DF: Via Interbairros está entre as prioridades

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Entra governo e sai governo e o projeto da Via Interbairros ainda não começou a acontecer. A via será alternativa de infraestrutura para desafogar o trânsito, visto que interligará o Plano Piloto com diversas áreas, como Guará, Águas Claras, Park Way e Samambaia.
A obra é um compromisso do atual governo. Mas no momento, por determinação do governador Agnelo Queiroz, serão priorizadas as obras que já estão em andamento.

Invasões na vida
Outra pendência a ser resolvida em relação à Interbairros será a remoção de estabelecimentos comerciais que se encontram instalados na área planejada para receber a via, como é o caso da CTIS e da concessionária Saga que ocupam o terreno público na ligação entre a via e a Epia. Segundo a Secretaria, as empresas já foram notificadas para deixar a área, mas até agora os estabelecimentos não foram removidos.

Clique para ampliar
Túnel em Taguatinga
Um túnel será construído em Taguatinga a partir do viaduto central próximo à EPTG até as proximidades do Córrego do Cortado . O túnel passará por baixo da Praça do Relógio e, segundo a Secretaria de Obras, é prioridade do GDF. “Os recursos estão sendo reivindicados junto ao Ministério das Cidades e a orientação do governador é de que seja feito todo esforço para que esta obra seja realizada”, informou a assessoria.

Ceilândia - Samambaia
Mais uma obra que pode ajudar a desafogar o trânsito no DF é a ligação direta entre Ceilândia e Samambaia com a construção de via próxima à entrada do Setor P Sul. Trata-se da DF-459 que, segundo a Secretaria de Obras, teve a licitação para alargamento da ponte reprovada pelo Tribunal de Contas do DF, paralisando as obras. A Secretaria de Obras informou que já desenvolve um novo projeto de licitação para retomar e concluir a obra.

Rapidez no transporte
Um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revelou que a frequência com que a população do Centro-Oeste (onde está inserida Brasília) enfrenta tráfegos intensos se equipara à situação das regiões Sul e Sudeste, esta última frequentemente destacada em noticiários nacionais. Denominado Sistema de Indicadores de Percepção Social (SIPS), a pesquisa é feita pelo método
de amostragem de cotas.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960