População de Salvador poderá enfrentar greve de ônibus a partir desta terça

domingo, 25 de maio de 2014

Mais de dois milhões de usuários do sistema de transporte coletivo de Salvador devem ficar sem ônibus a partir da próxima terça-feira, segundo o Sindicato dos Rodoviários da Bahia. Em assembleia realizada nessa quinta-feira, a categoria decidiu entrar em greve por tempo indeterminado em todo o Estado.

Os rodoviários apresentaram ao sindicato patronal uma pauta com 31 itens. Entre as principais reivindicações estão o reajuste salarial de 15%, aumento do ticket-alimentação de R$ 12,24 para R$ 20, redução da jornada de trabalho de sete horas para seis, fim da dupla função, implementação da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e estabelecimento de cota de 30% para profissionais do sexo feminino.

De acordo com o vice-presidente do sindicato dos rodoviários, Fábio Primo, as negociações começaram há 60 dias, mas não avançaram. “O Setps (Sindicato das Empresas de Transportes de Salvador) não ofereceu sequer uma contraproposta. Estamos abertos às negociações. Caso apresentem proposta convincente, a categoria volta a se reunir na segunda-feira para avaliar os rumos do movimento”, destaca.

O assessor de relações sindicais do Setps, Jorge Castro, explica que as negociações não avançaram por que a categoria reivindica a redução da jornada de trabalho. “(A redução) É inegociável! Enquanto não resolver essa questão, não temos como discutir outros pontos. Sobre a greve, ainda não fomos comunicados oficialmente. Não vamos comentar”, afirma.

A Associação das Empresas de Transporte Coletivo Rodoviário da Bahia (Abemtro) foi procurada para abordar o assunto, mas nenhum representante foi localizado. Nessa quarta-feira, o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) mediaram uma terceira tentativa de negociações, mas a reunião terminou sem avanços.

READ MORE - População de Salvador poderá enfrentar greve de ônibus a partir desta terça

BRT/Move na Antônio Carlos dobra o número de ônibus neste sábado

Os usuários do transporte público de Belo Horizonte devem ficar atentos. A segunda etapa do BRT/Move na Avenida Antônio Carlos vai começar neste sábado. Nessa fase, mais de 86 ônibus que circulam diariamente nas pistas mistas da via serão retirados para desafogar o trânsito. Serão criadas duas novas linhas troncais - uma que sairá da Estação Pampulha e seguirá até a Região Hospitalar e outra que ligará o terminal até o Bairro Betânia, na Região Oeste de Belo Horizonte, sem passar pelo Centro. Essa última vai fazer a ligação entre a Antônio Carlos e a Amazonas. Segundo a BHTrans, 37 mil usuários serão atendidos pelos sistema rápido por ônibus no entorno do corredor. 

Ao todo, 11 linhas convencionais vão ser transformadas em oito alimentadoras, que atenderão usuários dos bairros Planalto, Floramar, Santa Mônica e Jardim Leblon. Os passageiros serão levados até a Estação Pampulha, de onde acessarão o Centro de BH e a área hospitalar, sem o pagamento de novas tarifas. (Veja no quadro abaixo).

De acordo com a BHTrans, com as mudanças 86 ônibus convencionais sairão do fluxo de tráfego no sentido Centro / Bairro no pico da manhã no trecho entre o Anel Rodoviário e Lagoinha. Nesta nova etapa, o número de ônibus vai cair para 186, uma redução de 47% do volume de coletivos municipais na via. Na pista mista no trecho entre a Avenida Portugal e o Anel Rodoviário, onde foram introduzidos 191 ônibus, o número de coletivos vai cair para 105, uma redução de 45%, a partir do próximo sábado. 

Linha vai ligar Pampulha a Região Oeste

Uma nova linha troncal do Move vai interligar duas regiões de Belo Horizonte. O ônibus 5250 (Estação Pampulha/Betânia) vai passar pela Antônio Carlos em direção ao Bairro Betânia sem passar pelo Centro. Para isso, vai trafegar pela a Avenida Amazonas. O veículo vai possibilitar que os usuários, por exemplo, tenham acesso ao Fórum Lafayette e ao polo comercial do Barro Preto. 

A nova linha vai funcionar com veículo estilo padron com ar condicionado. Ele vai circular nos idas úteis e nos períodos noturnos. Neste horário vai parar nas Estações Carijós e Rio de Janeiro e trafegar pela pista mista da Antônio Carlos entre 0h e 4h. Também vai rodar aos domingos e feriados.

A partir do próximo sábado, a atual linha Diametral 5401 (São Luiz / Dom Cabral) vai passar a circular com ônibus estilo Padron. Na Avenida Antônio Carlos vai circular na Busway com parada nas estações posicionadas ao longo do trajeto. Isso vai permitir a integração com outras linhas do Move. Por exemplo, os usuários que embarcarem nas linhas troncais poderão descer em alguma estação de transferência e pegar o 5401 sem o pagamento de nova tarifa. Nele, poderá chegar a destinos como o Expominas e a Puc Coração Eucarístico. 

Mudanças na Região Oeste

Na nova etapa do Move, algumas mudanças serão feitas no transporte público na região Oeste de Belo Horizonte. Com a implementação da linha troncal 5250, três linhas diametrais que circulam na regiã, vão ganhar a complementação de três linhas radiais convencionais. As novas linhas estarão integradas com a nova linha 5250, dispensando o pagamento da tarifa complementar. 

Atualmente, circulam pela Região Oeste as linhas 1207A (Betânia/Santa Mônica), 1207B (Conjunto Betânia /Santa Mônica) e 1207C (Bairro das Indústrias 4ª Seção / Santa Mônica). Elas vão ganhar o reforço doas linhas 2033 (Betânia / Centro), 2034 (Conjunto Betânia / Centro) e 2035 (Bairro das Indústrias / Centro). 

Também será criada uma nova linha alimentadora, a 207. O veículo vai ligar o Bairro Betânia à Estação Vila Oeste do metrô. Os usuários vão pagar a tarifa de R$ 2,05. Ela fará a integração com a linha troncal 5250. Assim, o usuário apenas pagará o complemento de R$ 0,80 ao embarcar. 

Por João Henrique do Vale
READ MORE - BRT/Move na Antônio Carlos dobra o número de ônibus neste sábado

Mais uma empresa está fora do sistema de transporte coletivo no Grande Recife

A Empresa São Paulo, que opera há 60 anos no mercado, enviou documento ao Grande Recife Consórcio de Transporte comunicando que, a partir desta sexta-feira (23), encerará suas atividades como operadora de 18 linhas de ônibus da Região Metropolitana do Recife (RMR). 

Para minimizar os impactos e não deixar a população desassistida, as empresas Transcol,   Globo e Caxangá assumirão as linhas que eram operadas pela Empresa São Paulo. É importante frisar que o quadro de horário, bem como o quantitativo de frota e de viagens não sofrerão alterações.

A São Paulo, no começo deste ano, apresentou proposta para o lote 6 da licitação das linhas do Sistema de Transporte Público da Região Metropolitana. Contudo, a empresa deixou de atender a um item do edital, que exigia a apresentação de um documento que garante recursos para a prestação dos serviços contratados. Uma vez que esse documento não foi apresentado, a empresa foi considerada desclassificada pela Comissão de Licitação. 

Para mais informações, os usuários devem entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente, no 0800 081 0158.

Informações: GRCT

READ MORE - Mais uma empresa está fora do sistema de transporte coletivo no Grande Recife

Prefeitura de Florianópolis anuncia cinco obras de mobilidade urbana

A Prefeitura de Florianópolis assinou nesta terça-feira (23) um financiamento de quase R$ 150 milhões com a Caixa Econômica Federal que vai garantir cinco obras na área de mobilidade urbana. O Governo Federal vai investir cerca de R$ 142 milhões no projeto e a Prefeitura da capital irá contribuir com R$ 8 milhões.

O dinheiro deve custear a duplicação da Rua Deputado Antônio Edu Vieira, no bairro Pantanal, que vai passar a contar com três pistas nos dois sentidos. A construção do teleférico também deve ser encaminhada por meio destes recursos. Os pontos de ligação serão montados na Praça Santos Dumont (próximo à UFSC), no Morro da Cruz e no Terminal de Integração do Centro (Ticen).

A Prefeitura anunciou ainda a construção de duas faixas exclusivas para ônibus ligando os principais pontos da Ilha catarinense, uma para cada sentido. Uma das linhas deve sair do Ticen via Beira Mar Norte, contornando a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e seguindo até a Via Expressa Sul. A outra fará o sentido inverso.

O pacote conta também com melhorias viárias nos bairros de Santo Antônio de Lisboa e Itacorubi. A previsão é de que as obras iniciem até o final do ano. "Vai haver um processo licitatório e não havendo nenhum problema, a expectativa é iniciar as obras ainda este ano", afirmou o prefeito da capital, Cesar Souza Júnior.

Informações: G1 SC

READ MORE - Prefeitura de Florianópolis anuncia cinco obras de mobilidade urbana

Volvo entrega 124 articulados para o BRT Transcarioca

A Volvo anunciou nesta quinta-feira, dia 22 de maio de 2014, que entregou 124 ônibus articulados para o novo sistema de BRT – Bus Rapid Transt – corredores de ônibus, Transcarioca, no Rio de Janeiro.

Com previsão para ter a primeira fase inaugurada em 1º de junho de 2014, o BRT Transcarioca, quando concluído, deve ter ao todo 39 quilômetros de extensão, ligando o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro – Galeão- Antônio Carlos Jobim à Barra da Tijuca.

Com estações que possibilitam embarque no mesmo nível do assoalho do ônibus, abrigos com mais espaço para os passageiros e painéis com informações sobre os horários e o itinerário das linhas e prioridade para o ônibus no espaço urbano, o BRT Transcarioca vai ser o primeiro a cruzar de forma transversal a cidade do Rio de Janeiro e deve ser responsável pelo transporte de 450 mil pessoas por dia.

Os veículos fornecidos pela Volvo têm 21 metros de comprimento, maiores que os articulados mais antigos, de 18,6 metros.

Com isso, é maior a capacidade de transportes destes novos veículos em relação aos ônibus articulados com a configuração tradicional. Cada um dos 124 articulados poderá transportar um número de passageiros cerca de 20 por cento mais elevado, chegando a 180 pessoas.

Segundo a Volvo, todos os veículos são dotados de um sistema chamado EBS, de controle eletrônico dos freios. Os ônibus possuem caixa de transmissão automática, freio a disco e “controle de aceleração inteligente” que, de acordo com a fabricante, oferece mais conforto para motoristas e passageiros, além de contribuir para redução dos gastos com combustível.

O sistema de controle de aceleração permite “garantir que somente a potência necessária seja empregada nos arranques e retomadas de velocidade, de acordo com o peso do veículo” – segundo nota divulgada pela Volvo à imprensa especializada.

Os ônibus também podem ser equipados com sistema de gestão de frota pelo qual “é possível acompanhar o consumo de combustível, o giro, marcha lenta, emissão de poluentes, horas e quilômetros rodados, código de falhas, desgaste das peças e velocidade média da frota por veículo e por motorista”.

Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.
READ MORE - Volvo entrega 124 articulados para o BRT Transcarioca

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960