No Dist. Federal, Empresas de ônibus querem passagens à R$ 3,25

terça-feira, 31 de maio de 2011

Os empresários do transporte coletivo do Distrito Federal decidiram, durante reunião nesta terça-feira (31/5), manter o pedido de aumento do valor das passagens de ônibus na capital federal. Os empresários querem um reajuste de 62%. Isso significa que o passageiro que hoje paga R$ 2 terá que desembolsar R$ 3,24 e quem paga atualmente R$ 3 passará a pagar R$ 4,84.
De acordo com eles, esse reajuste é necessário para que as empresas tenham um equilíbrio financeiro. Os empresários também disseram que não vão se reunir com o Sindicato dos Rodoviários até que o governo dê uma solução, como subsídios ou que o reajuste comece a valer. Eles também criticaram o sistema de transporte público e discutiram algumas melhorias.
A negociação sobre o aumento de tarifas já vem sendo discutida pelos empresários desde a semana passada, quando eles queriam um reajuste de 64,57%.
Está prevista uma reunião dos rodoviários nesta tarde com a Secretaria de Transportes do DF. A categoria fez uma paralisação relâmpago na última sexta-feira (27/5) para reivindicar o aumento salarial. Cerca de 800 ônibus ficaram parados no estacionamento do estádio do Mané Garrincha das 16h às 18h.



0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960