Curitiba: Terminal Pinheirinho agora tem biblioteca

segunda-feira, 19 de abril de 2010


O Terminal Pinheirinho agora tem também biblioteca. É a Estação da Leitura – inaugurada na sexta-feira (16) pelo prefeito Luciano Ducci – que funciona como posto de atendimento para empréstimo gratuito de livros, o que é feito de forma bastante simples, gratuitamente e sem burocracia. Para emprestar um livro, basta apresentar um documento de identificação e informar, sem comprovação, o endereço.

A Estação da Leitura noTerminal Pinheirinho funciona de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 20h30, e sábados das 6h30 às 14h. A Estação terá na sequência dois terminais de computadores disponíveis ao público para consulta do acervo local e de acervos localizados em outras unidades da Fundação Cultural.

Não há carteiras de usuários. O livro poderá ser devolvido em qualquer uma das Estações ou Casas da Leitura previstas no programa Curitiba Lê, um conjunto de ações para aumentar os índices de leitura entre crianças, jovens e adultos. Além da criação de novos espaços, fazem parte do programa oficinas literárias e os ciclos de leitura já oferecidos pela Prefeitura. Atualmente existem, além da Estação do Pinheirinho, três Casas da Leitura.

O programa tem como objetivo ampliar o acesso aos livros e, assim, criar o hábito da leitura. Também fazem parte do Curitiba Lê todas as ações que a Fundação Cultural já desenvolve no campo da literatura. Entre elas estão os ciclos de leitura, que se propõem a estudar a obra de determinados autores, além de cursos e oficinas literárias.

Fonte: URBS

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960