Tarifa dos ônibus Expresso DF já custa R$ 3,00

domingo, 5 de abril de 2015

Começou nesta sexta-feira (3) a cobrança de passagens nos ônibus do Expresso DF, que fazem a ligação de Santa Maria e do Gama com o Plano Piloto, no Distrito Federal. A tarifa de R$ 3 vale para todas as linhas do BRT Sul e será paga por meio dos cartões eletrônicos.
Foto: Lucas Nanini/G1
Os bilhetes estão à venda em terminais e estações ao longo do trajeto do Expresso DF. A partir desta sexta, os cartões podem ser adquiridos e recarregados exclusivamente nos postos fixos do DFTrans – na Rodoviária do Plano Piloto, na Estação Galeria e nos postos do SBA em Taguatinga, Gama, e Sobradinho, e no terminal da 401 de Santa Maria.

Já o bilhete único, que não precisa de cadastro do usuário, pode ser adquirido em qualquer estação do Expresso DF. "Para quem tem o cartão pode carregar com R$ 3, que é o valor da passagem, mas sempre recomendamos que carregue com mais crédito", diz o diretor técnico do DFTrans, Adonias Ribeiro Gonçalves.

Por causa do feriado, as bilheterias funcionam em horário especial entre sexta (3) e domingo (5). Nos terminais de Santa Maria e Gama, elas abrem entre 5h e 19h. A unidade móvel vai atender no Terminal Sul de Santa Maria, no mesmo horário. Na rodoviária do Plano Piloto, uma equipe do DFTrans vai orientar a população entre 6h e 11h.

Alterações nas linhas de apoio
O início da cobrança de tarifa no BRT Sul vai provocar alterações nas linhas alimentadoras – que fazem trajetos internos em Santa Maria e Gama e levam até os terminais das duas regiões. A tarifa desses ônibus vai subir de R$ 2 para R$ 3 e será integrada ao BRT – quando o passageiro chegar aos terminais, não terá de pagar uma segunda tarifa.

De acordo com o DFTrans, as chamadas linhas “paradoras”, que fazem embarque e desembarque de passageiros nos Eixinhos e nos pontos do Park Way, terão o trajeto estendido até a rodoviária central do Gama e ao terminal Sul de Santa Maria, na quadra 401– hoje elas têm como parada final nos terminais do BRT nas duas regiões.

O Sistema de Transporte de Passageiros Eixo Sul (BRT Sul) liga o Gama, Park Way e Santa Maria à Rodoviária do Plano Piloto. O sistema atende 270 mil pessoas – cerca de 10% da população do DF.

Segundo ao secretário de Mobilidade Urbana, Carlos Tomé, a cobrança para R$ 3 se dá como em todas as rotas que ligam as regiões administrativas ao Plano Piloto. "Agora fica caracterizado, sem sombra de dúvida, que é uma linha de ligação entre uma cidade e o Plano Piloto. É uma cobrança usual de todas as linhas dessa natureza. Não é nenhuma mudança de curso, nenhuma solução improvisada ou tirada da cartola. Apenas tiramos a operação daquela linha para dentro da legalidade e da sistemática adotada em todo o DF."

READ MORE - Tarifa dos ônibus Expresso DF já custa R$ 3,00

Em São Luís, Tarifa nas linhas integradas agora será de R$ 2,60.

Após três dias de protestos, o prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Júnior anunciou, nesta sexta-feira (3), redução de R$0,20 no valor do reajuste das tarifas de ônibus na capital maranhense. A decisão foi anunciada após medida do governador Flávio Dino, que autorizou a redução do ICMS cobrado sobre o óleo diesel para as empresas de ônibus de 7% para 2%.

Com a medida, o valor da tarifa cobrada na linha integrada de São Luís (nível 4), que havia sido rejustado para R$ 2,80, custará R$ 2,60. A prefeitura não informou se a medida também será aplicada às tarifas não-integradas (níveis 3 e 2), que haviam passado de R$ 1,90 para R$ 2,20 e R$ 1,60 para R$ 1,90, respectivamente.

O secretário municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) Canindé Barros alega que a prefeitura já havia conseguido reduzir o reajuste proposto pelo Sindicato das Empresas de Transporte (SET), de 30% para 16%. Ele afirma que, caso a proposta inicial dos empresários tivesse sido aceita, a passagem custaria R$ 3,50.

De acordo com a prefeitura, a medida teria sido tomada após rodadas de negociações entre o órgão, o governo do Estado e SET. O prefeito Edivaldo Holanda Júnior garantiu que está se empenhando para "impedir que haja paralisação dos serviços de transporte público".

O reajuste de 16% (R$ 0,40) na tarifas havia sido anunciado no dia 27 de março e entrado em vigor no dia 29. A medida significava um aumento de 39% nos últimos 9 meses. Na ocasião, o secretário Canindé Barros justificou que a medida referia-se à "cobertura do aumento do combustível, manutenção dos ônibus e mão-de-obra", uma vez que rodoviários e empresários havia entrado em acordo para concessão de reajuste salarial de 8,5% e aquisição de plano odontológico aos trabalhadores, em reunião realizada pelo Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA).

Antes, o último reajuste havia sido anunciado em junho de 2014, após 16 dias de greve dos rodoviários. Na ocasião, o aumento foi de 23% (R$ 0,30) em todas as tarifas. Foi extinta a "domingueira", desconto de 50% aos domingos, e ficou acordada a compra de 250 ônibus novos. Até o momento, 221 veículos já teriam sido entregues, segundo a prefeitura.

READ MORE - Em São Luís, Tarifa nas linhas integradas agora será de R$ 2,60.

Prefeitura de Uberaba afirma que a ampliação das estações-tubo está 80% concluída

A Prefeitura de Uberaba garantiu que as obras de ampliação das estações-tubo 3A e 3B da Arthur Machado estão ocorrendo com agilidade, pois 80% do trabalho já foram concluídos. Ou seja, a obra está entrando na fase final, com o objetivo de ser entregue à comunidade para oferecer melhor atendimento aos cidadãos que utilizam o novo sistema de transporte coletivo BRT/Vetor. O atual governo percebeu que o projeto precisava ser aprimorado, pois muitos passageiros estavam ficando de fora das estações de embarque e desembarque, principalmente nos horários de pico.

De acordo com informações recebidas, até o presente momento, toda a parte metálica, mecânica e de pintura já foi realizada. O que falta é a instalação dos policarbonatos que substituirão os vidros e a montagem do ar condicionado central, que terá potência aumentada de 30 mil BTUs para 90 mil BTUS. A previsão da empresa responsável pelo serviço de ampliação é de que o trabalho seja concluído dentro de 15 dias a 20 dias, desde que os fatores externos, como chuvas, não prejudiquem o cronograma. Além de ampliar os dois tubos, a informação é de que todas as estações receberão uma cobertura para isolamento térmico de lã de rocha.

A reportagem do JORNAL DE UBERABA teve a oportunidade de conversar com o prefeito sobre as adequações do BRT, tanto da ampliação do tubo próximo ao Calçadão da rua Artur Machado, quanto da qualidade do asfalto, pois não vem suportando o volume do tráfego de ônibus. “De fato, nós cumprimos o projeto BRT Leste/Oeste, pois as estações já estavam estabelecidas e só entregamos. Nós estamos fazendo mais ‘gomos’ nos tubos, porque, durante a elaboração do projeto, não levaram em consideração que nesse local haveria maior aglomeração de cidadãos. Nós estamos torcendo para que essa ampliação comporte a demanda, inclusive porque, se adequarmos os ônibus passando de 5 em 5 minutos, os passageiros ficarão pouco tempo nos terminais”, contou. (LR)

Qualidade
Asfalto. Sobre a qualidade do asfalto da via exclusiva ao novo sistema de transporte BRT, Piau reforçou que, infelizmente, também não foi pensado na questão do piso, quando fizeram o projeto Leste/Oeste. Porém, garantiu que, agora, para implantarem o eixo Sudeste/Sudoeste, a equipe da Seplan, juntamente com a empresa, está levando em consideração o piso ou peso dos ônibus. “A Seplan está atenta a este detalhe, porque é muito importante, pois, quando ‘brota’ água no asfalto, o piso não aguenta. Nós estamos corrigindo isso. Nos olhos d’água, estamos fazendo a drenagem e colocando o piso necessário para suportar o peso dos ônibus que estão circulando”, concluiu.

READ MORE - Prefeitura de Uberaba afirma que a ampliação das estações-tubo está 80% concluída

Linhas de ônibus de Florianópolis serão alteradas

A partir desta segunda-feira, 6, 22 linhas do transporte coletivo de Florianópolis sofrerão alterações no quadro de horários de dias úteis, de acordo com o comunicado do Consórcio Fênix, que gerencia o sistema de ônibus da Capital. As mudanças acontecem, principalmente, em horários de pico e se devem a determinações da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, que espera, assim, melhorar o trânsito no município. 

Os ajustes serão progressivos: a maioria terá o horário alterado já na segunda-feira, 6, enquanto que o trajeto 330 - Lagoa da Conceição sofrerá mudanças apenas no sábado seguinte, dia 11. Na maioria dos casos, os ônibus terão adiantamento ou atraso em cinco minutos. 

Em outros, houve substituição de horários — como a linha Canasvieiras via Mauro Ramos, que, agora, sai às 6h20 do Terminal do Centro (Ticen) em vez da TICAN TICEN via TITRI, que saía no mesmo horário. Já a linha Campeche ganhou um novo horário, o das 11h30, saindo do TIRIO. 

A mudança mais significativa foi a efetuada no trajeto da linha Sambaqui, no horário das 22h40, que passará a ter como ponto final a Barra do Sambaqui. 

Veja todas as alterações na página do Consórcio Fênix.

6 de abril, segunda-feira

179 - Serrinha
212 - Santo Antônio Direto
262 - Circular Canasvieiras
311 - Lagoa da Conceição Direto
320 - Lagoa da Conceição Semidireto
333 - TITRI/TILAG
362 - Canto dos Araças
4124 - Executivo Caieira da Barra do Sul
4125 - Executivo Pântano do Sul via Gramal
460 - Porto da Lagoa
462 - Campeche
463 - Castanheiras via Eucaliptos
670 - Monte Cristo
843 - Lagoa / Rio Tavares
D163 -  Córrego Grande Direto
1120 - Executivo Canasvieiras
1128 - Executivo Costa do Moçambique

11 de abril, sábado

330 - Lagoa da Conceição

Informações: Diário Catarinense

READ MORE - Linhas de ônibus de Florianópolis serão alteradas

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960