Em Teresina, Strans inicia construção do corredor exclusivo para ônibus

domingo, 22 de novembro de 2015

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) começou esta semana a construção do primeiro corredor exclusivo para ônibus na Avenida Miguel Rosa, em Teresina. Antes da conclusão, a obra tem recebido reclamações porque atrapalha a circulação de ciclistas e pedestres.

Atualmente a cidade conta apenas com faixas preferenciais para os ônibus, que podem ser utilizadas por táxis e outros veículos que precisam fazer conversão à direita. Com o novo projeto, a Prefeitura de Teresina vai criar do lado esquerdo um corredor exclusivo para o transporte público.

A diretora de transporte público da Strans, Cíntia Machado, explica que as ciclovias estão sendo restruturadas para ficarem unificadas no canteiro central. No mesmo espaço será construída o corredor exclusivo para ônibus.

"O corredor foi estruturado para o transporte público. A faixa preferencial será transferida para o lado esquerdo e passa a ser exclusiva, diminuindo 10 minutos do tempo de viagem do ônibus. O canteiro será estruturado com estações, em torno de 45 metros na Avenida Miguel Rosa e 30 metros Avenida Wall Ferraz. Elas podem receber até três veículos ao mesmo tempo", explicou.

O mesmo projeto acontecerá nas avenidas Barão de Gurguéia, Duque de Caxias, Rui Barbosa, Presidente Kennedy, João XXIII e Gil Martins. A previsão de conclusão é de um ano. Todas as estações contarão com faixas de pedestres para ter acesso ao meio fio, onde será feito o embarque e desembarque de passageiros.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960