No Rio, Passageiros ficam confusos com mudança de linhas de ônibus

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

A terceira fase de mudança nas linhas de ônibus no Rio, iniciada no sábado (9), deixou muita gente confusa em seu primeiro dia útil. Sete linhas que que faziam a ligação com a Zona Sul foram extintas e quatro novas linhas foram criadas para fazer os antigos trajetos.

A fila estava grande na manhã desta segunda-feira (11) no Terminal Padre Henrique Otte, no Santo Cristo, na Zona Portuária do Rio, atrás da Rodoviária Novo Rio. Passageiros não gostaram nada das mudanças. Nas portas dos ônibus algumas pessoas tentavam informações com motoristas e cobradores. Tinha muita gente perdida, sem saber qual ônibus pegar.

"Estou procurando o 173", reclamava uma passageira. “Não sei aonde é mais, o 173. Não sei mais qual ônibus vou pegar”, lamentava outra dona de casa, em entrevista ao Bom Dia Rio.

A prefeitura colocou placas informando o trajeto das novas linhas. E dois funcionários orientavam os passageiros, mas não adiantou. As pessoas continuavam com dúvidas.

No sábado, sete linhas deixaram de circular: 143, 161, 162, 170, 172, 173 e 178. E quatro novas linhas foram criadas: a Troncal 5 (Alto Gávea - Central do Brasil), Troncal 9 (São Conrado – Central) e Troncal 10 (Praça General Osório - Praça da Cruz Vermelha) e a 112, que faz o trajeto Alto Gávea – Rodoviária.

A troca faz parte do plano de racionalização de linhas de ônibus que passam pela Zona Sul. A prefeitura diz que tem mais mudança prevista até março. Ao todo, 42 linhas vão acabar e 16 entram em funcionamento.

Os ônibus que circulam nas novas linhas criadas pela prefeitura têm cartazes no para-brisa informando a antiga linha. Pela manhã, na Central do Brasil uma agente da Secretaria de Transportes ajudava os passageiros e entregava panfletos. Mas ainda tem muita gente reclamando.
A Secretaria Municipal de Transportes disse que equipes estão nas ruas para ajudar os passageiros a se adaptarem às mudanças.

Informações: G1 Rio


Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960