as linhas, 72 e 92, Renascença – Maracanã; 11, São Geraldo Fábrica de Cimento e 41, Alto da Boa Vista Rodoviária.
Maria Augusta Ruas afirma que diariamente utiliza o transporte coletivo para se ir ao trabalho. Frisa que inúmeros são os problemas que vêm acontecendo na linha 41.
De acordo com ela, alguns motoristas não param ao usuário sinalizar, e ainda tem o problema das duas lotações passarem nos pontos praticamente nos mesmos horários.
LOTADA
Moradores que utilizam a linha 72 e 92, Maracanã – Renascença, reclamam o fato dos lotações estarem sempre lotados. De acordo com o usuário, Flávio Ribeiro, estudante, pega o ônibus às 6h30 e considera uma aventura ou um desafio.
- Considero esta linha como uma das piores. Os lotações estão sempre cheios. A empresa responsável por operar a linha ou a MC-Trans têm que tomar providências o quanto antes, pois do jeito que está não dá para continuar mais - desabafa.
ÔNIBUS
De acordo com a assessoria de Comunicação da prefeitura, a MCTrans fiscaliza e controla as reclamações dos usuários no sentido de amenizar o problema. Outra informação passada é que as empresas não dispõem de linhas para atender toda a cidade, mas, com o sistema integrado que será implantado possibilitará a disponibilização de mais linhas.
Ainda segundo a Ascom, o grande número de veículos no centro da cidade e os congestionamentos têm provocado também, atrasos nos lotações. Outra informação diz respeito a 13 novos ônibus, que serão disponibilizados, no sentido de atender a demanda em algumas linhas.

- Segundo a gerente executiva da ATCMC- Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Montes Claros, Jaqueline Camelo, sobre as linhas 72 e 92, a informação é que 10 carros estavam fazendo o trajeto e que houve um acréscimo de mais quatro carros e divididos dois para cada linha.
Salienta ainda que a frequência em termos de horários passou de 12 em 12 minutos para seis em seis minutos.
Quanto às linhas 11 e 41 até o fechamento desta edição, a ATCMC não passou à reportagem, qualquer informação no sentido de resolver os problemas citados na matéria.

1 comentários:

Douglas disse...

Ola, Gostaria de parabenizar a este blog o fato de ouvir os usuarios de transporte coletivo.
Trabalhei 3 na empresa ALPRINO(AUTO LOTAÇÃO PRINCESA DO NORTE) ao qual e a maior em questao de sua area de garagem e a maior em questão de desorganização.
Essa foi para mim uma dos piores empregos onde a minha carteira de trabalho era assinada com um cargo, porem exercia o meu e mais varios outros como outros funcionarios la dentro, mas não vem ao caso, vim aqui dizer que quem acha que esses novos onibus vieram agora nesse mes estao erroneamente enganados esses onibus eram para ja esta rodando desde "MAIO" deste ano, pois as 2 empresas de transporte montes claros mais a prefeitura de MOC fizeram um acordo de que esses onibus começariam a rodar no FINAL do ano (creio que eles devem estar pensando em liberar eles para o natal pois pensao que o povo e besta de pensar que e um presente Fuck ALPRINO, FUCK TRANSMOC) assim vou explicar porque voce usuario das linhas 202 (facela) fica totalmente irritado de pegar aquele onibus horrivel velho e com pessimo estado de conservação "porque não vem aqueles onibus bonitinhos novinhos para a minha linha" pois bem, voces ja viram aqueles onibus com um "R" junto ao numero da linha aqueles carros são os mais novos das empresas eles são os reforços (ou roda e para) uma extrema falta de atenção com o usuario, esses onibus eles circulam em horario de pico manha, tarde e noite, então pessoal da facela desistao de ter um onibus de qualidade isso tbm não e um aviso pro pessoal da facela mas de muitos outros bairros.
Questao de Validador (ou catraca eletronica ou seja la o que for!!!) apesar de ser um outro roubo com os usuarios aquilo me alegrava pois mexer naquilo também era uma de minhas varias funções aquele validador (em termos tecnico) uma solenoide essa solenoide ela quando estraga ela fica falhando mas nao libera a catraca de girar sendo assim o validador tem uma contagen de tempo de 15 s. ai ele trava a solenoide de novo e assim vai uma passagem do seu bolso embora, mas por outro lado e bom, no pe da catraca, la tem um anel com 4 imas e um sensor isso que faz a catraca travar depois que o usuario passa pela mesma, mas devido a buraquera de montes claros esse imás saem do lugar e nao contao o giro ou seja se o onibus tiver em horario de pico e se a primeira pessoa passar o cartao e a catraca nao contar o giro, pode vir quantos passageiro atras o tanto que for que vai passar sem pagar nada, mas isso dentro de 15s.
Aqui chego ao final da minha aventura pelo inferno que são essas empresas, abraço a todos, dependendo futura mente posso postar aqui de novo

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960