Campina Grande: Valor de tarifa de transporte público é reajustada

sábado, 23 de janeiro de 2010


Em reunião realizada na sede da STTP, no último dia 08, os membros do Conselho Municipal de Transportes Públicos (Comutp), por 9 votos de diferença aprovaram uma proposta de reajuste para a tarifa de transporte coletivo de Campina Grande, no valor de R$ 1,90, mas o prefeito Veneziano Vital do Rêgo rejeitou a proposta dos conselheiros, alegando estudos mais aprofundados que apontaram a realidade do transporte coletivo para justificar o aumento da tarifa e, na tarde desta sexta-feira, 22, homologou um reajuste de apenas R$ 0,10 (dez centavos), o que eleva o valor da tarifa de R$ 1,70 para apenas R$ 1,80, entrando em vigor a partir deste sábado, 23.

Ainda para a homologação, os estudos da prefeitura para menos levaram em conta o poder aquisitivo da maioria dos usuários do transporte coletivo, resultando numa tarifa compatível com o salário da população campinense e um valor bem inferior a inflação. E, mesmo assim a tarifa de ônibus em Campina Grande ainda pode ser considerada uma das menores do Nordeste, comprando-se com cidades de igual porte.

O último reajuste aplicado no sistema de transporte coletivo havia sido em julho de 2008 e, conforme planilhas de análise são consideradas na composição da tarifa o combustível, o óleo, a graxa, os pneus, o chassi, a carroceria, a renovação da frota e o pessoal. É importante destacar que os aumentos de tarifas homologados na gestão Veneziano nunca foram superiores à inflação acumulada do período, diferentemente das gestões passadas que sempre aplicaram índices mais elevados.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960