População da Grande Vitória pode contar com transporte coletivo durante 24 horas por dia

terça-feira, 20 de setembro de 2011

A Secretaria de Estado dos Transportes e Obras Públicas (Setop), e a Companhia de Transportes Urbanos da Grande Vitória (Ceturb-GV) lançaram, no dia 15 de setembro, a campanha de divulgação dos horários de circulação das linhas dos serviços Terceiro Pico e Bacurau, do Sistema Transcol.
O objetivo é dar amplo conhecimento a respeito do funcionamento dos dois serviços e esclarecer eventuais dúvidas sobre horários e itinerários.
O Bacurau e o Terceiro Pico são dois serviços implantados pela Ceturb-GV com o objetivo de proporcionar aos usuários do sistema de transporte coletivo urbano da Grande Vitória mais conforto e mobilidade em horários especiais.
A campanha engloba ações de distribuição de folderes informativos nos dez terminais de integração do sistema, afixação de cartazes nos ônibus, instalação de tótens nos terminais com informações a respeito dos itinerários percorridos pelos ônibus nos dois serviços; busdoor, veiculação de anúncios em jornais e spots em rádios, além de ações no Youtube, com veiculação de vídeos mostrando cenas de usuários que utilizam os dois serviços. Esta, a ser iniciada a partir da próxima semana.

Terceiro Pico
Com o objetivo de ampliar a mobilidade das pessoas que estudam e trabalham à noite, o Governo do Espírito Santo mantém o projeto “Terceiro Pico”, que consiste em viagens extras, entre as 21h30 e às 23 horas, faixa de horário correspondente às saídas de estudantes de escolas e faculdades (2ª a 6ª feiras) e ao fechamento de shoppings centers e outros estabelecimentos comerciais (todos os dias da semana).

Atualmente, 19 linhas de ônibus do Transcol operam com 51 veículos extras. A implantação do Terceiro Pico tornou-se necessária devido ao crescimento do número de faculdades, escolas e estabelecimentos comerciais que funcionam à noite e de usuários que precisam voltar para casa mais tarde.

Um estudo realizado pela Ceturb-GV demonstrou que esses usuários representam 10% da demanda atual de passageiros nos dias úteis. Para elaborar a programação das linhas e horários visando atender às necessidades de deslocamento desses usuários, a Companhia realizou pesquisas de campo, que identificaram as demandas das linhas nas diferentes faixas horárias. Neste levantamento, foram detectados 66 pólos geradores de demanda noturna (escolas, faculdades, shoppings, entre outros):

37 pólos em Vitória
17 pólos na Serra
08 pólos em Vila Velha
04 pólos em Cariacica

A partir dos estudos, os horários de partida dos ônibus foram adequados aos locais e horários de saída dos estabelecimentos, proporcionando assim mais conforto e agilizando o embarque dos usuários. A oferta do serviço tem garantido a chegada mais rápida aos terminais de integração, de onde partem as linhas alimentadoras que dão acesso aos bairros.

Bacurau
A população da Grande Vitória pode contar com transporte coletivo durante 24 horas por dia, nos sete dias da semana. Isto porque, além do serviço diário tradicional, a Ceturb-GV mantém uma programação especial de horários durante as madrugadas, que atende a quem precisa se deslocar nos chamados
horários de exceção, que vão da meia-noite às 04h30.

O serviço, denominado Bacurau, que é uma ave de hábitos noturnos, oferece atualmente 13 linhas que percorrem trechos estratégicos, capazes de atender a todos os que necessitam se deslocar durante as madrugadas.

Os ônibus do serviço Bacurau circulam por todos os municípios da Grande Vitória e, desde o último domingo (21), as 13 linhas do Serviço Noturno da Grande Vitória passaram a fazer integração no Terminal São Torquato, em Vila Velha, que passou a funcionar 24 horas. Desta forma, esta rede com linhas integradas permitem o pagamento de tarifa única também de madrugada.

Atualmente, 21 ônibus realizam 56 viagens todas as madrugadas. Confira
abaixo as linhas
:
622 - Praia da Costa / Hospital São Lucas – via Lindenberg / Terminal São Torquato
628 - Vale Encantado / Hosp. São Lucas - via Araçás / Terminal São Torquato
634 - Terra Vermelha / Terminal São Torquato
735 - Cariacica / Hosp. São Lucas - via Prolar / AFB / Itaquari / Terminal São Torquato
774 - Nova Rosa da Penha / Hosp. São Lucas - via Bubu / Terminal São Torquato
775 - Jd. Botânico / Hosp. São Lucas - via Castelo Branco / Terminal São Torquato
776 - Flexal II / Hosp. São Lucas - via Porto Velho via Terminal São Torquato
777 - Novo Brasil / Hosp. São Lucas - via Marcílio de Noronha / Terminal São Torquato
835 - Serra / Terminal São Torquato – via BR-101
836 - Serra Dourada I / Terminal São Torquato – via Serra dourada III / Eldorado
837 - Nova Almeida / Terminal São Torquato - via Jacaraípe / Feu Rosa / Camburi
838 - Balneáio de Carapebus / Terminal São Torquato - via Bicanga / Cidade Continental
927 - Viana / Hosp. São Lucas - via Vila Bethânia / Terminal São Torquato



Informações da CETURB

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960