Redução do limite de velocidade nas vias de São Paulo já salvou 175 vidas

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

A redução do limite de velocidade nas marginais Pinheiros e Tietê e em outras vias da cidade de São Paulo já resultou em queda de 35% nos números de acidentes de trânsito. Em outras palavras, significa que, ao menos, 175 vidas já foram poupadas desde a implantação das mudanças, desde junho deste ano.

A meta preconizada pela Organização das Nações Unidas (ONU), mundialmente, é a diminuição do número de mortes no trânsito para 6 pessoas a cada 100 mil habitantes, até 2020. Atualmente, a cidade registra um índice de letalidade de 8,97 vítimas por 100 mil habitantes. Antes da adoção de novos limites de velocidade nas principais vias, a estatística apontava para 9,62 mortes por grupo de 100 mil pessoas.

Esses dados foram apresentados pelo secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, na abertura do Fórum Via Futuro, que está sendo realizado entre hoje e quinta-feira, dia 12, em São Paulo.

Representando o prefeito Fernando Haddad no evento, Tatto falou sobre o  empenho da atual administração para preservar vidas por meio de diferentes ferramentas, como é o caso da redução dos limites permitidos de velocidade. “A cidade está numa batalha para diminuir acidentes de trânsito, já conseguimos baixar 35% e a meta é baixar cada vez mais”, enfatizou.

Uma série de medidas está sendo tomada para atingir esse objetivo, como a implantação de faixas de travessia diagonais para pedestres, o  estímulo ao uso de ciclovias e a criação de áreas exclusivas de espera para motos e bicicletas nos semáforos. As ações integram o Programa de Proteção à Vida (PPV) da Secretaria Municipal de Transportes.

“A iniciativa de diminuir a velocidade é importante neste momento em que, cada dia, mais cresce o número de carros nas ruas. O motorista precisa ter consciência das suas ações. Um acidente custa caro para o governo, ou seja, para a própria população”, destacou o Bicampeão de Fórmula 1, Emerson Fitipaldi, que também participou do evento.

O Fórum Via Futuro está colocando em debate a questão da Segurança no Trânsito por meio de palestras e apresentações de especialistas no tema. Na tarde desta quinta-feira, dia 12, o Diretor do Departamento de Operações do Sistema Viário (DSV), Roberto Vitorino dos Santos, fará uma palestra sobre o Sistema Nacional de Identificação Automática de Veículos (Siniav) no município.

Ao final do evento desta quarta-feira, o secretário Tatto disse que está previsto para dentro de 90 dias a normatização do uso do Bilhete Único aos desempregados.

O Fórum Via Futuro está reunindo técnicos e especialistas no tema, além de representantes de diferentes áreas da sociedade civil, empresas, instituições e universidades. O Ministro das Cidades, Gilberto Kassab, e o ex-governador paulista Cláudio Lembo, representando o governo do Estado, também estiveram presentes.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960