Em Manaus, Lei proíbe retirada de cobradores do sistema de transporte coletivo

terça-feira, 13 de outubro de 2009


O projeto que proíbe a retirada das pessoas que exercem função de cobrador do transporte coletivo da capital foi deliberada na manhã de hoje (13) na Câmara Municipal de Manaus (CMM). A proposta é de autoria do vereador Jaildo dos Rodoviários (PRP) e prevê evitar a extinção dos empregos de cerca de 3.500 cobradores do sistema.

O projeto seguirá para a análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Casa.

Josi Lima da Silva, 31, trabalha no transporte coletivo em Manaus, na função de cobradora de ônibus há 11 meses. Atualmente, ela está na linha 121 (Vila Marinho), trabalhando diariamente das 6h50m até às 14h30m. Para ela, a deliberação do projeto na Casa é uma vitória.

- A garantia da permanência dos cobradores nos ônibus tem dois fortes componentes: o primeiro é o fato dos trabalhadores continuarem com seus empregos.

O segundo fator é a segurança dentro do transporte coletivo, ainda mais com essa onda de assaltos que vem atingindo a cidade. Cobradores e motoristas acabam fazendo companhia um para o outro, disse Josi.

A funcionária relatou ainda que desde que entrou na função, ela e outros membros da categoria vivem com este medo de perder o emprego.

- O Distrito Industrial vem desempregando muita gente. Já imaginou se o transporte coletivo extingue a função de cobrador? Vai ter muita gente desempregada, acrescentou.

Motorista da linha 221 (Nova Esperança), Pedro de Oliveira Bruno, 43, trabalha há 18 nos como rodoviário e disse que a extinção da função de cobrador prejudicaria o sistema de transporte coletivo em Manaus.

- Caso não houvesse a existência do projeto, todos nós, motoristas, ficaríamos sobrecarregados, cuidando do volante, parando para receber dinheiro e ainda ir atrás de troco, ressaltou.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960