Governo entrega mais 12,3 km do Corredor Guarulhos - São Paulo

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Trecho Cecap – Vila Galvão beneficiará 60 mil usuários / dia com mais opções de linhas para a capital e economia de até R$ 4,40 com as novas integrações para estações do Metrô e da CPTM.

O Governador Geraldo Alckmin entregou nesta segunda-feira, 31/08, mais 12,3 km do Corredor Metropolitano Guarulhos – São Paulo, empreendimento idealizado para reestruturar o transporte metropolitano da região norte da Grande São Paulo, oferecendo à população viagens mais rápidas e seguras em faixas exclusivas para ônibus. A operação no trecho começará, gradativamente, a partir de terça-feira, 01/09.

Projetado e construído pela EMTU/SP sob coordenação da Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM), o trecho Cecap – Vila Galvão representou investimento de R$ 99,7 milhões. Somados aos R$ 39,7 milhões da ligação de 3,7 km entre Taboão e Cecap, operando desde 2013, o investimento total do Governo do Estado foi de R$ 139,4 milhões.  

Esta nova etapa conta com três faixas de circulação por sentido, sendo uma delas exclusiva para ônibus em 9,6km construídos em pavimento rígido, característica que proporciona mais conforto ao usuário e menor custo de manutenção da via. Conta, ainda, com 3 km de ciclo passeio distribuídos ao longo do corredor, além de 2,7km de via que serão compartilhados com o tráfego local. 

Principais melhorias proporcionadas pelo novo trecho do Corredor:

- Semáforos exclusivos para a travessia de pedestres foram implantados em todos os pontos de parada. A rede semafórica está interligada, possibilitando a sincronização dos equipamentos para melhor fluidez;
- Foram implantados 10.038 m² de paisagismo;
- Foram instaladas 170 m² de placas de advertência e orientação (sinalização vertical ) e 15.107 m² de faixas de trânsito (sinalização horizontal);
- 3 km de ciclo passeio distribuídos ao longo do corredor; 
- 16 estações de embarque e desembarque, mais a Estação de Transferência Emílio Ribas que contam com cobertura e iluminação adequadas, sinalização horizontal e vertical, sistema de informação ao usuário, piso com altura de 28 cm para facilitar o embarque e desembarque em nível com o acesso aos ônibus, rampas para acesso de cadeirantes e faixas de travessia que aumentam a segurança do pedestre no seu entorno;
- O Corredor é 100% acessível com piso podotátil;
- As travessias de pedestres ao longo do corredor são adequadas para total acessibilidade, contando com rampa de acesso, piso podotátil, semaforização para pedestres e sinalização;
- No trecho de parada à esquerda e faixa exclusiva de ônibus, as estações de embarque estão localizadas próximas aos cruzamentos, facilitando o acesso de pedestres ao canteiro central;
- Iluminação adequada ao longo do Corredor para segurança noturna;
- Comunicação visual simples e de fácil visibilidade para que os usuários transitem de maneira adequada e com agilidade nas dependências do Corredor e Estações;
- A infraestrutura permite que seja instalada futuramente a cobrança eletrônica por meio de catracas, viabilizando a implantação de integração tarifária entre os sistemas intermunicipal e municipal;
- As características arquitetônicas desenvolvidas permitem que sejam implantados sistemas diversos como sonorização, painéis informativos eletrônicos, CFTV (circuito fechado de TV com sistema de câmeras de segurança) e outros.

A previsão é de que sejam transportados nesse trecho 60 mil passageiros por dia. 

Operação Integrada 

A entrega do trecho Cecap- Vila Galvão proporcionará aos usuários viagens mais rápidas e seguras e maior mobilidade. Ao utilizar o Cartão BOM, haverá novas opções de deslocamento para as linhas do Metrô e da CPTM por meio da integração com desconto entre linhas metropolitanas. 
A linha 802 Terminal Taboão – Metrô Tucuruvi será o serviço principal do corredor e sua frota operacional triplicará, passando de três para nove ônibus, com intervalo médio de 15 minutos. O desconto na integração propiciará uma economia de até R$ 4,40 aos usuários. Veja a seguir as novas integrações possíveis: 

Terminal Taboão 
- Integração com desconto entre oito linhas metropolitanas com a linha 802
- Ponto terminal de 17 linhas municipais
- Frota total de 172 veículos
- Frequência de 94 ônibus hora/pico 
No trecho que liga os Terminais Taboão e Cecap será possível a integração entre as linhas 552, 590, 599 e 802, facilitando os deslocamentos das pessoas que tiverem como destino as Estações Armênia, Penha e Tucuruvi. 

Terminal Cecap 
- Integração entre 12 linhas metropolitanas com a linha 802
- Ponto terminal de 16 linhas municipais 
- Frota total de 199 veículos
- Frequência de 101 ônibus/hora/pico
Trecho Cecap  - Praça IV Centenário:
- Integração de 13 linhas metropolitanas com a 802.
Trecho Praça IV Centenário  - Vila Endres 
-  Operação de 19 linhas metropolitanas  com ligação direta para Armênia, Campos Elíseos, Penha, Carrão Tietê e Tucuruvi.
Trecho Vila Endres - Timóteo
Integração de duas linhas metropolitanas com a linha 802. 
Trecho Timóteo a Vila Galvão,
- Operação de10 linhas metropolitanas com ligação direta para as Estações Tucuruvi e Parada Inglesa.

Terminal Vila Galvão
Em dezembro de 2014 foi entregue aos usuários o Terminal Vila Galvão que também faz parte desse trecho do corredor, com quatro plataformas dotadas de bancos, lixeiras e todos os itens de acessibilidade, além de um bicicletário com capacidade para 74 unidades. Por lá, o planejamento operacional prevê:
- Integração de duas linhas metropolitanas com a linha 802
- Ponto terminal de 11 linhas municipais 
- Frota total de 94 ônibus
- Frequência de 44 ônibus hora/pico.

Corredor Guarulhos – São Paulo
Trecho Taboão – Cecap 
O trecho Taboão – Cecap, com 3,7 km de extensão e dois terminais de integração, foi entregue em julho de 2013. Lá operam linhas metropolitanas e municipais que compartilham a faixa exclusiva para ônibus. A circulação é de 30 mil usuários por dia. 
Trecho IV Centenário (Guarulhos) - Tiquatira (Penha)
EMTU/SP trata com a Prefeitura de Guarulhos para viabilizar a implantação do Terminal Metropolitano Vila Endres e com a Prefeitura de São Paulo para viabilizar a passagem de transposição da CPTM e a duplicação do viaduto Imigrante Nordestino, na Penha.
Trecho Vila Galvão – Tucuruvi  
O projeto desse trecho de 4,5 km está em revisão. EMTU/SP trata com a Prefeitura de São Paulo com o objetivo de reduzir as desapropriações previstas. 

Informações: EMTU SP

Leia também sobre:
READ MORE - Governo entrega mais 12,3 km do Corredor Guarulhos - São Paulo

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960