Passagem do Metrô do Recife fica mais cara a partir deste domingo

sábado, 2 de novembro de 2019

A passagem do metrô vai aumentar novamente. Neste domingo (3) a tarifa do metrô do Recife será reajustada para R$ 3,40. Até 2020, o bilhete sofrerá aumento de 150%, que ocorrerá de forma gradual.

Após audiência de conciliação realizada na 15ª Vara da Justiça Federal de Minas Gerais, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) continua a implementação do reequilíbrio tarifário de maneira progressiva. "A CBTU reforça que há cerca de 13 anos não há alteração nas tarifas em Belo Horizonte, 15 anos em Natal, Maceió e João Pessoa e 7 anos em Recife, atingindo avançada defasagem ante ao custo de manutenção do sistema", comentou a Companhia através de nota.

Os valores arrecadados com a tarifa paga pelos usuários são depositados diretamente na Conta Única da União. Por isso, o aumento da tarifa só poderá repercutir no orçamento a ser gasto pela CBTU em 2020, pois o nosso orçamento é definido na Lei Orçamentária Anual (LOA), proposta pelo Governo Federal e votada pelo Congresso." Desse modo, o aumento na tarifa implementado pela CBTU é fundamental para que possamos pleitear novos recursos. A Companhia reitera que vem trabalhando para conseguir investimentos e melhorias para o sistema", justifica o órgão.

O sistema de trens urbanos da capital pernambucana transporta cerca de 400 mil passageiros por dia. São três linhas, sendo duas eletrificadas (Centro e Sul) e uma operada por composições diesel, somando 71 quilômetros de trilhos. Conta com 37 estações e passa pelas cidades do Recife, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e Cabo de Santo Agostinho.

Aumento
Os valores da passagem do metrô foram reajustados seguindo um escalonamento. A passagem, que custava R$ 1,60 até 4 de maio deste ano, foi reajustada para R$ 2,10 em 5 de maio. De 3 de novembro a 4 de janeiro de 2020, a tarifa sobre ainda para R$ 3,70. No dia 5 de janeiro passa a custar R$ 4.

Informações: Diário de Pernambuco

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960