Recife: Passageiros do Terminal do Barro sofrem com lotação nos ônibus e filas

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

A região metropolitana tem doze terminais de integração entre linhas de ônibus e com o metrô. Um deles é o do Barro, Zona Oeste do Recife, que fica ao lado da estação de metrô do bairro. Por ele passam 10 linhas de coletivos e 125 mil passageiros por dia – pessoas da prórpria Zona Oeste ou que vêm de município da Região Metropolitana, como Jaboatão dos Guararapes e Cabo de Santo Agostinho.Esse passageiros sofrem com a superlotação nos ônibus e nos pontos de espera dos coletivos. Em algumas das áreas de embarque, as filas foram substituídas por aglomerados de gente e muito tumulto para subir no veículo quando ele chega.De tão cheio, alguns passageiros ficam na escadaria dos ônibus e a porta não consegue fechar. Um deles é a estudante Josiane Cícera da Silva. “Tenho que ir, senão chego atrasada no colégio. É um risco de vida que a gente corre, mas tem que ser”, diz.O Grande Recife Consórcio de Transporte reconhece que o Terminal do Barro não dá conta da quantidade de passageiros que passam pelo local todos os dias. Para resolver o problema, de acordo com o consórcio, um novo terminal começará a ser construído no segundo semestre deste ano. Com isso, o número de ônibus circulando deve aumentar e as filas devem diminuir.
READ MORE - Recife: Passageiros do Terminal do Barro sofrem com lotação nos ônibus e filas

Santo André suspende pesquisa de satisfação com usuários de ônibus


Anunciada em junho pelo prefeito Aidan Ravin (PTB) e pelo secretário de Obras e Serviços Públicos, Alberto Rodrigues Casalinho, a pesquisa de satisfação com os usuários dos ônibus municipais em Santo André, que apontaria possíveis deficiências do modelo, está suspensa e sem prazo para ser realizada.
A intenção da administração era identificar, a partir da opinião dos passageiros, quais os principais problemas do transporte público no município, que transporta cerca de 171 mil passageiros por dia.Com a suspensão do estudo, as mudanças para o melhor funcionamento dos coletivos podem não ser promovidas com a brevidade que o serviço necessita. Segundo a Prefeitura, a elaboração da pesquisa de satisfação não foi descartada, mas "a questão ainda está sendo estudada" e "não há previsão de data para sua realização".
Durante o mês de junho, a reportagem do Diário percorreu a cidade de ônibus e constatou que o serviço é bem prestado, mas apresenta deficiências.Entre os principais problemas estão a falta de padrão dos pontos de parada e a superlotação de algumas linhas, sobretudo das que fazem a ligação bairro-Centro chegando ou partindo do Terminal de Vila Luzita.
READ MORE - Santo André suspende pesquisa de satisfação com usuários de ônibus

Campo Grande: Capital recebe na 2ª mais 11 ônibus adaptados

Na segunda-feira (24), o prefeito Nelsinho Trad e o diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Rudel Espindola Trindade entregam mais 11 ônibus adaptados com elevadores no novo terminal Tiradentes.
Segundo o diretor da Assetur (Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano), Robson Strengari, a prefeitura vai entregar ao todo 25 ônibus adaptados até final de setembro. Os elevadores são localizados na porta do meio dos veículos.
Atualmente, Campo Grande conta com uma frota de veículos no transporte público coletivo de 535 ônibus, sendo 296 adaptados, o que representa 55% do total de ônibus adaptados para portadores de necessidades especiais.
READ MORE - Campo Grande: Capital recebe na 2ª mais 11 ônibus adaptados

Deficientes aguardam a gratuidade nos ônibus intermunicipais da Bahia

Um grupo de deficientes foi até a Assembleia Legislativa da Bahia, na terça-feira (18), para pedir agilidade e empenho dos deputados estaduais na aprovação de projetos que beneficiem pessoas portadoras de deficiência, entre eles, o de gratuidade nos ônibus intermunicipais. Seiscentos mil deficientes na Bahia aguardam há dez anos pela aprovação desse projeto.
‘Nós não podemos admitir que mais uma legislatura se passe e nós não tenhamos o direito nosso efetivado, conforme nós votamos e garantimos o poder para esses 63 deputados’, diz Clédson Oliveira, da Associação de Portadores de Deficiência.
Vinte e quatro projetos de lei sobre o tema tramitam hoje na Assembleia Legislativa do Estado. ‘Algum deputado tem que pegar esse projeto e andar porque muitos deles são de deputados que já perderam o mandato… você encontra vários projetos aprovados, encaminhados, aguardando apenas o plenário. O que nós temos que fazer é saber onde esses projetos estão, mas depende também de quem demandou’, afirma o deputado José Neto, da Comissão de Constituição e Justiça.
Desde 1997, 12 projetos que beneficiam portadores de deficiência foram arquivados na Assembleia Legislativa, e seis já tiveram parecer, mas aguardam votação em plenário. Entre eles, o que obriga sinalização em terminais de transporte para deficientes visuais e sanitários especiais nas agências bancárias. Ainda não há previsão para a votação dos projetos.
READ MORE - Deficientes aguardam a gratuidade nos ônibus intermunicipais da Bahia

Usuários de transporte coletivo em São Luís sofrem com paradas lotadas


Paradas e ônibus lotados, passageiros irritados. Uma cena que se vê todos os dias em São Luís. No dia 30 do mês passado aconteceu esta mesma situação. Na ocasião, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes prometeu colocar agentes para fiscalizar os pontos mais críticos. Fim de tarde, paradas lotadas. Mas nem sempre a vinda do ônibus representa um alívio. Muito pelo contrário. Pode ser sinônimo de irritação. É que muitos motoristas não param para os passageiros subirem. O presidente do Sindicato dos Motoristas, José Rodrigues, afirma que o tempo que cada um tem para cumprir a viagem é o mesmo há 14 anos, quando o fluxo de veículos era bem menor. Quem determina o horário é Secretaria de Trânsito e Transportes. Enquanto isso, a população que precisa do transporte coletivo todos os dias, continua a mercê da boa vontade dos motoristas.
READ MORE - Usuários de transporte coletivo em São Luís sofrem com paradas lotadas

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960